Rising Star 1×07 – Ranking/Duels

rising-star-07

 

OLAR! Voltamos com mais um episódio de Rising Star. E os duelos acabaram, mas não tanto assim, de um jeito meio doido, o episódio dessa semana eliminou muitos participantes usando um formato nunca visto antes: na primeira parte do programa, todos os concorrentes cantaram sem telão, e não segunda parte os concorrentes finais cantaram com telão, e foram ocupando os lugares daqueles que tiraram as menores notas, caso ultrapassassem. Estranho? Sim, muito. Mas isso trouxe o Top 7 para o próximo programa.

Agora vamos dar uma olhadinha nas apresentações:

 

Macy Kate – Who Knew (60%)

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=tl2ksqlLjIM&list=PLp_hv829JnZ-0chaxr4hrtohWXHnBJ5VZ&index=6[/youtube]

 

Carine (40%) – Ih, colocaram a Macy pra abrir o programa e já vi que não seria boa coisa. Uma das favoritas da competição decepcionou bastante, principalmente no quesito evolução, que foi zero. Saudades da Macy das audições!

Eduardo (70%) – Junta Britney Spears, Avril Lavigne nos primeiros anos de carreira e essa magnífica música da P!nk, resulta na performance de Macy essa semana. Não foi a melhor dela na competição, mas não foi mal também. Nada que uma song choice mais adequada para resolver isso.

Fábio (70%) – Macy é uma das minhas favoritas e ela foi bem consistente na performance. Porém regrediu em relação as suas apresentações anteriores. Espero que seja só um lapso e a “pequena” porcentagem que ela conseguiu sirva para ela refletir e voltar incrível como antes.

Letícia (60%) – Macy não começou bem, e logo de cara vi que não foi uma boa song choice. Era evidente que sua voz não aguentava os graves da música, e várias vezes ela subiu o tom. Mas na segunda parte ela foi bem até, e acredito que ela mereceu a nota que ganhou.

[skillbar title=”MÉDIA DO MIX: ” level=”60″]

 

Shameia Crawford – Next to Me (76%)

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=Tz0_-KG0IFU&index=10&list=PLp_hv829JnZ-0chaxr4hrtohWXHnBJ5VZ[/youtube]

 

Carine (75%) – Amando cada vez mais a Shameia e essa sim tá evoluindo a cada programa. Sobe no palco confiante, sabe o que está fazendo e anda acertando nas músicas. Continue assim que tá lindo.

Eduardo (50%) – Não podemos negar que Shameia é uma forte candidata, mas aquele brilho dela na semana passada gente, cadê? O começo achei bem exaustivo, ela é a minha candidata montanha russa dessa competição, e eu particularmente não gosto muito de coisas que oscilam mais que meu humor.

Fábio (75%) – Se dependesse da primeira metade da música ela não passaria nem dos 50% por mim, mas ela entrou na segunda parte e fez o que “Next To Me” permiti uma cantora fazer, mandar muito e soltar a voz!

Letícia (80%) – Tá, dessa vez Shameia me ganhou. Sem apelar com uma arranjo totalmente inovador, ela apostou no alcance da sua voz, e arrasou. MINHA FILHA, TÁ DE PARABAINX. Sem contar que achei a escolha bem mais moderna e atual, até o visual estava ótimo.

[skillbar title=”MÉDIA DO MIX: ” level=”70″]

 

Joshua Peavy – How Am I Supposed To Live Without You (85%)

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=0Cpyj8rfNrQ&list=PLp_hv829JnZ-0chaxr4hrtohWXHnBJ5VZ[/youtube]

 

Carine (50%) – Cadê o Joshua da semana passada? CADÊ? Minha nota, na verdade, é um protesto já que depois daquele arraso com “Too Close” eu esperava algo na mesma pegada. Mas como o Joshua não tá lá pra me agradar, tenho que aceitar essa linha que ele escolheu seguir e pronto. E tá dando certo, né, o público curtiu.

Eduardo (85%) – Gente não tem como negar, Joshua já se tornou um candidato boring, mas apesar da música ser parada, ele cantou com emoção. Não importa se a canção é boa ou ruim, quando você  entrega a ela, a mesma se transforma e ele fez isso.

Fábio (60%) – Tudo o que eu tinha mais medo em relação ao Joshua aconteceu nessa performance. Mandaram o Joshua dos duelos pra casa e trouxeram o da audition de volta. Por favor, volte na próxima semana da forma que você foi no duelo. Obrigado, de nada!

Letícia (80%) – Confesso que eu queria torcer o nariz, queria dizer que foi boring, que ele escolheu errado, só porque não faz o meu estilo. Mas não dá, porque Joshua arrasou. Sim, pessoalmente eu não fui muito fã porque acho muito Zzzz esse tipo de balada, mas é o estilo dele. E nossa, como a voz desse menino está incrível, cada vez melhor. Me rendi, não teve jeito.

