Crítica: 4×09 de The Good Doctor trouxe contextos atuais e necessários

Crítica The Good Doctor 4x09
Imagem: ABC/Divulgação

Poderíamos assistir este episódio por horas…

Uma semana extremamente delicada e necessária para os médicos de The Good Doctor. No meio de tanta expectativa, a série entregou um de seus episódios mais reflexivos. Mesmo que o tempo para discussões tenha sido restrito…

Continua após publicidade

The Good Doctor vem com o reflexo médico da atualidade em sua produção. E, diante disso, tem abordado casos de extremo impacto na sociedade. Mesmo que trais tramas ainda sejam tabus em algumas produções.

Continua após a publicidade

Primeiramente, continuamos o debate das última semanas. O plot de Lim em relação ao estresse pós-traumático é, de longe, um dos pontos-chaves desta temporada.

Continua após publicidade

Em uma realidade de sobrecarga de função, a saúde mental do profissional nunca foi tão comentada. Conviver com a morte não deveria ser fácil. Mesmo que se torne rotina, ainda é um fardo. Portanto, a série conseguiu abordar bem essa vertente, principalmente ao colocar a aceitação da médica em relação a seu diagnóstico.

Um aprendizado de onde se menos espera!

Neste episódio, porém, quem dominou a trama foi Claire. Dessa forma, ela foi o foco central do episódio, com uma trama de relações médico-paciente. Então, o pré-julgamento dela com os sintomas de sua paciente ressaltaram uma importante discussão.

Continua após publicidade

O preconceito é um mal que acompanha as gerações desde a existência da humanidade. Todavia, mesmo que nunca tenha se discutido tanto sobre o impacto social dessa situação, ainda estamos longe de algo que possa ser considerado justo e igualitário.

Dessa forma, a série fez uma abordagem sutil, mas necessária. Com isso, colocou uma médica negra subjugando sua paciente pela condição étnica e, além disso, o diálogo se encerrou de forma exemplar.

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!

Zara mostra para Claire que não é deixando pessoas brancas confortáveis que se demonstra valor na sociedade. Claramente um tapa de luva que ela nunca esquecerá. Inclusive, que poderá ser o início de um maior amadurecimento da personagem.

Imagem: ABC/Divulgação

A sociedade representada pelos personagens!

Paralelo a isso, temos outro caso de impactante relevância social.

Mesmo que muitos acreditem ser incomum uma gravidez para pacientes trans, é algo extremamente natural. A questão hormonal não é irreversível e as condições de gestação são discutidas entre todos os tipos de casais. Ao menos na maioria das vezes.

Achei que a série colocou pontos cruciais nesse debate. Principalmente da reação social a esta situação. E o principal ponto estava exatamente na reação de Shaun.

Acredito que ele representa definitivamente a sociedade. Principalmente a que ainda não está completamente pronta para discussões do ponto de vista familiar que fogem aos “padrões“. Com toda certeza, ainda é uma temática que demanda mais espaço dentro das produções.

O impacto de uma salada sobre um relacionamento!

Depois de muito receio em relação ao novo interesse amoroso de Shaun, eu parabenizo The Good Doctor.

Além de colocarem Lea extremamente madura em relação a situação, a série adiciona comicidade a um plot que imaginei ser puro drama. Assim, mais uma vez, a promo segue nos enganando, bem como o episódio trazendo grandes surpresas. Na próxima semana não parece ser diferente.

Não pretendo entrar em detalhes, todavia, segue a promo logo abaixo e nos vemos em breve…

[spacer height=”10px”]

E então, você está gostando dessa temporada? Deixe nos comentários. E, igualmente, continue acompanhando as novidades do Mix de Séries.

  • Além disso, siga nossas Redes Sociais (InstagramTwitter, Facebook).
  • Baixe também nosso App Mix de Séries para Android no Google Play (Download aqui) e fique por dentro de todas as matérias do nosso site.