Crítica: Novo bombeiro agita o batalhão no episódio 6×16 de Chicago Fire

Imagem: Elizabeth Morris/NBC/Divulgação

Continua após as recomendações

Parece que precisávamos de um rosto novo em Chicago Fire para animar as coisas não acham?

O Cordova mal chegou e já mexeu com todo mundo ali e eu adorei, não vou mentir. O novo bombeiro que veio pra ficar no lugar do Otis por um tempo, aparentemente, vai ficar mais que alguns turnos. E claro que ninguém ali deu boi para o novato, muito menos o Hermann. Gente, queria que alguém esclarecesse o que foi que aconteceu com ele? Cristopher era sinônimo de compreensão no batalhão, e daí recebemos isso. Ele ficou abalado pelo Otis, claro, mas esse comportamento todo não fez muito sentido, concordam?

Continua após a publicidade

Eles precisam inovar sim, mas de forma consistente com a série até hoje.

Do lado no Cordova, ficou a Gabby. E sentimos cheiro de problema vindo por ai. Parece que os dois já se conhecem de outros carnavais e ninguém contou pro Casey ainda. Nós sabemos que as mentiras não duram muito naquele batalhão né.

Agora, relacionamento que parece estar indo de vento em popa é o da Stella e do Kelly. Não sou a maior fã do casa, mas o remédio é sempre ir aos poucos. O que admiro ali é como ela dá apoio, na situação da Anna, do Grissom e em tudo mais. Só não vale tentar se enganar, Kidd, não é casual não boba.

Imagem: Elizabeth Morris/NBC/Divulgação

Mas se no episódio a gente teve gente chegando, tem alguns pretendendo ir embora. Ver o Boden cogitando ir embora do batalhão é de partir corações. Entendo que o caminho mais plausível para ele e Casey vêm se tornando um referencial ali dentro, mas não dá pra imaginar aquele bando todo sem o Wallace.

E por último, o Otis. Fiquei feliz ao vê-lo andando, por mais que saiba que vai demorar muito tempo para voltar ao batalhão. Só não gostei do que ele fez com a Lily. Esse clichê já deu, não acham? O doente afasta a pessoa sendo grossa porquê não quer que ela fique e se sinta presa e blá blá blá. Poupe-nos Dick!

Nota: As duas mulheres cozinhando foram fofas, pena que era tão ruim. A Amanda fazia um casal bonito com o Joe.

Nota 2: Os resgates ficaram mais animados depois do crossover.

Nota 3: Gabby só se mete em encrenca, impressionante.

Não vejo a hora de saber qual a história do Cordova com a Gabby, mas quem não vai gostar nada é o Matt. Assistam a promo do próximo episódio aqui em baixo e nos encontramos na próxima review, até lá!

 

Avatar

Gabriela Scampini

Paulista, estudante de Direito e geminiana. Apaixonada por livros e séries, mesmo sem ter tempo pra nenhum dos dois. No Mix, escreve a coluna #MixAudiência, além das reviews de American Crime Story, Black Mirror, Chicago Fire e The 100.

No comments

Add yours