10×18 de Chicago Fire teve sequestro e foi o melhor episódio

Episódio deu foco para Boden em sequestro.

Chicago Fire 10x18
Imagem: Divulgação.
Continua após publicidade

A franquia Chicago sempre tem personagens que simbolizam a alma da série. Em Chicago PD, por exemplo, esse personagem é Voight. Em Chicago Med, uns diriam que é Sharon Goodwin, mas eu apostaria no Dr. Charles. No entanto, em Chicago Fire, esse posto é indiscutivelmente do Chefe Wallace Boden.

Continua após publicidade

Boden, sem dúvidas, é um dos melhores personagens da série, tendo evoluído bastante nestes dez anos em que acompanhamos a série. Então, vê-lo em uma situação vulnerável e de risco fez os nossos corações pararem. É esse o sentimento que o décimo oitavo episódio da décima temporada de Chicago Fire transmitiu.

Bolden ficou no meio de um sequestro

A história não enrolou muito para acontecer, e nos instantes iniciais do episódio já vimos Boden no centro da ação. Mas tudo começou ainda no batalhão, quando Severide e o Chefe esquematizaram de fazer um churrasco no almoço. Então, Boden ficou de passar no mercado para comprar alguns ingredientes, e foi quando tudo aconteceu.

Continua após publicidade
Continua após publicidade

Leia também: Chicago Fire, Gabby vai no casamento de Stella e Severide?

Um carro bateu no mercado, assustando a todos, e logo em sequência aconteceu um tiroteio em massa. Era um homem fugindo da polícia e que logo declarou estar fazendo todos ali de reféns.

Boden se impôs na situação, mas assustado, afinal, sua vida também estava em risco. No entanto, seu dever como bombeiro sempre falará mais alto. E este episódio foi sobre isso.

Continua após publicidade
Chicago Fire 10x18
Imagem: Divulgação.

A alma de Chicago Fire

Este episódio transmitiu sabiamente o significado de Boden para Chicago Fire, mostrando ele em ação – mesmo fora de um chamado. A forma como ele se importou com os reféns foi emocionante e mostrou porque ele é o melhor.

Continua após publicidade

Leia também: 10×17 de Chicago Fire trouxe mistério e separação de casal

Mas indo além, Boden se importou com o sequestrador. Com o ser humano como um todo. Diferente de Chicago PD, em que eles já saem caçando o bandido, prendendo, ou mesmo baleando, aqui nós vimos uma dimensão completamente distinta da história.

Continua após publicidade

Para começar, era um homem negro, em situação vulnerável, que sofreu na cadeia. Ele participou de um assalto, o qual ele nem cometeu em si, mas que provavelmente estava ali por causa da situação que o obrigou a fazer isso. Boden leu toda a situação e instantaneamente se conectou com ele. Achei isso incrível e de uma empatia sem tamanho.

Continua após publicidade

Um dos reféns, um advogado aposentado, também comprou o discurso do bandido e até se ofereceu para defende-lo. Mas, em certo ponto, o bandido ficou com medo, porque ele viu que estava tudo perdido.

Continua após publicidade
Chicago Fire 10x18
Imagem: Divulgação.

Lidando com a situação

O episódio em si foi espetacular. Desde o momento em que a história prendeu o espectador, fazendo-o se perguntar, “o que vai acontecer a seguir”, até o clímax, quando o Batalhão 51 entra no lugar para salvar alguns reféns da parte de trás.

Tudo funcionou de forma excelente! Eu fiquei bem emocionado com o desfecho e achei que o assaltante fosse morrer. Mas Boden mais uma vez interviu, e foi por causa dele que tudo terminou bem para todo mundo.

Ao final, quando Severide foi até o chefe e perguntou se estava bem, ele disse que “não”, e foi como um desabafo. Foi como tirar um peso dos seus ombros. Os colegas, então, se certificaram de esclarecer para o chefe que foi apenas por causa dele que tudo ficou bem.

Que incrível, Chicago Fire ter dado a Boden esse presente de episódio! Por mais momentos como esse, por favor!

Nota do episódio: 5/5

Criador do Mix de Séries, atua hoje como redator e editor chefe do portal. Especialista em SEO e construção de textos para internet, também atua como webwriter com foco em textos para o Google. Autor na internet desde 2011, passou pelos portais TeleSéries e Box de Séries. Fã de carteirinha de Friends, ER e One Tree Hill, é aficionado pelo mundo dos seriados. Também é fã de procedurais, sabendo tudo sobre o universo das séries Chicago, Grey's Anatomy, e séries de sucesso como La Casa de Papel e Lucifer. Também é fã da DC Comics, e acompanha produções inspiradas em personagens da editora, como Titans e até o mais recente produto da editora, Sweet Tooth.