Crítica: Episódio 4×12 de Murder nos apresentou o verdadeiro Isaac Roa

Imagem: Spoiler TV/ABC/Divulgação

Com pouco tempo para o desfecho da temporada, “Ask him About Stella” foi um episódio morno e com muitas pontas soltas. Nem de longe lembra o começo empolgante da temporada, não acrescentando muito à trama.

Tivemos o foco todo em Isaac Roa, o terapeuta que na review anterior eu disse que merecia mais do que ser apenas capacho de Annalise. Aqui, fomos apresentados aos fatos verdadeiros sobre a morte de Stella, onde Isaac não é tão inocente como diz.

Continua após a publicidade

Claro, que ele não matou a filha, mas seu vício sim! Sempre pensei que Isaac teria um papel grande na temporada, visto que, estava no meio de todo caos que acontecia na vida dos Keating Five. E, sinceramente, depois desse episódio fiquei me perguntando o porquê dos roteiristas construírem uma relação entre ele e Annalise, para depois desmanchar dessa forma.

Sim, a relação dos dois era extremamente tóxica!

Em algum ponto, um acabaria com o outro, mas não imaginei que Isaac fosse mentir assim para Annalise e forjar o suicídio da filha por medo da mulher.

Em nenhum momento esse relacionamento foi profissional, os dois estavam envolvidos demais para separar as coisas. O que me leva a pensar: será que teremos algum desfecho, agora que toda a verdade veio à tona?  Ou Isaac apenas vai sumir da telinha? Depois de dizer que Annalise acabou com sua vida. Ai, gente, isso fica cansativo, viu? Você cava seu buraco, mas culpar o outro é sempre mais fácil. Não que Annalise seja a vítima aqui, mas quando um não quer dois não brigam.

Conhecemos verdadeiramente o homem transtornado que Isaac Roa é.

Em sua recaída, podemos ver a face escondida atrás do homem que lutou para se manter sóbrio, do homem com uma história linda, do homem que poderia ajudar Annalise. É impressionante o que a culpa pode fazer com o ser humano, e o quanto o fundo do poço pode ser muito mais fundo do que a gente imagina.

Torço para que esse plot seja fechado redondinho. Não aguento mais a história ser construída, a gente se envolver e tudo ir embora num piscar de olhos. Não complica para depois fazer a gente de besta.

Voltando à Laurel e o drama dos Castillo, finalmente conhecemos o rostinho do baby! Karla Souza está arrasando muito em tudo nesta temporada. Foi de encher os olhos e partir o coração quando o levaram dos braços dela.

Frank, como bom xereta que é, tratou logo de confrontar mamãe Castillo e estou ansiosíssima para saber o que ela tem a nos dizer sobre Wes. Cada hora acho que um é o culpado. Sinceramente, eu estou é ficando louca!

Dizem que o melhor fica para o final, então… Tivemos a introdução de nada mais nada menos que Olivia Pope. O grande crossover que estávamos aguardando finalmente vai acontecer!

Caí em prantos quando Annalise disse que não podia mais fazer nada pelo pai de Nate. E aí Michaela vem e me joga essa bomba na cara. Já quero entender de onde Michaela conhece Olivia e como vai ser a dinâmica de todos com a convidada.

Apertem os cincos, essa ação coletiva está mais perto de ser vencida do que vocês imaginam!

P.S.: Denver, caro amiguinho, como é que tu ainda confia em alguém? Meu senhor! Já vi ser chantageado, mas assim está complicado.

P.S. 2: Teremos o casamento de #Coliver ! Eu não poderia estar mais feliz!

Renata Ribeiro

Renata Ribeiro

Publicitária, Alagoana e arretada!

1 comment

Add yours
  1. Avatar
    Bruno D Rangel 20 fevereiro, 2018 at 20:37 Responder

    Eu também fiquei muito mal quando Annalise diz que teve a ação negada. Fiquei muito triste.

    A minha Bonnie está viva. Rainha enfrentando o Denver.

    E o crossover vai ser nas duas séries? Pelo que vi, vai ter Scandal com a primeira parte e depois HTGAWM com a segunda, então mesmo quem não vê Scandal (como eu) vai ter que assistir a esse episódio. Confere?

Post a new comment