Mix Lista: 8 séries estrangeiras para ver na Netflix

Imagem: Mix de Séries

Continua após as recomendações

Estamos acostumados a consumir diariamente conteúdo de origem americana. Filmes, séries, livros, músicas, o que seja; o padrão já se tornou esse. Porém, usando a Netflix a seu favor, dá para fugir dessa “americanização” toda quando se trata de séries de TV.

Continua após a publicidade

O catálogo da plataforma está recheado de séries estrangeiras interessantes, e para poupar seu tempo procurando, o Mix Lista de hoje reuniu oito delas para você dar uma conferida.

Caso a sua preferência seja em produções espanholas, essa lista aqui é perfeita pra você.

1. A Louva-a-deus – França

Imagem: TF1/Divulgação

Para quem gosta de: séries policiais, suspense, investigação e dramas com serial killer.

A Louva-a-deus é a opção francesa de hoje. Um drama policial denso que tem como pano de fundo a relação complicada entre uma notória assassina em série e seu filho detetive. Na trama, Jeanne Deber (Carole Bouquet), uma serial killer responsável pela morte de oito homens agressores de mulheres, sai da prisão para ajudar seu filho a caçar um imitador que está se inspirando em seus crimes. A série foge do estilo comum de detetive que estamos acostumados para focar na relação intricada de Jeanne com o filho, assim como suas motivações para os assassinatos.

2. Erased – Japão

Imagem: Netflix/Divulgação

Para quem gosta de: viagem no tempo, mistério e dramas criminais.

Adaptação do mangá de mesmo nome, Erased segue Satoru Fujinuma, um jovem com a habilidade de viajar no tempo. Cada vez que um incidente fatal está prestes a ocorrer por perto, Satoru volta involuntariamente no tempo com a obrigação de impedir que o incidente aconteça. Ele segue essa rotina peculiar até o dia em que sua mãe é assassinada. Isso faz com que Satoru volte 18 anos para o passado, época que ainda tinha 11 anos. No passado ele terá uma segunda chance de salvar a vida de sua mãe, assim como prevenir o sequestro e morte de vários colegas de classe.

3. Stranger – Coréia do Sul

Imagem: TVN/Divulgação

Para quem gosta de: dramas policiais e investigação.

Ótimas atuações + roteiro complexo + Doona Bae = Stranger. E já mencionei que a série foi eleita uma das melhores de 2017 pelo New York Times? Pois é. Stranger acompanha o promotor Hwang Si Mok (Jo Seung Woo), um homem frio e incapaz de sentir quaisquer emoções, trabalhando com a policial Han Yeo-jin (Doona Bae) na tentativa de capturar um assassino. A corrupção do sistema judiciário é também um tema recorrente nessa produção sul-coreana.

4. Dark – Alemanha

Imagem: Netflix/Divulgação

Para quem gosta de: viagem no tempo, dramas familiares e séries sombrias.

Dark deu muito que falar nos últimos meses na Netflix, e é bem provável que mais de uma pessoa já tenham a indicado para você. Na verdade, é provável que você mesmo já tenha assistido a série. Mas vale a pena mencioná-la considerando sua popularidade, e claro, a qualidade do programa. Muito se discutiu sobre semelhanças com Stranger Things, mas Dark segue seu próprio caminho. A série é um drama de ficção científica com uma história mais densa e adulta. Na trama, o desaparecimento de duas crianças em uma cidade alemã expõe o passado oculto de quatro famílias. No meio disso tudo ainda tem viagem no tempo. Uma mistura interessante, com certeza.

5. Marseille – França

Imagem: Netflix/Divulgação

Para quem gosta de: dramas políticos.

Também conhecida como “a primeira série original francesa da Netflix”, Marseille é um drama que se passa na cidade que dá nome ao título. A história gira em torno do prefeito de Marseille, interpretado por Gérard Depardieu, em uma guerra com seu rival Lucas Barres. Para os fãs de tramas políticas,  o show pode ser uma opção interessante.

6. Rita – Dinamarca

Imagem: TV 2/Divulgação

Para quem gosta de: tragicomédia, dramas familiares e séries que lidam com tabus.

Rita é professora, uma mulher livre, transgressora e humana. A série dinamarquesa acompanha o dia a dia da personagem título lidando com a profissão e com questões familiares. Ela tem defeitos e qualidades que a trama não faz questão de esconder e isso é ótimo para criar uma personagem forte e convincente. A sinopse pode parecer simples, mas Rita abre espaço para a discussão de vários temas relevantes de forma apropriada, tais como bullying, sexualidade, aborto e descriminação racial.

7. Suburra – Itália

Imagem: Netflix/Divulgação

Para quem gosta de: dramas criminais, máfia, dramas políticos e dramas familiares.

A máfia, o Estado e a Igreja se encontram na primeira série original italiana da Netflix. Suburra é uma prequela para o filme de mesmo nome de 2015, que também está disponível na plataforma. Na trama acompanhamos a máfia tentando expandir seu território em Roma, escândalos envolvendo o Vaticano, política, corrupção e mais um balaio de coisas para te manter entretido. Suburra já está renovada para a segunda temporada.

8. Quatro Estações em Havana – Cuba/Espanha

Imagem: Netflix/Divulgação

Para quem gosta de: investigação, dramas criminais e séries policiais.

Situada em Cuba, com produção da rede televisiva espanhola TVE, Quatro Estações em Havana é o conto de um policial de meia idade na capital cubana. A minissérie é baseada na obra do escritor Leonardo Padura – que também assina os roteiros junto da esposa Lucia López Coll. Em Quatro Estações, mergulhamos na alma de Cuba: a cultura, arquitetura, a música; os cenários são quase como personagens. No meio disso está Mario Conde (Jorge Perrugorría), um tenente da polícia com vislumbres de escritor resolvendo alguns casos criminais.

Pronto, agora sua maratona está mais internacional. Acha que está faltando alguma série na nossa lista? Conte pra gente nos comentários.

1 comentário

Adicione o seu
  1. Avatar
    Chaconerrilla 18 março, 2018 at 23:32 Responder

    Eu amei ver meus doramas aqui… ahhh que lindo. Erased é muito boa mesmo. Tem tantas da coreia do sul que são maravilhosas: desecendants of the sun, quiz from God…

Post a new comment