scandal 7x18

Crítica: Scandal chega ao fim com gosto de quero mais!

scandal 7x18

Imagem: ABC/Divulgação

Chegou o grande momento!

Mais uma das minhas séries prediletas da vida chegou ao fim. Depois de sete temporadas, Scandal saiu de cena com um desfecho que pode ser interpretado com diversas formas. O episódio, por si só, já começou de forma extremamente ágil e de tirar o fôlego. Quando ouvi o barulho de tiro na promo do series finale, já deduzi diversas teorias, mas jamais pensei que tal pessoa seria Loonie.

Como estamos falando do último episódio, não rolou tempo o bastante para focar nesse acontecimento, e o baile seguiu. Mellie, cada vez mais preocupada com as chances de seu impeachment, finalmente parou de fazer um pouco de jogo duro com Marcus. Eu ouvi um amém? Por que desde que ele entrou na série e começou a interagir com a personagem, sempre deduzi que ele era o Olivia da nossa Presidente.

Aguardando o veredito após seus depoimentos, os gladiadores precisam correr por seus últimos momentos até então em liberdade. Nesse instante nos deparamos com todos eles visitando Charlie na prisão. Cheguei imaginar que Quinn contaria a ele sobre a possibilidade dela ser presa, mas em momento algum suspeitei que ela pediria o amado em casamento e o matrimônio já rolasse ali, naquele exato momento. A ocasião foi interrompida no começo da temporada, e achei bacana de terem resgatado isso “no churrasco”. O casamento deles, pra mim, foi um dos momentos mais emocionantes dessa finale.

Morte necessária?

Em Scandal, David Rosen sempre foi aquele personagem whatever pra mim. Quando ele aparecia em cena eu achava ok, mas quando não aparecia estava tudo bem também. Só me irritou um pouco aquele triângulo amoroso desnecessário entre ele, Susan e Liz na quinta temporada. Enfim, quando ele ficou frente a frente com Jake, já veio na minha cabeça que o procurador seria baleado à queima roupa pelo personagem. Pela primeira vez, vi David surpreender, e falando poucas e boas para ele. Parece que alguém, que não fosse da família Pope, precisava escancarar umas boas verdades, e isso poupou sua própria vida.

Imagem: ABC/Divulgação

Depois de uma dose de realidade, Jake então aproveitou para soltar umas na cara de Cyrus Temer. Parando pra pensar, tudo que ele falou nada mais foi que a pura verdade. Atordoado com o que ouviu, o vilão decidiu tirar de vez seu novo alvo da sua frente. Infelizmente, de uma forma mais fria. O envenenamento foi muito mais covarde, do que ele mandando outra pessoa fazer seu trabalho sujo com arma. Nem no momento final, o personagem teve a capacidade de mostrar que é capaz sim de sujar as próprias mãos para ir até as últimas consequências?

Uma reviravolta surpreendente!

A morte de Rosen proporcionou uma reviravolta e tanto no episódio. Papa Pope surpreendeu ao depor nesse escândalo, revelando toda a verdade do B613. Aliás, que cena foi aquela, meus amigos? A atuação de Joe Morton nesse momento foi algo sensacional, que para mim já tem presença garantida pelo menos no Mix Awards desse ano. Jamais esperava isso de um dos maiores vilões da série. Francamente achei que ele simplesmente iria embora, ou então faria seu último trabalho sujo. Me surpreendi legal.

Após a declaração de Eli, eles ainda conseguiram dar uma maquiada em toda a história. Mellie Grant continuou no poder? Claro que sim, mas não achei justo que apenas Jake tenha pagado o pato. Claro que ele foi um verdadeiro mau caráter, fez inúmeros trabalhos sujos no decorrer da série, mas a prisão não era um desfecho que eu esperava. Eu até apostei numa possível redenção, depois do seu confronto com Rosen. Imaginei algo estilo Mama Pope, tanto que quando Liv o visita na cadeia, pensei que ela revelaria que preparou uma fuga de mestre para ele. Só que não…

O tombo da cobra!

O último confronto entre Cyrus e Liv me surpreendeu. Por um momento pensei que ele fosse dar sua cartada final, e então tentasse envenená-la também, ao falar sobre bebida. Fiquei bem surpreso dele não ter se hesitado tanto, ao assinar sua carta de renúncia como Vice-Presidente. Entretanto seu desfecho me deixou intrigado, sendo pra mim uma das pontas abertas que esse final deixou. Depois de tudo que ele fez, sair do Salão Oval renunciado é o final merecido? Sério mesmo, titia Shonda?

Com a queda de Cyrus e o convite de Mellie, por um momento pensei que Olivia aceitaria a proposta de ser sua Vice-Presidente. Com sua recusa, na minha opinião, ali foi outra ponta solta. Quem assumiu o posto, caso a Presidente precise se ausentar da Casa Branca, ou se o pior venha a lhe acontecer? Não que isso fosse algo relevante, mas pelo menos coisas de segundo isso seria interessante de se mostrar.

A hora do adeus!

Agora vamos falar dos minutos finais. A cena do quadro de Olivia na Casa Branca foi bem intrigante, deixando subentendido o significado daquilo. Será que ela veio a suceder Mellie na presidência da República? Afinal de contas, só ganha um quadro no local, quem já governou os Estados Unidos. Com a revelação da B613 e tudo que aconteceu, no final ela acabou sendo exceção. Não sei vocês, mas eu aposto que aquelas duas garotas que apareceram nos últimos instantes foram ninguém menos que as filhas de Liv e Fitz. Essa teoria pode ser mirabolante? Claro que sim, mas tal cena pode ter servido de flash forward com toda a certeza.

Scandal chega ao fim de forma brilhante, apesar de algumas pontas soltas. Um revival é algo totalmente descartável e não tem coerência alguma. Entretanto, um reboot daqui uns 15-20 anos? É de se esperar sim, mas tudo vai depender de titia Shonda até lá.

Quero agradecer a presença de vocês nessas últimas semanas, desde quando assumi a review.

IT’S HANDLED!

Tags Scandal

Share this post

Eduardo Nogueira

Eduardo Nogueira

Administrador apaixonado por séries e música, sou fã assumido de Friends, e tenho guilty pleasure pelas séries da CW. No Mix sou editor de reality show, cobrindo atrações do gênero como as franquias The X Factor , The Voice, American Idol, entre outros. Faço também reviews das séries Mom, Supergirl, The Good Place, Scream, Fuller House e da brazuca A Garota da Moto. Além disso, deixo vocês sempre atualizados com as nossas Bolhas de Cancelamento, e também escrevo as colunas de Elenco e Teu Passado Te Condena. No tempo que me sobra faço um café para as visitas, rs. Ufa!