Inventando Anna: personagem detona Netflix e terá série na HBO

Inventando Anna está fazendo sucesso na Netflix mas uma personagem na vida real acha que a história contada na série não é verdadeira.

Inventando Anna

Depois de assistir Inventando Anna na Netflix, muitos espectadores procuraram o que realmente aconteceu entre Anna Delvey (também conhecida como Sorokin) e Rachel DeLoache Williams. Acontece que a verdade depende muito de com quem você fala.

Continua após publicidade

Julia Garner acertou o sotaque de Sorokin com sua performance impressionante na série da Shondaland e Netflix. No entanto, Williams afirma que Katie Lowes não a retratou com precisão. Em sua vida real, contas de mídia social e várias entrevistas, Delvey e Williams continuam atacando uma a outra. (via Cheat Sheet)

Rachel DeLoache Williams diz que Netflix ‘ignorou completamente a realidade’ em Inventando Anna

Ao longo das quase duas semanas desde que Inventando Anna estreou na Netflix, Williams compartilhou várias críticas, direcionando à série Shonda Rhimes com seus seguidores no Instagram. Ela também participou de pelo menos duas entrevistas sobre seus sentimentos sobre a série.

Continua após publicidade

Leia também: Inventando Anna, Netflix tem decisão sobre 2ª temporada

A conclusão é que Rachel DeLoache Williams acredita que a Netflix “ignorou completamente a realidade”. Em entrevista ao The Times, a ex-funcionária da Vanity Fair explica que nada sobre sua personagem é preciso na série, exceto seu nome.

“Para o serviço de streaming mais popular do mundo, por trás da cortina, ter os processos de tomada de decisão para permitir que isso aconteça é terrível”, disse ela ao canal. “Além disso, eu não quero dizer isso apenas em relação ao que eles fizeram com o meu personagem. Mas quero dizer com relação à maneira como eles ignoraram a realidade do comportamento criminoso, da mentira patológica, do exemplo repreensível e bem como simplesmente ignoraram completamente a realidade para criar esta versão alternativa fictícia”.

Williams acrescenta que nunca assistiu Keeping Up with the Kardashians e que, além disso, não estava apaixonada pelo cinegrafista que os acompanhou a Marrakesh. Da mesma forma, ela também comenta que Delvey não comprou roupas ou sapatos para ela. No entanto, ela fez esse lucro de US$ 300.000 com seu livro, My Friend Anna, sobre a cobrança de US$ 62.000 que Delvey fez nos cartões de crédito de Williams em Marrakesh.

Continua após publicidade
Inventando Anna
Imagem: Divulgação.

O que Anna tem a dizer?

Depois de todas as entrevistas e críticas compartilhadas por Williams sobre Inventando Anna, Delvey sentiu que era sua vez de falar sobre sua ex-amiga. Em uma história do Instagram de sete partes, Delvey se abriu sobre Williams.

Leia também: Inventando Anna, Como está Anna Delvey hoje? Ela foi presa?

“Estou calada sobre isso há anos”, começa a história do Instagram de Delvey. “No entanto, nas últimas duas semanas, assistindo Rachel teimosamente se recusando a seguir em frente com seu trauma inventado, sempre descarado e descontrolado, enquanto participava de todos os shows que a teriam, eu pensei – agora eu tenho que falar. E se for preciso, eu vou.”.

Então Delvey compartilhou uma história sobre o verão de 2018, quando Williams ligou continuamente para o advogado de Delvey, Todd Spodek. De acordo com Delvey, Williams queria escrever um livro com Anna.

Continua após publicidade

“Antes de ela se envergonhar epicamente durante meu julgamento e antes de a Netflix consolidar para sempre sua imagem total (muito precisa) de Karen, sua bússola moral considerou aceitável sugerir que escrevêssemos um livro juntos. Tudo isso enquanto ainda faz acusações contra mim. Ela realmente pensou que poderia ter tudo, não é?“.

Inventando Anna
Imagem: Divulgação.

Quem está dizendo a verdade, Delvey ou Williams?

Delvey sente que a Netflix retratou Rachel Williams com precisão em Inventando Anna, mas ela discorda. Williams acredita que o drama Shondaland é totalmente impreciso. No entanto, há muitos fatos verdadeiros na série. Um grande júri não considerou Sorokin culpada do suposto roubo de 62.000 de Rachel Williams em Marrakesh.

No entanto, o júri considerou Sorokin culpada de oito acusações, incluindo furto em segundo grau, tentativa de furto e roubo de serviços. Sorokin é uma vigarista convicta, mas Williams lucrou bastante com o acordo do livro. A American Express perdoou a maioria das acusações de Marrakesh. Vale ressaltar que ela vendeu os direitos do seu livro para a HBO, e caso uma série inspirada nele seja produzida, ela poderá ganhar até U$ 300.000.

Existe dois lados nessa história, resta aos fãs optarem em qual acreditar.

Criador do Mix de Séries, atua hoje como redator e editor chefe do portal. Especialista em SEO e construção de textos para internet, também atua como webwriter com foco em textos para o Google. Autor na internet desde 2011, passou pelos portais TeleSéries e Box de Séries. Fã de carteirinha de Friends, ER e One Tree Hill, é aficionado pelo mundo dos seriados. Também é fã de procedurais, sabendo tudo sobre o universo das séries Chicago, Grey's Anatomy, e séries de sucesso como La Casa de Papel e Lucifer. Também é fã da DC Comics, e acompanha produções inspiradas em personagens da editora, como Titans e até o mais recente produto da editora, Sweet Tooth.