Crítica: 3×13 de Chicago Med levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima

Imagem: NBC/Divulgação

Continua após as recomendações

Que Episódio!

Chicago Med 3×13, Best Laid Plans, chegou para arrasar. Após o fiasco do penúltimo episódio, vimos algo que mostrou a verdadeira cara da série. Eletrizante e cheio de reviravoltas. Do jeito que o povo gosta!

Continua após a publicidade

Um que chegou e já mostrou que vai dar problema é  psicopata mais conhecido como “Pai da Reese”. O dr Charles até que está tentando, mas está cada vez mais difícil manter o sigilo. O cara já está descarado, gente. Aquela história do empréstimo está muito mal contada. Tomada que a médica abra logo os olhos. Eu não quero vê-la sofrer outra vez. Parece que ela está começando a desconfiar, mas será que vai deixar o coração cegá-la? Espero muito mesmo que não.

Todo mundo já sabe que eu não shippo com a Becker e o Conoor como casal, mas eles em pé de guerra? Shippo demais! Que cenas ótimas. Adorei a briga, adorei as discussões e a disputa. Mas o que mais gostei foi do Connor mostrando para a doutora do sotaque forçado que ela não é a dona da razão. Mantenha assim, Pinto Lobo, que acho que vai dar mais certo.

Já um casal que já shippo demais é o Choi e a April. Aqueles dois juntos tem muita química, arrasaram no episódio. A força que ela dá para ele é linda, e ele está aprendendo a dar valor à família. Estou adorando essa relação. E, só para constar, que corpão é aquele, gente? Meu sonho! Aquela mulher é perfeita. E aquele vestido? Nossa, fiquei #xocada!

A vergonha, mais uma vez, passa a Nati.

Imagem: NBC/Divulgação

Gente, como o Will mesmo disse existe: “Existe uma grande diferença entre o paciente a expressar a sua vontade de não querer tratamento e homicídio”. Aquilo foi claramente homicídio. Eu até entendo que aquela mãe não queria ver o filho sofrer. Talvez eu, no lugar dela, tomaria a mesma decisão. Mas espera aí, né! Totalmente ilegal. Até num país com tantas escolhas como nos Estados Unidos, eles exageraram. Havia outras maneiras de conseguir aquilo. Maneira legais, pela corte, por exemplo. Mas pior do que a decisão da família, foi a Nati brigando com Will porque ele simplesmente seguir o protocolo. Jogar na cara dele uma decisão correta mediante a escolha de um paciente lúcido? Vimos o quanto foi dolorido para ele. Ela não tinha o direito.

Às vezes eu olho para Nati e acho que ela deve ter uns 12 anos. Ainda tem muito que aprender e crescer como médica. Só acho que já passou da hora dela tomar um tombo por essas decisões apressadas. Episódio após Episódio ela acusa, retira o que disse, acusa de novo, pede desculpas, julga errado e se arrepende. Acredito que tanto as consequências vierem, serão das pesadas.

Chicago Med voltou com tudo!  Fiquei muito satisfeita e espero que vocês também tenham gostado.

E aí? O que acharam? Deixo a seguir a promo do 3×14 e espero a opinião de vocês. Até semana que vem, povo!

Avatar

LaryCarvalho

Mãe de 3 princesas, de 2 anjos de 4 patas e esposa dum homão da porra! Mantenho a mente sã legendando e assistindo série. Sempre tento ver as coisas pelo lado bom e espero sempre o melhor dos outros. Brasileira, mineira e feliz, Uai!

No comments

Add yours