Chicago PD: Sophia Bush entrega novo caso de abuso nos bastidores

Sophia Bush Chicago PD abuso

Sophia Bush falou mais sobre polêmica dos bastidores

Sophia Bush constantemente fala, em diversas entrevistas, sobre os direitos da mulher – e ela sempre acaba mencionando o ambiente tóxico que precisou conviver em Chicago PD. Hoje, não é segredo para ninguém que a intérprete da detetive Erin Lindsay não concordava com os abusos verbais e insinuações sexuais que sofria nos bastidores da série policial.

Continua após publicidade

Ela chegou a expressar abertamente, pouco tempo depois que deixou a atração, sobre como o ambiente nos bastidores era agressivo, e que ela sofria abusos verbais constantes de um colega de elenco – que seria o ator Jason Beghe, intérprete do Sargento Hank Voight.

Continua após a publicidade

Mas agora, em uma recente live no seu Instagram, Sophia Bush acabou mencionando uma nova situação que precisou passar nos bastidores da série – enquanto ainda estava na primeira temporada da série. E isso a alerto sobre o local em que ela poderia estar “pisando” para trabalhar.

Continua após publicidade

Atriz entregou que diretor a queria ver nua

Sophia Bush sempre foi muito cautelosa ao fazer acusações. Até mesmo o caso envolvendo Jason Beghe, ela nunca chegou a “apontar o dedo” para ele publicamente. Embora, nos bastidores, é sabido que a NBC advertiu o ator, e o fez passar por um tratamento contra agressões verbais, para que ele se controlasse mais perante seus colegas de trabalho.

Agora, a atriz trouxe um novo detalhe sobre um comportamento tóxico que ela precisou enfrentar no começo da série. Ela relatou que um diretor de Chicago PD a pediu para ficar nua em uma cena, que não era pedido no script.

Continua após publicidade

“A pressão era grande. Na minha série Chicago, durante um crossover, e diante de toda a equipe, esse diretor chegou e disse, ‘não, agora você precisa ficar nua para isso’. E, além disso, essa questão não estava no roteiro. Ele queria me ver nua ali, sem que o texto pedisse. Nós argumentamos, diante de todo mundo”, contou ela. E continuou: “E sabe quem foi que me defendeu? Minha co-estrela, da série irmã, que disse, ‘f*da-se este cara. Eu tenho o dobro do seu tamanho, vou te cobrir e vamos estragar essa cena dele’”, entregou.

“Mas o que aconteceria se minha co-estrela não fosse legal? O que acontece quando uma mulher se recusa a fazer esse tipo de coisa? Não importa realmente nos bastidores, por que a cultura tóxica em relação as mulheres existe”, entregou ela.

Ator de Chicago Fire a defendeu

Sophia Bush falava de uma cena ainda na primeira temporada de Chicago PD, quando encontrou com Chicago Fire. E então, o ator Taylor Kinney, intérprete de Kelly Severide, a defendeu. Sophia Bush ainda afirmou que, desde o fim do primeiro ano da série, ela já sabia que queria deixar aquele ambiente, que a causou danos emocionais intensos.

Chicago Fire crossovers
Taylor Kinney defendeu Sophia Bush em abuso nos bastidores. Imagem: Divulgação/NBC/Universal

Anteriormente, a atriz disse que, por várias vezes, chegou até a chefia da produção – Dick Wolf – e também na liderança da emissora, e que expressou por várias vezes tudo o que acontecia, e que se o ambiente não mudasse, ela deixaria a atração. Seu “ultimato” foi no fim da terceira temporada. “Eu cheguei até eles e disse, eu darei mais um ano. Se isso não mudar, eu estarei deixando a série no final desta temporada”, e foi o que realmente aconteceu.

Parece que os bastidores de Chicago PD são bastante agitados, e certamente deve haver um ambiente tóxico em um local rodeado por homens. Não se sabe, no entanto, se o local melhorou, desde a saída e as exposições de Sophia Bush. 

O fim de Erin em Chicago PD

A última aparição de Sophia Bush foi no final da quarta temporada de Chicago PD. Sua personagem deixa Chicago e aceita um cargo em Nova Iorque, dentro do FBI. Sua personagem, basicamente, saiu sem de despedir dos colegas de trabalho, incluindo Jay Halstead – seu par romântico na atração. Na estreia da quinta temporada, passado alguns meses, os personagens já lidavam com o fato de Erin ter largado a inteligência.

Eu estava tão programada para ser uma boa menina e para ser um cavalo de trabalho. Sempre priorizei as necessidades da série ao invés da minha própria saúde”, refletiu Bush. “A verdade é que meu corpo estava aos pedaços e eu estava realmente muito infeliz”, ressaltou.

Além disso, Bush também revelou que um momento crucial para sua decisão foi quando um colega de elenco gritara com ela, em diversas ocasiões. Algumas delas, na frente de outros colegas, que acabaram “fingindo que não viram“. Portanto, “Ali eu vi que era um ambiente tóxico.”, completou.

E você, sente falta de Erin Lindsay na série? Deixe nos comentários e, igualmente, continue acompanhando todas as novidades do mundo das séries aqui no Mix de Séries.

  • Além disso, siga nossas Redes Sociais (InstagramTwitter, Facebook).
  • Baixe também nosso App Mix de Séries para Android no Google Play (Download aqui) e fique por dentro de todas as matérias do nosso site.