Stranger Things: 4ª temporada pode revelar identidade do pai de Eleven

4ª temporada de Stranger Things pode finalmente revelar identidade do pai de Eleven

Stranger Things
Continua após publicidade

Os fãs teorizam há muito tempo sobre o vilão da 1ª temporada de Stranger Things, Dr. Brenner. Para muitos, o sujeito poderia ser o pai biológico da heroína Eleven. E a 4ª temporada deve confirmar isso, apesar da potencial previsibilidade da reviravolta. Lançada em 2016, a primeira temporada de Stranger Things foi uma fusão de terror e ficção científica que logo se tornou uma sensação da Netflix. Com a quarta temporada em produção, Stranger Things só cresceu em popularidade, apesar do tom do programa mudar ao longo do tempo.

Continua após publicidade

A 1ª temporada de Stranger Things foi inspirada em dramas domésticos sombrios e, apesar de apresentar algum alívio cômico, a temporada foi sombria às vezes. A história de Eleven foi particularmente brutal, com a revelação de que ela desenvolveu poderes psíquicos graças a testes traumáticos por sombrios agentes do governo. Nenhum personagem foi mais central para este enredo do que o assustador Dr. Brenner. Ele é o perturbador, mas surpreendentemente afável (em público, pelo menos) chefe de operações do Laboratório Hawkins.

Stranger Things

Um dos maiores vilões da série está de volta

Dr. Brenner foi referido como “Papa” por Eleven, mas a verdadeira origem da heroína permanece obscura. A segunda temporada deu a Eleven uma “irmã” perdida no personagem de Kali (que muitos consideram um dos maiores erros da série). Mas o programa nunca explicou explicitamente quem é o pai da menina. A revelação de que Dr. Brenner poderia ser o pai biológico de Eleven é uma reviravolta que muitos telespectadores já anteciparam, mas isso não é motivo para a bomba perder seu impacto na 4ª temporada de Stranger Things. E há vários motivos para o show ainda seguir este caminho.

Continua após publicidade
Continua após publicidade

Leia também: Stranger Things: mansão mal-assombrada pode resolver problema da série

Ao contrário do inesperadamente simpático Billy e do Demogorgon, o Dr. Brenner é um vilão poderoso e vingativo de Stranger Things. Um monstro que tem sido frio, calculista e letal, desde sua primeira aparição. Ele não tem nenhuma das qualidades redentoras esperadas de um antagonista de ficção científica, tornando o potencial de revelar que ele é o pai biológico de Eleven ainda mais devastador. O Dr. Brenner pode ter sofrido uma falsa morte na 1ª temporada, mas agora que o personagem foi confirmado pelos corredores do show como vivo e forte, ele ainda deve ser capaz de retornar na 4ª temporada como um grande antagonista humano.

Sendo este o caso, a melhor maneira de restabelecer a vilania do Dr. Brenner seria revelar que ele decretou sua nefasta guerra psicológica não apenas contra uma criança indefesa, mas também contra seus próprios filhos.

Continua após publicidade
Stranger Things 4 temporada

As origens misteriosas de Eleven são pouco exploradas

Embora os espectadores de Stranger Things saibam que ela nasceu enquanto sua mãe, Terry, fazia parte do programa MKUltra, atualmente não está claro quem é o pai de Eleven ou como ela foi concebida. Qualquer uma das respostas potenciais aqui (que Terry foi engravidada como parte de um experimento ou que ela e o Dr. Brenner tiveram um relacionamento antes de ele enviá-la para um tratamento de eletrochoque indutor de amnésia) são proposições assustadoras que tornam Brenner um vilão ainda mais horrível

Continua após publicidade

Leia também: Stranger Things: data de estreia e novidades da 4ª temporada

A 3ª temporada de Stranger Things sofreu devido aos vilões terem pouca conexão pessoal com os heróis, com Billy sendo meio-irmão da personagem coadjuvante de Max e os russos sendo estereótipos mal delineados. Stranger Things precisa recuperar seus vilões, tornando-os mais relevantes para o elenco. Assim, revelar uma conexão familiar entre o Dr. Brenner e Eleven poderia oferecer um vilão humano com uma ligação real com a personagem principal da série.

Continua após publicidade

Além disso, poderia dar uma explicação para o próprio lado sombrio de Eleven no processo. Afirmar que ela tem uma ligação psicológica com seu pai sociopata explicaria porque a personagem ocasionalmente é capaz de matar sem vacilar. Confirmar Brenner como o pai biológico de Eleven poderia fazer seu eventual confronto com ela ainda mais intenso.

Continua após publicidade
Stranger Things

O contraste entre Brenner e Hopper

Durante as temporadas 1 e 2 de Stranger Things, o taciturno Detetive Hopper gradualmente se tornou uma figura paterna amorosa para a menina. No entanto, a terceira temporada viu Hopper se transformar em uma figura mesquinha, beligerante e, às vezes, francamente perigosa. Agora que Hopper está preso na Sibéria e o elenco acredita que ele está morto, a conexão entre a dupla é praticamente inexistente. É difícil negar que o personagem do Detetive se deteriorou um pouco na temporada 3. Logo, dar a Hopper um arco de redenção poderia contrastar seus esforços em ser um pai com a monstruosa vilania de Brenner.

Continua após publicidade

Leia também: Stranger Things já está com final definido na Netflix

Dr. Brenner continua sendo o vilão humano mais sangue-frio em todas as três primeiras temporadas de Stranger Things. Tendo feito, assim, experiências em crianças, traumatizado seus pais e até assassinado testemunhas para encobrir suas ações. O pai biológico de Eleven contra a figura paterna que a salvou forneceria à 4ª temporada de Stranger Things um ótimo clímax. Além de um desfecho para Brenner e uma redenção para Hopper.