Crítica: Finalmente Jesus teve a atenção que merecia em The Fosters

Imagem: Freeform/Divulgação

Continua após as recomendações

Assim, como muitos episódios de The Fosters o décimo primeiro episódio da quinta temporada da série também trouxe suas lições. Essa foi a primeira vez desde o acidente de Jesus, que seu trauma TBI foi tratado como uma deficiência. A volta de Jesus à escola foi no mínimo estressante para ele e seu acompanhante David, um homem contratado para ajudar Jesus a se manter focado na escola. Tendo em vista a dificuldade de seu filho, Lena e Stef o acompanharam a uma reunião de apoio para pacientes com TBI e seus familiares. A reunião pareceu ajudar Jesus a entender que ele não está sozinho e Lena e Stef a aceitarem a gravidade do trauma de seu filho.

O ditado “You win some, you lose some” define a situação de Anchor Beach. Mesmo com o voto dos alunos sendo contra a privatização, o conselho da escola ainda precisa tomar a decisão final no episódio da semana que vem e sabemos muito bem que depois da ameaça contra Monte, essa votação não tem uma previsão muito otimista. E, que susto ver o rosto do Nick de novo! Mas, pela forma como Lena apareceu na casa dele acho bem capaz que eles consigam salvar a escola de Anchor Beach da privatização. Anchor Beach resiste!

Continua após a publicidade

Há quem diga que essa nova fase mais calma de Callie está muito chata. No final da quarta temporada, ela corria risco de morte ao ser levada por um traficante sexual e, nesse último episódio, a crise dela foi qual curso se inscrever para a faculdade. Eu acho essa mudança ótima! Precisamos lembrar que ela é uma menina de 17 anos e acho uma grande evolução da personagem ela finalmente não estar envolvida com nenhuma confusão ou crime.

A respeito de Ximena, descobrimos nesse episódio que seu DACA não foi renovado e que ela terá que ficar refugiada na igreja até que sua situação seja solucionada com a imigração dos Estados Unidos.

Já a dinâmica de Brandon e Grace mudou um pouco quando a mãe dela passou a morar em San Diego no apartamento da filha deixando bem claro que sexo está fora de questão enquanto ela estiver fazendo o tratamento para leucemia. Enquanto isso, Stef implorou para que Brandon começasse a focar no seu futuro e no que ele pensa em fazer depois de formar de Anchor Beach.

E, se tem alguém que continua crescendo em The Fosters é a Mariana. Não é à toa que a personagem de Cierra Ramirez ganhou até um Spin Off. Precisamos concordar que o voto geral dos alunos de Anchor Beach só foi contra a privatização graças aos esforços de Mariana e Emma. Já em um assunto mais leve, quem será que ela vai escolher? Se sentindo em um verdadeiro reality show com tantos pretendentes à sua frente acho que o Logan não tem chance nenhuma. Eu voto no Matt, mas admito que seria engraçado ver ela e o Wyatt juntos!

Depois de um episódio razoavelmente calmo de The Fosters deixo vocês com duas dúvidas para semana que vem. O que está acontecendo com a Stef? E, será que o Jude vai conseguir levar a Taylor junto quando for trabalhar com o gamer Declan Rivers?

Nenhum comentário

Adicione o seu