Crítica: 7×16 de Chicago PD ressaltou violência doméstica com Upton

Critica Chicago PD 7x16

Trama surpreendente em Chicago PD

Este foi um episódio de Chicago PD para levantar a preocupação sobre violência doméstica contra mulheres – e o melhor: na semana do Dia Internacional das Mulheres.

É fato que as estatísticas estão cada vez mais preocupantes, e a frase mais dita é “As taxas estão mais altas pois agora esse tipo de crime é mais denunciado”. Desculpas atrás de desculpas. É sim mais denunciado, porém ainda está acontecendo de forma desenfreada.

O episódio 16 abordou um tipo de história onde ficamos pensando, “isso está acontecendo com diversas mulheres, no mundo, nesse momento.“. Sim, é de doer o estômago.

Portanto, temos mais um episódio bem feito e importante em Chicago PD, que não deixa de ser revoltante.

Continua após a publicidade

O caso

Um roubo a mão armada acabou se tornando uma complexa rede de mentiras e abusos. A testemunha do crime, Michelle, mentiu sobre não saber de nada, e na primeira mentira que foi pega já acendeu o alerta vermelho. O marido dela, então, acendeu todos os alertas e alarmes dos espectadores.

Depois que Platt puxou a ficha de Michelle, e viu o caso de espancamento, tudo se esclareceu. Além disso, Upton soube o que fazer.

A velha desculpa de que “caiu da bicicleta” ou da escada, para encobrir casos de abuso foi dada. As vezes os médicos até denunciam mesmo assim, porém as esposas não querem dar seguimento, pois dependem de alguma forma do marido. Seja física ou emocionalmente, a dependência é forte. E que fique claro que não é amor, não se pode romantizar isso.

O mais chocante foi o final do episódio, no qual Jay conversou com Upton, e pediu informação dos pais dela. O passado foi terrível, e a resposta dela para onde eles estão hoje em dia? Juntos. Uma realidade muito vivida ainda. Sobre o roubo, o elo mais fraco acabou sendo encontrado. Todavia, Franklin só queria dinheiro para o tratamento da mãe. E outra, os caras estavam recrutando até na Igreja, caramba, nunca verei tudo na vida.

Jay is back

Liberado pelo médico, porém levantando dúvidas, Jay estava com pressa para ser liberado. Mas não me pareceu totalmente certo de que estava tudo realmente bem. Porém, com isso, a dupla dinâmica está de volta. Eu adoro Upton e Jay trabalhando juntos, eles são rápidos e intuitivos. Me pareceu que ele estava se segurando em alguns momentos das perseguições. Será?

Tivemos um momento fofinho também do casal Burzek. Todavia, que ainda está rolando ali? É real, eles se gostam, ou apenas um efeito pós traumático? Ele me pareceu bem dentro do assunto ainda, sem ter superado.

E o provável casal Upstead? Vocês acham que ainda vai rolar?

Deixem nos comentários. Além disso, sigam a TAG de Chicago PD aqui no Mix de Séries para ficarem sabendo de todas as novidades da série.

Abaixo, o vídeo promocional do próximo episódio.

 

Nota do episódio:9
Crítica do décimo sexto episódio da sétima temporada de Chicago PD, intitulado "Intimate Violence", exibido nos EUA pelo canal NBC.
9
Caroline Marques

Caroline Marques

Engenheira de Alimentos, mestre em química de alimentos, um tanto quanto viciada em séries, filmes e livros. Fã de Hannibal, Dexter, Grey's Anatomy, Demolidor, Sherlock e Stranger Things. Reviewer de Chicago PD.

1 comment

Add yours

Post a new comment