Chicago Fire: Destino de Severide é revelado na 8ª temporada

Chicago Fire Destino de Severide é revelado
Imagem: Divulgação

SPOILER: Descubra o destino de Severide

A última vez que vimos Severide (Taylor Kinney) em Chicago Fire, ele tinha sido transferido para o OFI (o Escritório de Investigação de Incêndios) e ainda tinha conseguiu se meter em uma situação de “vida ou morte”. O último episódio de 2019 terminou com este gancho, deixando o público aflito até a estreia em 2020.

Continua após publicidade

Ontem (08), o décimo episódio da oitava temporada foi ao ar nos Estados Unidos e, finalmente, o destino do personagem foi revelado. Portanto, estejam avisados: a partir daqui, a matéria terá SPOILERS.

Continua após a publicidade

O que aconteceu?

Respondendo a pergunta de forma rápida, ele não fica preso no porão com o incendiário por muito tempo. Aliás, isso foi resolvido de forma relativamente rápida – assim como o tempo de Severide na OFI. Mas primeiro, Severide salva a si mesmo e ao incendiário de um grande acidente. “Por que você voltou?” o incendiário perguntou. “Sou bombeiro”, diz Severide. De fato ele é.

Continua após publicidade

Rapidamente Severide é liberado para o serviço e, uma vez de volta ao OFI, Van Meter observa seu “talento para o heroísmo“. No processo de capturar um incendiário e libertar um homem inocente, Severide quebrou “1000 ordens permanentes, prolongou sua hora extra por um ano, quase se matou, para fechar um caso que já estava fechado“. E embora ele seja “um dos investigadores mais talentosos” que Van Meter conheceu, ele o demitiu, então Kelly está livre para voltar ao Esquadrão. “Agora volte ao 51 e faça o que você faz de melhor”, diz ele.

Bem vindo de volta, Severide.

Uma vez de volta ao Batalhão, ele vai direto ao trabalho, colocando seu esquadrão em uma “broca” para ver como eles estiveram em sua ausência. Mas ele não deixou o OFI completamente para trás. Ao sair, Seager observa que ela pode precisar da ajuda dele. “Você também me parece um cara que tem dificuldade a ficar preso a apenas uma coisa“, diz ela. E ela faz algumas perguntas sobre alguns casos que não foram encerrados, enviando uma mensagem de agradecimento que Kidd (Miranda Rae Mayo) acaba vendo. Problemas a frente?

Continua após publicidade

Mas Kidd se lembra do momento difícil que ela viveu com Severide sobre seu ciúme em relação a Tyler. Por isso, ela acha que não pode dizer nada sobre o mau pressentimento que está tendo de Seager. Felizmente, ela não precisa. Quando Seager traz a Severide outro caso e sugere que discutam durante o almoço, ele a rejeita. “Eu preciso colocar meu foco de volta onde ele pertence: esquadrão 3, Batalhão 51, meio que me mantenho atado a uma coisa“, diz ele.



Então, Severide está de volta aonde ele pertence, mas os fãs provavelmente não devem ficar muito confortáveis. Afinal, “Definitivamente haverá um tempo em que todos estarão fora dos 51“, disse o produtor executivo Derek Haas ao TV Insider sobre esta temporada. Será que mais alguém vai sair?

Chicago Fire continua com exibições nos Estados Unidos todas as quartas pela NBC. No Brasil, os inéditos retornam no dia 20 de janeiro pelo Universal.