Central do Brasil foi indicado ao Oscar mas não ganhou; Saiba o porquê

Filme venceu o Globo de Ouro mas perdeu o Oscar

Nesta segunda (14), a Tela Quente da Rede Globo conta com a exibição do filme Central do Brasil, filme de 1998 que fez um enorme sucesso mundial. A exibição será em comemoração aos 90 anos da atriz Fernanda Montenegro, que completa a idade no próximo 16 de outubro.

Continua após a publicidade

A exibição de Central do Brasil na Globo reviveu a memória de muita gente e despertou a curiosidade dos mais novos que talvez nem eram nascidos na época do filme. O longa, dirigido por Walter Salles conta a história de Dora, uma amargurada ex-professora, que ganha a vida escrevendo cartas para pessoas analfabetas. Tais pessoas ditam o que querem contar às suas famílias, e a professora embolsa o dinheiro sem sequer postar as cartas. Um dia, Josué, o filho de nove anos de idade de uma de suas clientes, acaba sozinho quando a mãe é morta em um acidente de ônibus. Ela reluta em cuidar do menino, mas acaba se juntando a ele em uma viagem pelo interior do Nordeste em busca do pai de Josué, que ele nunca conheceu.

A história do filme comoveu muita gente, até mesmo os membros da Academia do Oscar, no qual chegou a ser consagrado com indicações. Porém, o filme não saiu vitorioso na premiação.

Central do Brasil no Oscar

Central do Brasil veio fazendo uma intensa campanha em premiações, logo após o seu lançamento. Chegou a conquistar o Urso de Ouro, fazendo dele a primeira produção brasileira a recebê-lo, além do Urso de Prata de Melhor Atriz e o Prêmio de Melhor Filme (júri ecumênico). Posteriormente, no Globo de Ouro de 1999, ganhou Melhor Filme em Língua Estrangeira e foi nomeado a Melhor Atriz em Filme de Drama.

Mas o grande destaque foi para o Oscar. O longa foi indicado a Melhor Filme Estrangeiro, marcando a segunda indicação consecutiva do Brasil no prêmio – algo até então inédito. Acabou perdendo para A vida é Bela, filme italiano de 1997. Já na categoria Melhor Atriz Drama, Fernanda Montenegro consegui um feito inédito ao ser indicada. Ela foi a primeira – e até agora única – atriz brasileira a ser indicada ao Oscar, por sua atuação em Central do Brasil. Infelizmente, também perdeu na categoria para Gwyneth Paltrow, de Shakespeare Apaixonado. Porém, acabou saindo como “campeã moral”, uma vez que toda a imprensa mundialmente reclamou da derrota da brasileira.

Certamente, Central do Brasil é um filme impactante não só por sua história, mas como também sua marca no cinema nacional.

E você, já conhecia o filme?

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.

No comments

Add yours