7×02 de Chicago Med foi bom, mas Will continua estragando

Segundo episódio destacou ainda mais os novos médicos.

Chicago Med review 7x05

Não vou ser aquele crítico que não vê lado positivo em nada. Preciso dizer, Chicago Med melhorou e muito, se comparar com as histórias da temporada passada. Acredito que deva ter acontecido alguma troca de roteiristas, porque as histórias estão bem mais focadas nos problemas do paciente. E isso é muito interessante.

Continua após publicidade

No entanto, alguns outros personagens continuam com uma essência problemática, sendo este o grande problema da série. Se não bobearem, Chicago Med pode se recuperar. Embora alguns personagens insistam em ser uma pedra no sapato da série, como Will.

Continua após a publicidade

Indo além do que se pode fazer

Will trabalhou com a Dra. Hammer no tratamento de um paciente adolescente que chega após um colapso na emergência. Ele possui doença de Addison, que necessita de um tratamento intenso. Mas a excessiva carga de remédios poderia causar alguns danos como diabetes. Ao tratar do garoto, os médicos levantaram algumas hipóteses, como o excesso de cuidado da mãe, mas Will tendeu a acusar a mãe de dar mais remédios para que o garoto continuasse doente.

Continua após publicidade

Leia também: 7×01 de Chicago Med trouxe novos médicos e foi ótimo

O paciente ainda tentou uma vaga em um estudo clínico, e o fato dele desenvolver alguns fatores poderiam o impedir de entrar para o estudo. Claro que a Dra. Hammer foi prudente, mas Will já saiu chutando a porta. Acostumado a ser enxerido em tudo que faz. Ele chegou até a aconselhar o garoto a se emancipar da mãe para fugir de seus cuidados. Muito doido!

No fim, a dupla de Chicago Med descobriu na verdade que era o paciente que estava tomando doses extras do remédio para ele não entrar no ensaio clínico e, assim, poder viajar para Londres. Viagem essa que a mãe impedia por causa do estudo. Mas tudo foi resolvido com a mediação da Dra. Hammer. E foi muito legal vê-la conversando com a mãe do garoto, falando que tudo que ela queria na vida era ter uma mãe que se importasse com o filho, como a mãe do paciente fazia. Foi interessante ver esse toque de sensibilidade que Will nunca teria.

Continua após publicidade

Preciso dizer que a adição da Dra. Hammer na história foi certeira e, em dois episódios, ela já fez bem mais do que muitos outros.

Chicago Med 7x02
Imagem: Divulgação.

Dr. Scott também prova ser ótimo médico em Chicago Med

Outra ótima adição à Chicago Med, sem dúvidas, foi a entrada do Dr. Scott. Ele está pegando ótimos casos e, neste episódio, tratou de um potencial caso de suic*dio. O Dr. Charles interveio, porque infelizmente Scott ainda tinha uma visão dos seus tempos de policial e acreditou que ela havia se arrependido.

Leia também: 9×02 de Chicago PD teve novo conflito para Burgess

A expertise do Dr. Charles coube muito bem no cenário, mas o fato da paciente não poder ocupar outro leito no hospital e ser transferida mexeu muito com Scott. Acredito que ele irá escolher suas batalhas a dedo e ele tem potencial para enfrentar todos ali para fazer o que é correto. Até mesmo o Dr. Archer que, mais uma vez, saiu batendo boca com as pessoas.

Aliás, falando em Dr. Archer, este já arrumou mais um problema. Desta vez com a estudante doutora Vanessa Taylor. Brincadeira, ela não é mais estudante, mas me dava um ódio quando falavam isso, que eu tive que fazer essa piadinha. Mas voltando, a Dra. Taylor confrontou Arches sobre um diagnóstico, e ela obteve apoio de Crockett, que a incentivou a lutar pelo o que ela acha que é certo. No fim, ela e Crockett conseguiram salvar o braço do paciente, mas ela certamente criou um problema no hospital ao desrespeitar o chefe da emergência (volta logo, Dr. Choi).

Não sei se você percebeu isso, mas senti uma vibe romântica entre ela e Crockett. Sei não, acho que isso vai dar ruim. Inclusive, não preciso nem dizer que Maggie já está de olho no que está acontecendo e foi até dar um “chega pra lá” no Dr. Marcel. A situação, no entanto, criou um mal estar entre Maggie e Vanessa. E a relação das duas, que parecia até estar indo bem, voltou a ficar estremecida.

Chicago Med 7x02
Imagem: Divulgação.

Zero Zero Halstead

E o Will continua bancando o espião para cima do Dr. Cooper em Chicago Med. Enquanto Goodwin lida com um problema de saúde pessoal, ela continua pressionando o Dr. Halstead para descobrir se Cooper tem alguma ligação com a empresa que ele está divulgando no hospital. E se ele está recebendo algum tipo de suborno para uso de dispositivo vasculares.

Chicago Med
Imagem: Divulgação.

Claro que Will teve a brilhante ideia de dizer para o Dr. Cooper que está quebrado, a fim de ser convidado para a “operação” e ganhar mais dinheiro. O hospital quer provas desse suborno, mas essa história tem absolutamente tudo para dar errado.

Cada vez mais penso: por que Will não ficou com Natalie e não juntou as malas com ela? Ele não melhora…

Bem, como disse, Chicago Med está ensaiando uma melhora. Mas, enquanto histórias chatas dessas como as do Will estiverem na série, ela não poderá se firmar.

Nota: 3/5

Criador do Mix de Séries, atua hoje como redator e editor chefe do portal. Especialista em SEO e construção de textos para internet, também atua como webwriter com foco em textos para o Google. Autor na internet desde 2011, passou pelos portais TeleSéries e Box de Séries. Fã de carteirinha de Friends, ER e One Tree Hill, é aficionado pelo mundo dos seriados. Também é fã de procedurais, sabendo tudo sobre o universo das séries Chicago, Grey's Anatomy, e séries de sucesso como La Casa de Papel e Lucifer. Também é fã da DC Comics, e acompanha produções inspiradas em personagens da editora, como Titans e até o mais recente produto da editora, Sweet Tooth.