Criador de La Casa de Papel revela arrependimento da série

Criador de La Casa de Papel entregou que estava "perdido" ao escrever o final, e os maiores arrependimentos com a série.

La Casa de Papel final
Continua após publicidade

La Casa de Papel foi um fenômeno mundial na Netflix. Mas parece que, a certa altura, o criador da série Álex Pina estava um pouco perdido sobre como a história iria acabar.

Continua após publicidade

No entanto, ele não deixou transparecer nada disso. Muito pelo contrário, bateu o pé diante dos fãs, garantindo que já sabia como a série iria acabar. Mesmo isso não sendo verdade.

Em uma entrevista ao Esquireme, Pina detalhou sobre como foi o processo do desfecho da série e o quão trabalhoso foi encontrar de fato um desfecho perfeito para La Casa de Papel. E também o grande arrependimento que teve.

Continua após publicidade
Continua após publicidade

Álex Pina enganou os fãs

No entanto, foi algo arriscado. Isso porque, mesmo garantindo aos fãs que La Casa de Papel precisava acabar, que “um fim natural” estava próximo, na verdade, Pina ainda tinha dúvidas sobre o desfecho.

Leia também: Explicação do bilhete do Professor em La Casa de Papel tem problema

Prova disso é que o último episódio ainda estava sendo reescrito dias antes das filmagens. Ao todo, ele precisou ser refeito 33 vezes.

Continua após publicidade

Tínhamos uma ideia de como íamos continuar. Normalmente, no início, o que sabemos é o fim. Mas, no caso da quinta parte, o que aconteceu nos capítulos finais é que o que havíamos projetado não funcionou realmente. Então, tivemos que mudar radicalmente o último capítulo. Em outras palavras, mudamos tudo o que tínhamos em mente sobre como o roubo terminou, porque não estava funcionando para nós. Demorou 33 versões para chegarmos onde chegamos“.

Continua após publicidade
La Casa de Papel final
Imagem: Divulgação.

Final original de La Casa de Papel não estava funcionando

De forma geral, o que Pina ressaltou é que o final que eles idealizaram desde o início – ao menos, dessa nova leva da Netflix – não ficou muito bom quando eles colocaram na prática.

Continua após publicidade

Mas, ao menos, eles não chegaram ao ponto de filmar e precisarem descartar. Isso seria “amadorismo” demais para a equipe de La Casa de Papel . Porém, Pina, de fato, sentou na sala de roteiristas ao menos 33 vezes para reescrever o final, chegando a um ponto de que era o que foi exibido na TV ou não era mais nada.

Continua após publicidade

Leia também: Nova série épica com ator de La Casa de Papel está bombando

“Naquele momento crítico, após cinco partes e dois roubos de mais de dois mil minutos de ficção, nos deparamos com o fato de que a história que queríamos contar não estava funcionando. E é por isso que no final tivemos que fazer muitas versões e mudar tudo. Geralmente, nós escrevemos enquanto gravamos tantas vezes, que sabemos para onde vão os personagens, seus arcos e sabemos o final. Mas escrevemos todo o resto no local, discutimos à medida que avançamos e vimos como a série estava se saindo na pós-produção.”

Continua após publicidade

Como criador encontrou o final ideal?

Ainda na mesma entrevista, Pina entregou como que a equipe de La Casa de Papel chegou ao final que a Netflix exibiu.

“Acho que sempre tivemos uma ideia ou um medo – que é o medo de que sua série se esgote e seja desvalorizada -, conforme continuamos a filmar mais temporadas. Sempre pensamos que tínhamos que parar quando a série era muito procurada, quando ainda estava em sua “era de ouro”. Parecia que era exatamente isso que tínhamos que fazer com a série.

Acredito que a quinta temporada é a mais brutal de qualquer outra que já fizemos – por muitas razões, principalmente, devido aos níveis que viemos para perseguir a banda do Professor, nossos limites mais radicais estão nesta quinta temporada. Então, à medida que vemos isso, entendemos que era assim que precisava acontecer”.

O maior arrependimento em La Casa de Papel

O autor também destacou que, à medida que foi escrevendo La Casa de Papel, encontrou arrependimentos. Após o final, ele entendeu que não deveria ter matado Moscou ou Berlim no final da 2ª temporada. Naquele ponto, eles achavam que seriam apenas aquelas duas parcelas e que não haveria mais episódios.

La Casa de Papel final
Imagem: Divulgação.

Sempre iremos nos arrepender [de algo], porque estamos constantemente tomando muitas decisões. Escrever é tomar decisões e escrever sequências para uma série de ações é tomar decisões constantemente. Muitas das decisões são provavelmente tomadas porque estamos ‘jogando’. Por exemplo, a primeira e a segunda temporadas de La Casa de Papel seriam apenas duas temporadas.

Naquele momento, tomamos decisões muito importantes, como matar dois personagens fundamentais, Moscou e Berlim, e talvez não tivéssemos feito o mesmo agora porque, por exemplo, Moscou deixou uma linha de paternidade órfã com Denver que era muito importante para nós.”

Todos os episódios de La Casa de Papel estão disponíveis na Netflix.