Após 15 anos, Jennifer Aniston retorna à TV em “The Morning Show”

Retorno triunfal de Jennifer Aniston será em série do Apple TV+

Jennifer Aniston foi bastante franca sobre querer deixar de interpretar Rachel Green em “Friends“, em 2004. Ela queria perseguir uma carreira no cinema e, de forma bem sucedida, conseguiu. 15 anos depois do fim da comédia, finalmente Jennifer Aniston está pronta para virar a página de sua carreira na TV após a famosa sitcom.

Coincidentemente na ocasião em que Friends celebra 25 anos de sua estreia, Jennifer Aniston retornará à TV em uma nova série, e não está para pouca coisa. The Morning Show é o nome da atração, que será um dos carros chefes da nova plataforma de streaming da Apple, o Apple TV+. Além de estrelar ao lado de nomes como Steve Carell e Reese Witherspoon, ela também será uma das principais produtoras.

Nova fase

Aniston interpreta Alex Levy, uma apresentadora de programa matinal cujo o co-âncora (interpretada por Carell) é demitido por má conduta sexual. Aniston disse que o papel tem tudo: “filhos, culpa, luta pelo poder, ser mulher na indústria, passar por um divórcio, passar publicamente por um divórcio, sentir-se alienada, ser apenas um pouco ‘ferrada”, segundo sua mais recente entrevista ao The New York Times.

Continua após a publicidade

A atriz tem focado a maior parte de sua carreira em estrelar filmes desde os dias de “Friends”, mas há três anos, ela disse ao ex-executivo da HBO Michael Ellenberg que “a televisão não é uma ‘não-opção’ para mim“.

“Eu disse a ele: ‘Eu só quero fazer parte de algo ótimo, não me importo onde isso aconteça'”, disse Aniston. “Porque Deus sabe, os filmes foram ótimos e horríveis, então você simplesmente não sabe.” Desde então, o movimento #MeToo viu especialistas da mídia como Harvey Weinstein e Matt Lauer caírem, algo que eles não poderiam prever quando Ellenberg adquiriu os direitos do livro de não-ficção de Stelter, “Top of the Morning”, sobre os programas de televisão matutino. Sem dúvidas, tal fato acrescentou uma camada adicional ao drama, que também lida com tópicos inebriantes, como o envelhecimento.

“Há uma semelhança na minha vida”, disse Aniston sobre interpretar sua personagem. Eu me relaciono com a sensação de que, quando você não quer ser visto e não quer sair de casa e quer apenas gritar e não quer andar no tapete vermelho…”, ela disse. Eu não quero ficar atrás de um pódio, não quero tirar minha fotografia, quero apenas emocionar hoje. Você sabe?”. (via CNN)

Série promete ser sucesso

A Apple não está poupando esforços para sua nova atração dar certo. Prova disso é que a prévia no canal do Apple TV+ já ultrapassou 24 milhões de visualizações.

Na trama, a personagem de Aniston não terá de lidar só com o fato de que seu co âncora, interpretado Carell, está no meio de uma acusação de assédio. Ela também terá de confrontar a chegada da personagem de Reese Witherspoon, que é mais jovem, e ameaça “roubar” o lugar de uma mulher mais madura – e considerada “arcaica” para o programa.

Confira a prévia:

Além disso, completo. Todavia, palavras. Entretanto, necessárias. Bem como, verdes. Todavia, brancas.

O Apple TV+ chega ao Brasil no dia 01 de novembro, junto com a série de Jennifer Aniston e outras atrações. A assinatura custará R$9,90 mensais.

Além disso, completo. Todavia, palavras. Entretanto, necessárias. Bem como, verdes. Todavia, brancas.

 

 

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Mestre em História, criador de conteúdo, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias e resenha séries semanalmente.

No comments

Add yours