Atriz Viola Davis faz homenagem à vereadora Marielle Franco nas redes sociais

Imagem: Instagram/ABC

Continua após as recomendações

Mais uma personalidade da TV americana presta homenagem à vereadora…

A atriz Viola Davis, vencedora do Oscar, Emmy e protagonista da série How To Get Away With Murder, prestou homenagem para a vereadora Marielle Franco no Instagram.

Viola tomou conhecimento do caso nesta terça (20) e destacou em uma foto os seus pensamentos sobre a vereadora. “Marielle Franco lutou pelos direitos dos pobres nas favelas. Meu apoio e luta por vocês Brasil. Viva Marielle e Anderson“, disse ela, confira:

Continua após a publicidade

Ator Jesse Williams, de Grey’s Anatomy, também prestou homenagem…

Williams fez um post em sua conta no Instagram destacando a notícia, e prestando uma homenagem para a vereadora.

Trecho sobre a vida e o legado revolucionário de Marielle Franco: ‘Uma das figuras políticas mais promissoras, carismáticas e amadas do Brasil foi brutalmente assassinada na noite de quarta-feira no centro do Rio de Janeiro, no que os funcionários concluíram ser um assassinato político direcionado.'”, escreveu o ator, referenciando à uma matéria de Glenn Greenwald do jornal britânico The Guardian.

Williams, que esteve no Rio de Janeiro no começo deste ano, encerrou seu post com hashtag #MariellePresente, usada na campanha da vereadora e, posteriormente, como homenagem após seu assassinato (Leia aqui a homenagem completa).

Marielle Franco, vereadora do Rio de Janeiro, foi morta a tiros na última quarta (14) no centro da cidade. A polícia trabalha com a hipótese de execução.

1 comentário

Adicione o seu
  1. Avatar
    Marcelo 20 março, 2018 at 14:10 Responder

    Estava vendo algumas redes de TV de fora do Brasil ontem e é impressionante como as notícias vão daqui completamente deturpadas.
    A CNN já é classicamente de esquerda, e descobri que a Deutsche Welle também.

    Mas a SIC portuguesa é uma das PIORES.

    Essa mulher para eles é uma heroína, contra o “regime militar” que já “impera” no RJ.

    Um dos FDP ainda falou que a condenação do Lula foi muito “conveniente” para tirá-lo da eleição, já que estaria “certamente eleito”, palas palavras do próprio boçal analista socialista.
    Que desde o “golpe” (citou o termo 3 vezes em 2 minutos – e afirmou que foi) que Dilma sofreu, aquele que “lhe enfiou o punhal nas costas”, Temer, vem tentando militarizar o país novamente, ao modo de 64.
    Que a “única” coisa que vai bem é a economia (!), mas “ao custo de perdas socialistas”.

    Acontece que o palhaço comentarista esqueceu-se das centenas de policiais assassinados, dos quase 70 mil mortos por ano, do Mensalão, do Petrolão, dos BILHÕES ROUBADOS, de Belo Monte, da Lava Jato, do BNDS, do Porto Mariel, etc, enfim, só se lembrou de comentar – equivocadamente – aquilo que vê através de sua ótica demente comunista.

Post a new comment