Crítica: YOU encerra primeira temporada com desfecho inesperado

Imagem:Lifetime/Divulgação

Após 10 episódios, YOU encerrou a sua primeira temporada!

Anteriormente, em YOU, vimos que Joe havia assassinado três pessoa: Elijah, Benji e Peach. Entretanto, não conseguíamos sentir raiva do homem. Por mais que o jeito psicopata e louco dele aparecesse, Beck ainda conseguia se sair pior.

Uma vez que Joe assassinou e achou explicações para tais atos, estes passaram a se repetir. E fica pior: ele não é um cara ruim. A ideia da trama não é retratá-lo como o badguy da história.

Sob esse mesmo ponto de vista, me deparo aqui, no último episódio da temporada, mudando de ideia. Quando Joe resolve manter Beck presa no porão da livraria, passei a mudar de opinião. Provavelmente porque tivemos mais informações sobre a mocinha. Em sua escrita poética, os sentimentos se intensificaram. E descobrimos uma mulher traumatizada, violada e que se culpa. Ou seja, a série nos entregou uma péssima Beck por 9 episódios, para no último, sentirmos empatia.

Continua após a publicidade

Os flashbacks da garota foram esclarecedores. Passamos a entender o porquê ela tinha aquele tipo de amigas – as mesmas que a esnobaram na adolescência. Mesmo sendo uma pessoa boa, seu passado a estragou. Beck era uma personagem chata, mas ninguém merecia um psicopata perseguidor.

Joe agora é o vilão – mas não era para ter sido durante drama toda? 

Imagem:Lifetime/Divulgação

Da mesma maneira que Rita trazia Dexter para seu lado “humano” (em Dexter), temos Paco com Joe. Essa relação entre os dois, foi sem dúvidas o que mantinha Joe afável. Por outro lado, seu discurso de “algumas pessoas devem pagar”, pode vir a gerar as mesmas coisas ruins que chegou a ele. Como sabemos quando estamos criando um psicopata?

Dentro da sua própria realidade, Joe constrói seus princípios de “Inocentes x Culpados”. Como disse anteriormente, ele passa a decidir e aplicar sobre as pessoas essas regras. Quando ele decide assassinar Ron, ele julga que ele é o errado – mesmo após sua conversa com Claudia. Até mesmo os mais cruéis psicopatas da TV – como Dexter por exemplo, seguia um código específico para justificar tais atos. O que me deixa ainda mais decepcionada é a quantidade de morte apenas para desenvolver o enredo de Joe.

Em conclusão, Beck está morta. Não sem antes tentar se salvar – até cheguei a acreditar. Era uma personagem inteligente quando queria ser, havíamos visto esse lado, com o professor. Ela sabia como persuadi-lo a liberá-la.

Volta de Candace, e o que sabemos para a segunda temporada?

Com a morte de Beck, a série deve começar a trilhar outro caminho para a segunda temporada. A aparição de Candace, ao final, responde muitas coisas. Sera Gamble, produtora da série, revelou que veremos mais sobre o passado de Joe e também o veremos fora da sua zona de conforto.

Nessa temporada, nos simpatizamos muito mais por Joe, apenas por Beck ser uma personagem tão ruim. Entretanto, Candace parece muito mais destinada a empatia do que a loira. Além do mais, foi para lá de interessante ver que a mulher está, na verdade, viva.

Obrigada a todos que acompanharam YOU aqui no Mix de Séries. Voltaremos para a segunda temporada!

O que você achou deste final de temporada?

Tags You
Avatar

Letícia Garcia

Paulista, jornalista e apaixonada por séries e futebol. Grey's Anatomy é a série da vida, mas também é fã de Spartacus, Supernatural, Vikings, Sons of Anarchy e Friends

No comments

Add yours