[skillbar title=”MÉDIA DO MIX: ” level=”68″]

 

April Lochart – Iris (71%)

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=4Ib9N9LP4ps&index=12&list=PLp_hv829JnZ-0chaxr4hrtohWXHnBJ5VZ[/youtube]

 

Carine (60%) – Com dor no coração eu digo que foi a pior das performances da April. Acho que o que me incomodou foi o arranjo. April é tão delicadinha e meiga que se tivesse apostado em uma versão mais condizente com sua personalidade teria se saído melhor.

Eduardo (90%) – Apesar dela ter cantado parecida com a Birdy, que é outra talentosíssima, e parecer com a Lea Michelle, não tão talentosa assim (POLÊMICA), não foi uma performance “OHHHH!”, mas senti que ela teve controle de toda a situação desde o começo. Realmente gostei.

Fábio (60%) – Cantar “Iris” é covardia pois sempre será nostálgico pra todos que ouvirem essa música. E nostalgia -quase- sempre é bom. Porém, PORÉM a April não conseguiu usar essa arma a seu favor e não foi tão bem com a música, infelizmente, pois gosto dela.

Letícia (65%) – Achei April muito confusa nessa apresentação, exagerando nos agudos e não aproveitando aquela rouquidão suave da sua voz que combinaria perfeitamente com essa música. Uma pena, porque logo no dia que ela finalmente acertou no figurino, ela não me agradou na apresentação.

[skillbar title=”MÉDIA DO MIX: ” level=”68″]

 

Maneepat Molloy – Stars (68%)

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=cu9kmJuvI3Y&list=PLp_hv829JnZ-0chaxr4hrtohWXHnBJ5VZ&index=7[/youtube]

 

Carine (50%) – Tô achando que temos muitas cantoras parecidinhas nessa competição e chegou a hora que só fica quem realmente se destaca. Foi bom? Foi. Só que achei mais do mesmo. Maneepat não tem nenhum diferencial, nenhum brilho extra. Por mim não faria muita falta não.

Eduardo (0%) – Já disse que não suporto essa menina? Dormi e me deu depressão profunda vê-la cantando, desculpa mas é a mais pura verdade.

Fábio (40%) – Sério, o que tá acontecendo com esse povo? A falta de expressão da Maneepeat me deixou tão entediado que a música quase não terminou. E pior, ainda ficou com a porcentagem maior que o da Macy.

Letícia (70%) – Sei lá, tô romântica e boazinha hoje, porque gostei da apresentação de Mannepat. Tô adorando o alcance da voz dela, e mesmo a song choice sendo meio chaata, ela conseguiu extrair o melhor da música. Ok, zero presença de palco, mas nem tudo é perfeito né minha gente.

[skillbar title=”MÉDIA DO MIX: ” level=”40″]

 

Dana Williams – Latch (60%)

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=UGwuT54GWH0&index=3&list=PLp_hv829JnZ-0chaxr4hrtohWXHnBJ5VZ[/youtube]

 

Carine (85%) – Eu jurei que passaria o resto da vida odiando a Dana (e odiando esse povo que salvou a Dana depois da apresentação desastrosa da semana passada), mas sério, foi MUITO bonitinho! Controlou bem o nervosismo, excelente escolha da música. Ah, pronto, curti a Dana, assumo.

Eduardo (90%) – É DISSO QUE ESTOU FALANDO! Dana finalmente conseguiu controlar o nervosismo, e melhor, conseguiu assumir o comando da performance. Manteve o tom linear a todo momento, e foi tudo tão redondo, tão sincronizado. Como diria Paulina Rubio “I loved”!

Fábio (70%) – Gostei? Gostei! Agora eu queria ter ficado empolgado como meus amigos de “bancada” ficaram. Fui lá assistir de novo, mas realmente não consegui empolgar. Lembrando, a performance foi muito boa, só não empolguei.

Letícia (90%) – Dana me reconquistou com essa versão fofíssima de Latch do Sam Smith com Disclosure (uma das minhas músicas preferidas). Ouvi duas vezes e já quero baixar e ouvir para sempre. A voz dela estava simplesmente linda, e que bom que ela foi salva semana passada. Agora entendi sim que potência vocal não falta para essa menina. Lindaa!

[skillbar title=”MÉDIA DO MIX: ” level=”83″]

 

Alice J. Lee – The Story (40%)

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=1qI67ResPsg&index=11&list=PLp_hv829JnZ-0chaxr4hrtohWXHnBJ5VZ[/youtube]

 

Carine (20%) – Tô critica porque amo essa música. Vamos lembrar que ela chama “The Story” e tudo que a Alice não fez foi contar uma história. A bonita apenas soltou palavras e notas altas sem se conectar com a letra, que é melancólica e triste, não alegre como ela fez parecer. Só aprende com a Sarah Simmons como é que se faz.

