Brooklyn Nine-Nine acabou e final não decepcionou

O final de Brooklyn Nine-nine não decepciona os fãs é cheio de surpresas e cria um laço emocional com os espectadores. É um final digno para uma temporada esquisita.

brooklyn nine nine final

O final de Brooklyn Nine-Nine não decepciona os fãs. Foi cheio de surpresas e criou um laço emocional com os espectadores. É um final digno para uma temporada esquisita.

Continua após publicidade

A crítica dessa semana é dos quatro e últimos finais de Brooklyn Nine-Nine, “Game of Boyle”, “Renewal” e “The Last Day” 1 e 2. A oitava temporada de Brooklyn Nine-Nine marcou uma difícil missão de tentar encontrar o equilíbrio em ser uma série pastelão, ao mesmo tempo abordar de forma responsável sobre o policiamento após os acontecimentos com George Floyd. Como resultado, esse desafio afetou o ritmo da série de forma a deixar uma sensação de que algo estava faltando.

Continua após a publicidade

“Game of Boyles”

O episódio “Game of Boyles” é uma paródia do filme “Entre Facas de Segredos” (2019), onde o avô de Charles morre ao abraçar um dos seus entes. Logo em seguida, vemos o detetive da 99, junto de Jake (ainda afastado da polícia por causa dos incidentes do episódio anterior) e de Terry, que deseja um tempo afastado da família, chegar ao local.

Continua após publicidade

Leia também: As roubadas de Peralta na última temporada de Brooklyn Nine-Nine

Brooklyn Nine Nine Final
Imagem: Divulgação.

Algo cheira mal após a chegada do trio à fazenda dos Boyles, e não é o cadáver do Papa Boyle que está no celeiro. Ao que parece, a morte do patriarca não foi natural e isso significa que houve um crime. Portanto, Jake e Terry se juntam para desvendar o mistério.

À medida que a investigação avança com testes de DNA e interrogatórios, descobre-se que Charles não é um verdadeiro Boyle. É quando encontramos a melhor piada do episódio: “os Boyles são parecidos, porque seus corpos são moldados pelos abraços“.

Continua após publicidade

Em seguida, Charles entra em crise de identidade após descobrir a verdade. E, por fim, os detetives descobrem duas coisas: 1) Papa Boyle morreu envenenado, após tomar o leite nutria alterado com veneno para ratos. 2) Um primo invejoso, Sam, armou para que todos soubessem que Charles não era um Boyle de verdade.

Enquanto isso, no outro enredo da série, Amy e Rosa fazem com que Holt entre em um aplicativo de namoro. As duas esperam que o Capitão se arrependa ao ver como as outras pessoas se comportam e, assim, volte a se reconciliar com o ex-marido Kevin. Ao contrário do que a dupla imaginou, Holt quer provar o seu ponto e tentar “ganhar” com uma estratégia lógica superior. No entanto, percebe que é tal atitude que afasta as pessoas.

Por último, Kevin ao saber do perfil se volta para o Capitão em uma cena bem Nancy Meyers, com direito a um reencontro no meio da chuva.

“Renewal

O episódio posterior traz uma continuidade aos acontecimentos entre Kevin e Holt. Sobretudo porque o pano de fundo para este episódio é a renovação dos votos entre o casal. Entretanto, nem tudo são flores. Holt se aposentará após o evento e este fato é mantido em segredo de Santiago. Em meio aos preparativos finais para a cerimônia, Holt recebe a notícia que os dados da proposta de sua reestruturação da polícia foram alterados, bem como o único possível responsável por isso é O’Sullivan.

A partir daí são traçados dois planos. O primeiro é conseguir o computador de O’Sullivan para consertar os dados. Logo, são formadas duplas para essa missão Amy e Terry; Jake e Holt. O segundo é fazer com que Kevin não descubra que Holt está trabalhando em meio a cerimônia. Rosa, Boyle e Scully foram os responsáveis por tal parte.

Em uma reviravolta clássica, tudo dá errado. Kevin descobre tudo e ainda salva Holt de uma enrascada. Terry conta sobre a aposentadoria para Amy sem querer, o que coloca em risco a sua parte do plano. No fim, tudo acaba bem, quando termina bem. A cerimônia dá certo! Holt e Santiago têm seu plano aprovado pela prefeitura de Nova York e, dessa maneira, Holt decide por não se aposentar e há toda uma reorganização na 99.

Leia também: 8ª temporada de Brooklyn Nine-Nine foi mais atual do que nunca

A crítica aqui fica com o ritmo do episódio que foi muito corrido e as soluções muito apressadas. E, ao compararmos o início da temporada com esse episódio, parece que mudar a polícia é uma coisa fácil, embora seja compreensível que uma sitcom deseje encerrar uma temporada de forma leve e divertida.

Além disso, o episódio trás aquele quentinho no coração de ver Raymond e Peralta disfarçados e a piada com ossos para o Cheddar. E, claro, é o segundo episódio seguido com um beijo entre Kevin e Holt.

“The Last Day 1” e “2”

Brooklyn nine-nine 8x10
Imagem: Divulgação

Os episódios finais abordam a icônica competição de roubo de Halloween da 99! Assim como o episódio com o Bandido do Pontiac, esse episódio é o que caracteriza a série, portanto seria uma lástima se a temporada acabasse sem ele. A forma que o roteiro foi construído e consequentemente como as surpresas acontecem trazem um conforto para quem acompanhou todo o programa.

O enredo do episódio de Brooklyn Nine-Nine, além da própria competição entre os membros da 99, também trás a aposentadoria de Jake da polícia para cuidar de seu filho, já que Amy estará ocupada depois de ser promovida. Dessa maneira, Jake pretende revelar a todos a sua decisão, após vencer a competição. No entanto, aconteceram algumas reviravoltas no meio do caminho.

A princípio, o episódio traz uma grande surpresa: a volta da querida Gina Linetti. Nesse momento, já é possível sentir um abraço da série. Através de um jogo de pistas, essa sensação vai aumentando. Revivemos o momento que Peralta fez os suspeitos cantarem “Tell My Way“, dos Backstreet Boys, até os acontecimentos mais recentes, como por exemplo, Raymond e Kevin se beijando na chuva.

O episódio também trás de volta Pimento, que foi um antigo caso de Rosa, antes dela se assumir bissexual. A surpresa final fica com Hitchcock de volta, depois de estar aposentado no Brasil, e Scully emocionado.

Ainda assim, o momento mais emocionante do episódio acontece no diálogo de despedida entre Holt e Peralta. Neste momento, as lágrimas caíram e nem consegui senti-las. Naquela hora, não vimos só os dois personagens se despedindo, mas também dois atores que cresceram juntos e tiraram o melhor um do outro ao longo de 8 temporadas.

Em suma, a oitava temporada de Brooklyn Nine-Nine não foi marcada por uma volta triunfante e pareceu um pouco perdida grande parte do tempo. Porém, o episódio final é um belíssimo encerramento para um trabalho incrível! Noventa e Nove! 

Nota: 4.5/5