Chicago P.D.: guerra entre Voight e Woods vai ficar ainda mais feia

Imagem: NBC/Divulgação

Continua após as recomendações

À medida que a guerra entre Woods (Mykelti Williamson) e Voight (Jason Beghe) se intensifica em Chicago P.D., o Sargento do Distrito 51 pode ter conseguido uma vantagem, agora que sabe quem tem vazado as informações de sua unidade e porquê.

Durante a intensa estreia de Chicago P.D. em 2018, na última quarta feira (03) nos Estados Unidos, Voight finalmente descobriu que Ruzek (Patrick John Flueger) é o espião que ele estava procurando e que o oficial da inteligência só espionou sua equipe depois de ter sido armado por Woods.

Continua após a publicidade

Agora que o segredo de Ruzek foi revelado, Voight teve noção – e compreensão – de sua situação, e segundo Fleuger a experiência os aproximará ainda mais. “O grande problema de Voight é ‘diga-me a verdade para que eu possa mentir para você’“, explicou. “Ficou claro que Ruzek estava em uma situação muito ruim e ele poderia ter feito algo semelhante” (via TV Guide).

Eles se juntarão com Olinsky (Elias Koteas) para virar a mesa contra Woods, mas de acordo com o showrunner Rick Eid, o passado quadriculado de Voight pode acabar custando-lhes tudo. “Alguma coisa do passado de Voight volta para persegui-lo, e isso pode dar a Woods a carta na manga que ele precisa para ganhar isso“, Eid provocou.

Chicago Fire: uma gravidez irá “chocar” os personagens

Com Woods usando sua autoridade como o rosto da “reforma da polícia” para mascarar uma vingança pessoal contra seu ex-parceiro, e Voight se recusando a recuar, essa amarga rivalidade não vai desaparecer em breve e isso causará problemas para o resto da equipe.

Começa uma escalada, e Woods exercerá sua alavancagem sobre talvez um membro diferente da equipe“, acrescentou Eid. “Ambos estão jogando duro, e irá virar algo mano a mano até alcançar um final amargo“.

Chicago P.D. continua com episódios inéditos nos Estados Unidos todas às quartas pela NBC.

Nenhum comentário

Adicione o seu