Eduardo (10%) – Song choice fraquíssima, só isso que posso dizer, infelizmente. PS: virei fã da mãe dela batendo palma e torcendo, como faz?

Fábio (30%) – Falta muito pra chegar a vez do Jesse e eu realmente empolgar com esse episodio? Sério, de novo, o que tá acontecendo com esses acts? Nada de espetacular até então e ainda me vem a Alice com essa terrivel performance.

Letícia (30%) – Nossa foi tão, mas tão chato que quase não ouvi até o final. Podemos dizer que Alice foi até longe demais, e a única parte boa nisso tudo foi ela tirar menos que Dana, porque eu estava com medo. Ela mudou todo o tom da música e errou feio.

[skillbar title=”MÉDIA DO MIX: ” level=”22″]

 

Jesse Kinch – Seven Nation Army (88%)

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=b9f44lvs7yA&list=PLp_hv829JnZ-0chaxr4hrtohWXHnBJ5VZ[/youtube]

 

Carine (100%) – Alguém me avisa se meu comentário tem limite de caracteres porque quero passar A VIDA falando do Jesse! Música incrível (tô nem aí que o mundo todo já cantou, ela continua incrível), voz perfeita, a presença de palco em pessoa. Vamos combinar que esse programa é do Jesse e ninguém tira. (E se não for a gente processa!)

Eduardo (100%) – PUTA QUE PARIU! Desculpa as palavras, mas o cara mandou perfeitamente bem. Essa música é espetacular e se encaixou incrivelmente com o talento do Jesse. Meu caro tenha certeza que uma das vagas para a final já é SUA!

Fábio (95%) – Demorou não.  APRENDAM COMO SE FAZ!! É assim que empolga tudo e a todos em uma música. Jesse não desaponta NUNCA! Já podem encerrar o programa e entregar o título a ele, não encerrem não que quero mais performance dele.

Letícia (90%) – Quando vejo Jesse parece que baixa a groupie louca em mim e quero pular no palco e gritar e levantar a blus… ok. Mais uma vez arrasando, Jesse não trouxe uma versão inovadora de Seven Nation Army, mas trouxe sua guitarra, e uma apresentação consistente que me conquistou.

[skillbar title=”MÉDIA DO MIX: ” level=”96″]

 

Megan Tibbits – Home (32%)
[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=_h9bvgJ0MS4&index=8&list=PLp_hv829JnZ-0chaxr4hrtohWXHnBJ5VZ[/youtube]

 

Carine (30%) – Nossa, eu achei super chato. Ela chegou com confiança demais, achando que super arrasaria, mas olha, não sei se foi porque se apresentou depois do Jesse, mas que vontade de pular pra próxima. Pra mim a Megan é daquelas que nem sentirei falta.

Eduardo (5%) – É hipponga, não foi dessa vez para você, graças a Deus. Próximo!

Fábio (35%) – Tanto que te defendi nos episódios passados Megan, mas dessa vez infelizmente não vai dar. Só conseguiu ser melhor que a Alice, até o momento, porque nem precisava muito pra isso. E pra piorar levou o grande azar de vir em seguida do Jesse.

Letícia (50%) – Megan era alternativa demais, hippie demais, cool demais para um reality show. Sua apresentação foi boa sim, mas não foi ótima, e isso foi determinante em uma noite cheia de ótimos candidatos. Principalmente porque seu jeitinho alternativo tem a tendência de chatear um público acostumado com baladinhas chatas. Pois é, que pena Megan.

[skillbar title=”MÉDIA DO MIX: ” level=”30″]

 

Lisa Punch – Girl On Fire (59%)

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=10sr_GHu8Xg&list=PLp_hv829JnZ-0chaxr4hrtohWXHnBJ5VZ&index=5[/youtube]

 

Carine (50%) –  HAHAHAHHAHA… Ai, desculpa, mas o que foi essa dancinha? Nem consegui prestar atenção em outra coisa de tão engraçado que isso tava. Já ia reclamar da song choice que eu não aguento mais, mas até curti o arranjo e a coreografia da Lisa desviou a atenção de qualquer outra coisa.

Eduardo (20%) – Jesus amado, por um instante pensei que tivesse dado um ataque epilético em Lisa. Depois disso, suspeitei dela ter ficado possuída pelo ritmo “Ragatanga”. Pior performance dela, SEM DÚVIDA!

Fábio (40%) – Não Lisa, N O! Tá tudo ruim, esses gritos, essa dança, tudo. Cara, todo mundo que canta “Girl On Fire” manda bem (até uma criança de 10 anos) e a Lisa passou longe, muito longe de conseguir mandar bem. Já pode ir pra casa.

