Crítica: 16×08 de Grey’s Anatomy teve Meredith lutando por sua carreira

Meredith lutou por sua carreira no 16x08 de Grey's Anatomy

Série celebrou 350 episódios

350 episódios depois e Grey’s Anatomy ainda consegue me fazer chorar.

Continua após a publicidade

Ainda estou arrepiada e emocionada com esse lindo episódio que comemorou uma marca tão importante para a série. Além disso, é oficial: Meredith Grey é a rainha, diva e my person. Minha e de todos nós! Vê-la no banco dos réus doeu tanto que é impossível explicar minha reação. No episódio, Meredith foi julgada por seus atos, e ela precisou se defender para que não perdesse sua licença médica e, assim, ficar impedida de continuar trabalhando.

Odiei aquela promotora e aqueles médicos julgando minha diva. Odiei ver Mer perdendo as estruturas e ter que assistir Bailey agindo como uma bitch. Entretanto, eu amei e muito ver Meredith Grey renascendo das cinzas e mostrando a brilhante médica que é. Os flashbacks foram tão certeiros que foi impossível não controlar o choro. Os roteiristas souberam escolher as melhores cenas que exaltaram o poder da Mer. E quando eu achava que não poderia chorar mais ainda, não é que Karev chega e esfrega na cara daqueles caras que Meredith Grey é extraordinária?

Surpresas agradáveis

Ver todos ex-pacientes de Mer foi lindo. Mais lindo ainda foi a carta que Cristina Yang escreveu. Eu sempre amei a amizade Yang – Grey e confesso que anseio pelo retorno de Cristina no seriado. Em contrapartida, não dá para negar que Karev vem fazendo um ótimo papel de substituto e a amizade Karev – Grey é uma das coisas mais lindas em Grey’s Anatomy.

É nítido que minha Mer ainda precisa amadurecer. A forma como ela tratou DeLucca foi bastante infantil e um pouco egoísta. Eu sei que num mundo perfeito, MerDer nasceram para ficarem juntos, porém Derek se foi e DeLucca é de longe o melhor pretendente da Meredith. A forma como a defende e demostra seu amor é linda.

Infelizmente, a atitude prematura de Mer fez com que DeLucca percebesse que ele sempre estará às sombras de Derek, ainda mais quando vimos uma Mer ainda de luto pela morte prematura do seu grande amor Derek. Trazer de volta o plot sobre a morte de Derek foi desnecessária, ainda mais quando os roteiristas decidem matar o médico responsável por toda a dor da nossa amada protagonista.

Grey’s Anatomy e seu poder de emocionar

Além disso, o episódio 16×08 foi bastante emotivo e tenso. A forma como Bailey tratou Mer me deixou bastante incomodada. De tantos médicos, Bailey foi uma verdadeira mentora para minha heroína, mas sua mágoa a impedia de ver o quão brilhante Meredith é. Ainda bem que Richard estava lá para mostrar isso.

Agora é momento de confessar o meu choque em saber que Mer só entrou no programa porque Richard mexeu os pauzinhos. Richard sempre foi um paizão para Mer e não seria num julgamento que isso mudaria. No entanto, ele mentiu por ela porque sabe muito quem ela é e isso é admirável.

E no meio de tantas emoções e tensões, Grey’s Anatomy decidiu brincar novamente com um casalzinho sem sal como Maggie e Jackson. O motivo deve ser um só: corrigir o erro em tornar Jackson insuportável. O problema é que o tiro saiu pela culatra e eu ainda não me importa com o drama dos dois.

O que mais me doeu foi ver meu Smith sofrendo por se sentir culpado por quase ferrar a Mer. