A história de Eddie em Stranger Things é baseada em fato real

História envolvendo Eddie em Stranger Things tem pontos reais.

Stranger Things 4 temporada

Alguns fãs podem não saber, mas muitas histórias verdadeiras servem de inspiração para Stranger Things, incluindo o Satanic Panic.

Continua após publicidade

Os irmãos Duffer, dessa forma, se inspiraram na moda dos anos 1980 para criar Eddie Munson (Joseph Quinn) na quarta temporada de Stranger Things.

Saiba mais sobre o adolescente em que Eddie Munson se baseia, além de outras histórias reais que inspiraram a série Netflix.

Continua após publicidade

Joseph Quinn interpreta o líder do Hellfire Club, Eddie Munson

Stranger Things 4 temporada
Imagem: Divulgação.

Eddie Munson é um novo personagem na quarta temporada de Stranger Things e já é um favorito dos fãs. Como líder do clube de D&D da Hawkins High School, conhecido como Hellfire Club, Eddie é um pária social. Além disso, Eddie toca guitarra para sua banda Corroded Coffin, aumentando sua imagem de bad boy.

Leia também: Vecna morreu ou está vivo em Stranger Things? Eis a resposta

Por trás de seu exterior de bad boy, no entanto, Eddie é um cara legal de coração. Antes de morrer nas mãos de Vecna, Chrissy Cunningham (Grace Van Dien) e Eddie têm uma conversa franca sobre as pessoas não compreenderem. Apesar da natureza bondosa de Eddie, sua aparência externa torna mais fácil para Jason Carver (Mason Dye) culpá-lo pela morte de Chrissy.

Eddie Munson em Stranger Things é baseado no West Memphis Three

Imagem: Divulgação.

Nas décadas de 1980 e 1990, grande parte da sociedade acreditava que os cultos satânicos eram uma ameaça real e presente na América. “Adolescentes sem Deus” e sua “música e mídia desviantes” estavam na raiz desse pânico (Vox).

Continua após publicidade

Satanic Panic traz à mente alegações contra creches nos anos 80 – o público pensou que havia abuso ritual satânico acontecendo. Mais tarde, nos anos 90, surgiu o caso do West Memphis Three. Três adolescentes pegaram condenações injustas por homicídio por causa de seus estilos de vida alternativos.

Leia também: Will Byers é gay em Stranger Things? 4ª temporada responde

Conforme revelado durante a Semana Geeked da Netflix, Eddie Munson tem base em um dos três West Memphis, Damien Echols. Em um tweet, a Netflix revela como a série documental Paradise Lost e o escritor e artista Damien Echols são a base para Eddie Munson.

Echols, Jessie Misskelley e Jason Baldwin foram julgados pelo assassinato de meninos de 8 anos Steve Branch, Michael Moore e Christopher Byers em 1993. Devido à natureza dos corpos dos meninos, a promotoria afirmou que Echols, Misskelley e Baldwin foram mortos como parte de um ritual satânico.

Continua após publicidade

Echols foi condenado à morte, mas o novo DNA produzido em 2010 permitiu que ele entrasse em um pedido de Alford. Ele foi libertado em 2011. Echols mantém sua inocência e ainda está lutando para limpar seu nome (via Fox 13 Memphis).

Várias histórias verdadeiras inspiraram a história em Stranger Things

Claro, a maioria de Stranger Things é pura fantasia. No entanto, histórias como West Memphis Three e outros eventos históricos servem de inspiração para a série Netflix. Por exemplo, Camp Hero em Montauk, Long Island, inspirou o Laboratório Hawkins dos irmãos Duffer.

Iria acontecer em Montauk, Long Island [e é] … baseado em um lugar real chamado Camp Hero”, disse Gaten Matarazzo em Inside of You. “Era uma instalação do governo, supostamente era uma coisa do tipo torre de rádio, para comunicações, comunicações de rádio para os militares. E havia rumores de que havia muitos experimentos estranhos e obscuros acontecendo.”.

MKUltra, um projeto criado pelo governo americano em 1953 que usava LSD para testar os efeitos do controle mental, inspirou fortemente o enredo de Eleven (Millie Bobby Brown). Hopper (David Harbour) menciona o experimento pelo nome na primeira temporada.

Na 4ª temporada de Stranger Things, Hopper também fala sobre o Agente Laranja, a mistura de herbicidas usada pelos militares dos EUA durante a Guerra do Vietnã.

Criador do Mix de Séries, atua hoje como redator e editor chefe do portal. Especialista em SEO e construção de textos para internet, também atua como webwriter com foco em textos para o Google. Autor na internet desde 2011, passou pelos portais TeleSéries e Box de Séries. Fã de carteirinha de Friends, ER e One Tree Hill, é aficionado pelo mundo dos seriados. Também é fã de procedurais, sabendo tudo sobre o universo das séries Chicago, Grey's Anatomy, e séries de sucesso como La Casa de Papel e Lucifer. Também é fã da DC Comics, e acompanha produções inspiradas em personagens da editora, como Titans e até o mais recente produto da editora, Sweet Tooth.