Harry Potter: série terá grande diferença dos filmes

A série de Harry Potter já é uma realidade. Assim, precisamos discutir como o remake pode melhorar a franquia, trazendo novos elementos.

Harry Potter

A aguardada série de TV baseada em “Harry Potter” pela HBO promete ser uma adaptação mais fiel aos livros. Isso que significa que o personagem será muito diferente dos filmes.

Apesar de amados, os filmes da Warner Bros fizeram muitas alterações na história de Harry, razão pela qual um remake é tão promissor. O formato de TV facilitará muito a inclusão de todos os detalhes sutis dos livros, desde traços de personagens até tramas adicionais. No entanto, isso significa que assistir ao remake de “Harry Potter” pode chocar aqueles que não leram os livros.

Daniel Radcliffe foi um excelente Potter, mas seu personagem ainda foi bastante diferente daquele escrito por J.K. Rowling. Claro, as adaptações cinematográficas sempre ficarão aquém no que diz respeito aos protagonistas, pois os livros se beneficiam do compartilhamento do diálogo interno do personagem.

O próximo remake de “Harry Potter” ainda terá que contornar esse obstáculo, mas com um recomeço e sete temporadas para trabalhar, deverá ser muito mais fácil trazer o verdadeiro personagem de Harry para a tela. Assim, assumindo que a HBO realmente crie uma série de “Harry Potter” fiel aos livros, o herói deve parecer bastante diferente.

Leia mais sobre “Harry Potter“:

Harry deve ser menos desajeitado no remake

A vida amorosa de Harry foi dolorosa de assistir nos filmes de “Harry Potter”. Com Cho em “Harry Potter e o Cálice de Fogo”, ele era, pelo menos, encantadoramente desajeitado, mas suas cenas românticas com Ginny em “Enigma do Príncipe” e “Relíquias da Morte” eram imperdoáveis.

Isso não tinha nada a ver com as atuações dos atores e tudo a ver com a natureza apressada desses relacionamentos. Harry não era exatamente um galanteador nos livros, mas suas paixões e relacionamentos eram muito mais críveis, como deveriam ser no remake da HBO.

O remake deve oferecer um melhor desenvolvimento de personagem

Os filmes de “Harry Potter” não tiveram tempo para os detalhes da jornada pessoal de Harry. Em “Harry Potter”, Harry era simplesmente um bom personagem do início ao fim. Ele passou por pouco desenvolvimento de personagem, e embora tenha passado por aquele período de incerteza em “Relíquias da Morte” quando contemplou o tipo de homem que Dumbledore tinha sido, não foi exatamente como nos livros.

Nos livros, Harry seguiu por impulsos, mas uma vez que isso levou à morte de Sirius em “Ordem da Fênix”, ele começou a desacelerar. O verdadeiro teste veio em “Relíquias da Morte”, quando Harry teve que escolher não ir atrás das Relíquias. Os filmes deixaram de fora esse crescimento, mas é imperativo para o remake.

A Profecia do Escolhido terá um significado diferente no remake

A profecia do Escolhido teve um impacto maior no Harry dos Livros. Havia várias camadas na profecia, que Harry entendia lentamente ano após ano até se tornar o herói sábio que enfrentou o Lorde das Trevas. Outro recurso dos livros que os filmes alteraram ou simplificaram é a profecia do Escolhido de Harry Potter.

Foi quase negligenciável nos filmes, mas nos livros, a profecia foi uma parte importante da lição que Harry teve que aprender antes de enfrentar Voldemort. Conforme os eventos se desenrolavam, ficava claro que as próprias ações de Voldemort resultaram na realização da profecia, e as ações de Harry tinham o poder de fazê-lo também. Havia várias camadas nisso, que Harry entendia lentamente ano após ano até se tornar o herói sábio que enfrentou o Lorde das Trevas.

Sobre o autor
Avatar

Matheus Pereira

Redação

Jornalista, curioso e viciado em cultura. Escreve há quase 10 anos no Mix e Six Feet Under é sua série favorita.

Baixe nosso App Oficial

Logo Mix de Séries

Aproveite todo conteúdo do Mix diretamente celular. Baixe já, é de graça!