Crítica: Grey’s Anatomy apresenta seu spin-off no episódio 14×13

Imagem: ABC
Imagem: ABC

Depois de uma pequena pausa, nossa amada Grey’s Anatomy voltou pronta para abalar com nossas estruturas e, de quebra, nos apresentou um pouco a história sobre o novo spin-off, Station 19 (a.k.a Chicago Fire de Seattle).

Introduzindo a protagonista do novo drama de Shondanás, Andy Herrera, e trazendo de volta o marido de Bailey, Ben – agora como bombeiro em treinamento, o episódio foi repleto de emoções, com leve pitadas de humor, tudo na dosagem certa. Sem mencionar o maravilhoso easter egg que o episódio nos trouxe ao relembrarmos daquele episódio bombástico em que Meredith segurava a bomba presa no corpo do paciente. #Sensacional

Continua após publicidade

Continua após a publicidade

Ben pode ter escolhido deixar de seguir a medicina, mas acredito que ele ainda vai se sentir com dúvidas em seu novo trabalho. A forma como ele lidou com o salvamento dos meninos mostrou o quão ele ainda não é um bombeiro preparado e ainda tem muito para aprender. Foi bom termos visto esse outro lado do personagem nesse episódio, afinal, ele pode ter abandonado a medicina, mas a medicinada não o abandonará tão cedo. E o que dizer de sua superior? Andy é uma mulher forte, uma guerreira e que ajudará Ben nessa nova fase de sua vida.

Continua após publicidade

A competição ainda rola solta no hospital e foi triste demais ver Alex e Amelia se sentindo fracassados por não poderem ajudar aquela garota. Apesar de não terem verbas, os dois não estão desistindo e, junto com DeLucca, continuam procurando uma forma de salvar a garota e outras pessoas.

O que poderia ter sido um dramalhão sem fim, tornou-se algo leve e divertido pelo simples fato de trazerem o mentor da Amelia ao grupo para acharem uma solução e os roteiristas acharam melhor tratarem esse assunto com mais leveza. Foi divertido ver Alex insinuando que o médico queria outras coisas com Amelia, mas quando Amelia percebeu a verdadeira intensão de seu “salvador”, a Amelia que nós amamos surgiu e, disso, uma possível solução para salvar a garota e outros pacientes.

Continua após publicidade

Infelizmente, parece que aquela leveza que a situação foi tratada foi uma forma de nos dizer que haverá muito drama e muitos choros daqui para frente.

Talvez essa menina não sobreviva para que eles encontrem a cura e se isso acontecer, preparem os lenços porque vai ser impossível não chorar. É incrível o quanto Amelia e Alex estão se empenhando nesse caso e estão além de um prêmio e, para mim, esse é o verdadeiro significado da medicina. Não sei como será essa competição, mas o simples fato da Mer tentar enganar a April para conseguir uma patente já mostra que há algo estranho nisso tudo.

Falando na April como eu estou amando essa festeira! Sério, ela está hilária e mais divertida. Sem contar que eu ri muito com os ciúmes de Jackson para cima da sua ex-esposa. Seria um sinal que ainda há chances para Japril? Mal sabe ele que sua ex anda dormindo por aí com os internos e com caras aleatórios no bar e enchendo a cara como se ela estivesse tirando o atraso de sua adolescência. Seria esse um indício de que April possa estar virando alcoólatra? Pois bem, independente do que os roteiristas planejam para ela, algo me diz que April ainda se divertirá muito até que caia em si e perceba a furada onde se meteu.

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!

PS 1: Amei ver a Bailey de volta ao trabalho e mais ainda ver Richard preocupado com ela. A amizade dos dois é algo único e raro na TV. É claro que ela ainda tem seus medos e é bom ver que ela não é nenhum super heroína.

PS 2: Por favor, Shonda e roteirista, tragam mais vezes os fofos dos filhos da Meredith! Nós, fãs, agradecemos e imploramos!!! Mas sem maldades com eles!