Crítica: The Flash desperdiça potencial em 5×20 “Gone Rogue”

The Flash passa por sua pior fase. Os roteiristas tinham em mãos personagens e uma trama com bons potenciais, mas desde sua première as oportunidades vem se desperdiçando. Este poderia ter sido um bom episódio, vendo Nora se tornar má e bater de frente com Flash e cia. Mas o que foi mostrado quebrou os episódios anteriores que levaram a trama até este ponto.

Depois de vermos Nora abraçando a Força de Aceleração Negativa, ao menos um grande embate entre XS e Flash era esperado para este episódio. Mas tudo o que vimos foi a personagem se unir a uma nova Galeria, em busca de cumprir um plano em segredo de seus pais. A única coisa que a manteve utilizando a Força Negativa foi, mais uma vez, sua infantilidade e rebeldia. Mas que após um pequeno diálogo com Barry fica bem com toda a situação. A personagem não cresceu nem um pouco ao longo de 20 episódios. Continua sendo a mesma garota imatura do início. Nada do que vimos nesta temporada fez jus a expectativa criada em volta da personagem na quarta temporada.

Jovem Galeria de Vilões

O que dizer então da jovem Galeria? Apenas que é o pior grupo de vilões da série. Com exceção talvez do Boneco de Pano, os outros membros se mostraram descartáveis. Já não bastava suas participações anteriores na série? Seus retornos não acrescentou nada a história, assim como a aparição final de Cicada, que ainda continua à solta. A vilã, por mais que seja uma segunda versão, foi por muito tempo arrastada neste temporada. É preciso dar um fim decente a ela para que ao menos seu final traga algo interessante.

Qual foi o ponto do episódio? Apenas reverter tudo o que vinha acontecendo de forma preguiçosa para que sobre espaço para o embate final entre o team Flash e Cicada? A falta de criatividade tem sido a ferida que mais tem afetado a série. Seus episódios tem se tornado entediantes. A ponto de se ter pouquíssima expectativa para seus dois últimos episódios. A quinta temporada não conseguiu dar a volta por cima, mas será possível ainda ter esperanças para sua próxima temporada?

Imagem: The CW/Divulgação

CURIOSIDADES:

– Este foi o oitavo episódio com a Galeria e seu nome no título. Mas o primeiro sem contar com a participação de Wentworth Miller, o Leonard Snart.

– Nora usa uma identidade falsa com o nome Jenni Ognats. Nos quadrinhos, Jenni Ognatis é a XS original, que faz parte da Legião dos Super-heróis.

– Após se libertar das algemas, Sherloque diz que foi treinado por Thaddeus Brown da Terra-51. Nos quadrinhos, Thaddeus foi um grande artista de fuga que se chamava “Senhor Milagre”. Pouco antes de morrer, ele se torna mentor de Scott Free, que se torna o super-herói “Mister Miracle” em sua memória.

– Nos quadrinhos, Evan McCulloch, dono da McCulloch Technologies, é um assassino profissional que se torna o segundo Mestre dos Espelhos após Sam Scudder.

– Referências Nerds:

  1. Cisco renomeou os 4 satélites com os nomes das quatro protagonistas de Sex and the City: Carrie, Samantha, Miranda e Charlotte.
  2. Ralph cita Grey’s Anatomy para Caitlin.
Nota do Episódio5
Review do vigésimo episódio da quinta temporada de The Flash, da The CW, intitulado "Gone Rogue".
5
Tags The Flash

Share this post

Álefe Cintra

Jornalista e apaixonado por séries. Tem a mesma profissão de Clark Kent, usa óculos parecido, mas infelizmente não é super-herói. Grande fã de séries de super-heróis e fantasia. No Mix de Séries escreve as reviews de Arrow e The Flash.