23ª temporada de Law & Order: SVU estreia com grande acerto

Law & Order: SVU nos convida para uma reflexão importantíssima nessa Season Premiere.

And the Empire Strikes, Law & Order: SVU
Imagem: NBC / Divulgação

Quem acompanha minhas resenhas aqui no Mix de Séries sobre Law & Order: SVU sabe que meu mau humor em relação aos episódios da 22ª temporada estava insuportável. Um azedume particular que, dentre diversas origens, vem da falta de comprometimento dos produtores em ousar. Sair da caixa e promover discussões importantes. Sempre retorno para o excelente Season Premiere do 22º ano que, infelizmente, nunca recebeu a devida sequência. Com um bom começo neste duplo retorno, minhas esperanças são por um ano de retomada.

Continua após publicidade

Em “And the Empire Strikes Back” e “Never Turn Your Back on Them” temos Law & Order: SVU fazendo uma amarração do que ficou em aberto da última temporada. Há uma expansão (e conclusão extraordinária) da investigação em torno do tráfico sexual de menores de idade envolvendo um deputado federal de Nova York. Além disso, também temos uma resolução de qual será o futuro do comandante Christian Garland. Será que ele será vítima de censura no Departamento de Polícia de Nova York? Você, por isso, terá que assistir o episódio para descobrir.

Continua após a publicidade
And the Empire Strikes, Law & Order: SVU
Imagem: NBC / Divulgação

Faça-os pagar!

A recessão democrática, termo cunhado pelo sociólogo Larry Diamond em 2015, continua em plena forma até hoje. Maduro, Bolsonaro, Orbán, assim como Erdogan, Andrzej Duda e outros estão aí para provar meu ponto.

Continua após publicidade

Leia também: Law & Order original vai voltar para 21ª temporada

Contudo, é sempre importante lembrar que a elite é, também, em grande parte responsável pela manutenção desses líderes iliberais. Afinal, eles preservam poder e continuam lucrando, apesar da violação de direitos humanos e caos social.

Há um desejo, que já vem de algum tempo, de não só responsabilizar essa burguesia irresponsável como também vê-la escorraçada de alguma forma. A queda dos grandes vilões das novelas brasileiras são um ótimo exemplo disso. Nos Estados Unidos, contudo, é algo novo na indústria. Afinal, Dynasty e Dallas (originais) são fenômenos por uma razão. Law & Order: SVU entra nessa onda no seu primeiro episódio.

Continua após publicidade
Never Turn Your Back on Them, Law & Order: SVU
Imagem: NBC / Divulgação

Choque de realidade em Law & Order: SVU

Com a missão de prender bandidos e abusadores, há um momento do episódio onde tudo se encaminha para essa conclusão. O deputado arrogante, que sonhava em ser presidente, será preso e condenado (ufa!). A má notícia é que o sistema, aquele mesmo que protege a elite, se impõe. Descobre-se uma conspiração ainda pior que pode derrubar grandes políticos e artistas conhecidos mundo afora. O que acontece? O sistema se impõe e acaba fritando um peixe muito menor.

É uma reflexão importante e singular para esses tempos. Há uma vontade e ânsia por mudança, mas será que aqueles que se beneficiam do status quo vão permitir? A morosidade da mudança vai ao encontro dos tempos? Necessidade de justiça social, racismo estrutural, emergência climática e uma desigualdade perturbadora? Não me interprete como reacionário, comunista, tampouco revolucionário. Este que vos escreve é muito beneficiado por este sistema.

Os episódios de Law & Order: SVU desta semana de estreia fazem pensar. Não é muito confortável, concordo, contudo é fundamental. E quem diria que uma série com 23 anos de história ainda seria capaz de me fazer ter essas reflexões profundas.

Never Turn Your Back on Them, Law & Order: SVU
Imagem: NBC / Divulgação

Um novo olhar para os novos tempos

É um clichê constatar que o mundo mudou de uma forma extraordinária por causa da pandemia da pandemia da c*vid 19. Todos os lugares. Não importa se for cidade pequena ou grande, urbana ou rural, se é pobre ou rico, assim como mulher ou homem. A cidade de Nova York, um dos primeiros epicentros da peste, não foi diferente.

Há um entendimento, portanto, sobre a necessidade de um novo olhar para os novos tempos. Os problemas, como muitas vezes se constata, são os mesmos. A forma de revolvê-los precisa ser diferente. Nosso propósito precisa mudar. E, sendo assim, espera-se, para melhor. É a única forma, acredito, de termos uma sociedade mais saudável e saúde mental para todos.

Tal reflexão faz com que o segundo episódio da Season Premiere de Law & Order: SVU seja tão importante. A forma na qual os personagens avaliam suas jornadas e se preparam para o futuro é um convite para o telespectador fazer o mesmo. Sendo assim, questiona-se: O que você tem feito até aqui? Qual a razão de viver? Sua vida tem sido em vão ou com propósito?

Em suma, Law & Order: SVU surpreende por sair da superfície. A série vai fundo ao tratar dos nossos problemas. A gente espera que não seja um suspiro.