Letícia (30%) – AI MEU DEUS, HAHAHAHAHAHA! Sério, isso me lembrou muito o vídeo da Wanessa Camargo Exú Caveirinha, tanto que ri o tempo todo. Desnecessária a dança e a mudança do arranjo para o reggae, isso só desconcentrou, e fez com que essa fosse a pior apresentação dela. Sério, por que os jurados curtiram? Não entendi mesmo.

[skillbar title=”MÉDIA DO MIX: ” level=”35″]

 

Audrey Kate Geiger – The Big Bang (65%)

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=FOemW9Oqjhg&index=2&list=PLp_hv829JnZ-0chaxr4hrtohWXHnBJ5VZ[/youtube]

 

Carine (70%) – Bom, eu absolutamente amo a voz da Audrey, mas sou obrigada a dizer que achei a performance inconstante em alguns momentos. Com algumas falhas, mas longe de ser ruim porque com essa voz não tem como deixar nada ruim. O que importa é que ela passou, volta semana que vem e espero que com uma pontuação mais alta.

Eduardo (70%) – Achei a voz dela bem gostosinha nessa performance, mas não foi a sua melhor apresentação. Achei uma covardia colocá-la para bater de frente com Macy, mas paciência.

Fábio (65%) – É, comparando com o que estamos vendo nesse episodio até que a Audrey foi bem. Deu até vontade de escutar de novo, e isso significa muito. Audrey também tem muito credito comigo.

Letícia (75%) – Genteee que sufoco. Audrey mais uma vez foi muito bem, não foi excelente, mas excelente no padrão Audrey é muito acima do que vários ali fazem. Foi gostosinho, foi ok, mas da próxima vez escolhe algo mais conhecido tá? Beleza.

[skillbar title=”MÉDIA DO MIX: ” level=”70″]

 

Austin French – If I Ain’t Got You (86%)

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=_PGM6i–gsE&index=9&list=PLp_hv829JnZ-0chaxr4hrtohWXHnBJ5VZ[/youtube]

 

Carine (70%) – Particularmente o Austin não é aquele cara que toca meu coração e me emociona, só queeeee o cara é muito esperto na hora de escolher as músicas, além de ótimo cantor, além de bonitinho, além de queridinho do público, além do genro que minha mãe sempre sonhou.

Eduardo (90%) – Outra performance brilhante de Austin, uma das pouquíssimas que salvou essa noite tenebrosa que foi o último programa. Esse é outro que já tem vaga garantida para a grande final, e será mais que merecido.

Fábio (70%) – Foi ruim? Não. Foi mediano? Não. Foi bom? Sim, apenas bom. E por favor, 86% é superestimar DEMAIS essa performance do Austin. Mas dai olho pro que já passou e percebo que é só o reflexo do quão mediana estão as performances.

Letícia (80%) – Gostei bastante da apresentação de Austin, combina muito com o ambiente de um reality musical. Mas tomara que ele não escolha esse tipo de música para a carreira porque será boring demais. Foi fofo ele dedicando a apresentação pra noiva ok, mas vamos rever essas song choice porque potencial não falta tá!

[skillbar title=”MÉDIA DO MIX: ” level=”77″]

 

Sonnet Simmons – Young And Beautiful (30%)

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=V0ueCMy6b24&index=13&list=PLp_hv829JnZ-0chaxr4hrtohWXHnBJ5VZ[/youtube]

 

Carine (10%) – Você percebe que a coisa tá feia quando nem a Kesha aprova. O que foi isso, Sonnet? E esses agudos fora do tom? Nossa Senhora, nem dá muito pra comentar, qualquer pessoa sã vai dizer que essa foi de longe a pior apresentação do dia.

Eduardo (15%) – Péssima e inconstante essa performance, torci profundamente para Lana Del Rey aparecer no palco com um taco de beisebol por ter estragado sua música.

Fábio (50%) – Provavelmente tem algo de errado comigo, porque não vou negar, eu gostei. Até a Kesha que da “azul” pra todo mundo não gostou. Porém de uma forma BEM estranha eu tenho que assumir que gostei, um pouco.

Letícia (10%) – Alice respirou aliviada, pois Sonnet foi dona da PIOR APRESENTAÇÃO DA NOITE. Extremamente fora do tom, ela estragou a música, trazendo uma versão chata e meio velha, sei lá. Sei que tudo tava tão errado, o vestido, a voz, as desafinadas, que nem Kesha gostou, NEM KESHA!

[skillbar title=”MÉDIA DO MIX: ” level=”21″]

 

E foi assim que chegamos ao Top 7 (ou 8, já que Dana se salvou o/), o que vocês acharam das apresentações?

Avatar

Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.

No comments

Add yours