Crítica: Arrow fortalece reta final da temporada com 6×20 “Shifting Allegiances”

Imagem: The CW/Divulgação

Os últimos episódios de Arrow parecem estar seguindo algum padrão. Tivemos um episódio focado apenas no protagonista Oliver Queen, seguido de um sobre o antagonista Ricardo Diaz. Nesta semana o episódio esteve um pouco mais centralizado em seus coadjuvantes. Talvez este seja o caminho encontrado pelos roteiristas para pavimentar o desfecho dessa temporada e desfazer alguns nós que surgiram ao longo do ano.

Percebam que a movimentação de Oliver voltou a ser brutal, as lutas mano a mano mais cruas e as cenas de ação melhor coreografadas. O desenvolver dos núcleos da série, principalmente os relacionamentos dos personagens, estão fluindo melhores. Isso desde Rene e cia, até Oliver e os vilões.

Oliver, quando não está cercado por drama familiar, tem sempre seus melhores momentos. Sua conturbada relação com Anatoly sempre foi interessante de acompanhar, e ver que ele pode trazer o velho amigo de volta para o seu lado talvez seja uma grande ajuda em sua luta contra Diaz. Já está mais que comprovado que Arrow funciona melhor com Oliver sozinho, ou mesmo com um aliado. O próprio personagem reconheceu isso neste episódio. Fico curioso então pra saber se os roteiristas também concordam e qual saída encontrarão para seus coadjuvantes na próxima temporada.

Sereia Negra continua a personagem incrível que se tornou nos últimos episódios. As cenas entre ela e Quentin, que até pouco tempo atrás eram um dramalhão e cansativas, se tornaram em ótimos momentos para ambos na série. Se souberem dosar bem esse anti-heroísmo da personagem, poderemos tela por ainda mais tempo em Arrow.

Continua após publicidade

Imagem: The CW/Divulgação

Rene voltou para a equipe de vigilantes e por mais que ainda não esteja 100%, esteve melhor nesse episódio. O personagem continua tendo pouco a acrescentar para a história, mas tem cumprido bem seu papel. Diggle também parece que está funcionando trabalhando para a A.R.G.U.S. Se continuará assim para além dessa temporada, só os roteiristas podem dizer. Mas caso aconteça, acho que será uma boa saída para ele.

Após o final desse episódio, alguns pontos sobre o final dessa temporada começam a ficar meio óbvios. Com as recentes declarações dos produtores e com o título da season finale revelado, começa a ficar cada vez mais claro que Oliver acabará revelando sua identidade como Arqueiro Verde para o mundo. Talvez só assim nosso herói consiga encontrar uma solução para todos os problemas que tem passado. O que será de Arrow depois disso, teremos que aguardar a próxima temporada.

Continua após publicidade

Obs: Estou inconformado com o spoiler gigantesco que o trailer do próximo episódio deu. Não sei se foi marketing para atrair o público, já que a audiência da série não está lá essas coisas, mas estragou totalmente a experiência da surpresa que teríamos ao assistir o episódio. Uma pena.

CURIOSIDADES:

– A data 3 de Maio que Diaz cita para o julgamento de Oliver é a data de exibição do próximo episódio “Docket No. 11-19-41-73”.

– Quando Quentin Lance cita Damien Darhk, a Sereia Negra confirma que ele existe também na Terra 2.

– Curtis cita Capitão Planeta e os Power Rangers quando falam de trabalhar em um grupo coeso.

Tags Arrow

Share this post

Álefe Cintra

Jornalista e apaixonado por séries. Tem a mesma profissão de Clark Kent, usa óculos parecido, mas infelizmente não é super-herói. Grande fã de séries de super-heróis e fantasia. No Mix de Séries escreve as reviews de Arrow e The Flash.