10×10 de Chicago Fire deu incerteza para Severide e Stella

Chicago Fire retornou com episódio inédito e deu incertezas para Severide e Stella.

Chicago Fire cena 10x10
Continua após publicidade

Eis que, após umas semanas em pausa, as exibições de Chicago Fire nos Estados Unidos voltaram. Claro que os fãs brasileiros – em sua maioria – adoram spoilers, então continuamos com nossas resenhas por aqui.

Continua após publicidade

O décimo episódio começa exatamente de onde a série parou no nono episódio, com Severide e Stella se reencontrando após um longo período. E, bem, as coisas não saíram como imaginávamos.

Stella e Severide enfrentam incerteza

Como Kelly já havia adiantado anteriormente, ele não sabia como seria as coisas quando Stella voltasse. Realmente, o casal está estranho e Stella deu suas explicações sobre o afastamento.

Continua após publicidade
Continua após publicidade

Leia também: A verdade que fãs de Chicago Fire não sabiam sobre Jesse Spencer

De acordo com ela, quando ficou sabendo da vaga de Tenente, ela congelou. Então, ela focou no Girls On Fire, porque sabia que, quando de fato virasse Tenente, ela não teria tempo para mais nada. Com o projeto sendo ideia dela, Stella queria divulgar o programa o máximo que ela pudesse. Era como se fosse algo pessoal para ela.

Bem, Kelly entendeu que isso poderia acontecer, mas infelizmente ele acabou sendo prejudicado no caminho. Porque Stella parou de responder suas mensagens, e isso não foi legal.

Continua após publicidade

Eu sinceramente não entendi ainda por que ela tratou Severide assim. Ansiedade? Talvez. O fato de Severide pressioná-la, ou cobrar dela um posicionamento, fez com que Stella se afastasse e não se aproximasse. Mas, poxa, o cara é noivo dela. Ela poderia ter sido honesta com ele quanto a isso.

Continua após publicidade

Além disso, no final, Severide falou que ficou chateado com o modo que Stella o tratou e, quando a questionou se ela ainda queria se casar, ela ficou muda.

Continua após publicidade
Chicago Fire 10x10
Imagem: Divulgação.

Stella voltou ao Batalhão de Chicago Fire: mas ela se encaixa ali?

Stella voltou ao seu turno e foi muito bem recebida por todos. Mesmo que ela tenha tomado um puxão de orelha do Chefe, com ele deixando claro que não gostou muito da extensão dela fora. De qualquer forma, o retorno de Stella em Chicago Fire é quase como se ela nunca tivesse partido.

Continua após publicidade

Leia também: Nova temporada de Chicago Fire interrompe gravações

Com exceção da presença de Pelham, ela e Jason até se deram bem. Mas, quando ele foi tentar criar uma aproximação entre eles, Stella acabou soltando que Pelham não pegou a vaga dela, mas ela que desistiu. Então, isso o atingiu de certa forma.

Continua após publicidade

Não sei se Stella vai continuar em definitivo nos próximos episódios, mas acredito que enquanto os dois estiverem dentro do Batalhão haverá uma tensão profissional mal resolvida.

As questões ainda se intensificaram quando o antigo superior de Pelham foi “fazer a caveira” dele com Boden. E Stella já sacou tudo. Se ela vai usar isso a seu favor, não sabemos.

Chicago Fire
Imagem: Divulgação.

Coadjuvantes assumem forte presença

Essa está sendo uma temporada muito democrática de Chicago Fire, a ponto dela dividir com cautela o tempo de tela de cada um deles. Coadjuvantes que antes mal apareciam, agora, estão tendo bons destaques.

Ritter, neste episódio, teve uma forte participação, ajudando um policial que travou durante um chamado. Acredito que ele se identificou muito com ele, visto que quando entrou Ritter pensou em desistir. Se não fosse Mouch, ele não estaria no 51 hoje. Então, Ritter fez o mesmo e, com a ajuda de Platt, descobriu que o policial não tinha um bom parceiro e nem era bem tratado no local de trabalho. O que ele fez? Conseguiu a transferência para o 21º distrito. Quem sabe, ganhamos um rosto novo em Chicago PD?

Chicago Fire
Imagem: Divulgação.

Outra história que se destacou neste episódio foi a vinda do Chefe Hawkins para substituir Brett, enquanto ela foi visitar Casey. Isso só deu oportunidade para ele e Violet se aproximarem, fazendo com que Gallo ficasse ainda mais enciumado. Mas a real? Estou gostando muito de Hawkins e Violet juntos. O shipp é real, e estou começando a torcer por eles. Embora acredite que Violet vá mesmo ficar com Gallo em algum ponto, enquanto Hawkins e Brett poderão desenvolver algo no futuro.

De qualquer forma, essa – assim como outras histórias da temporada – estão valendo a pena, após tantas mudanças. Chicago Fire está provando que pode se reinventar. Então os fãs podem dar um voto de confiança!

Nota: 4/5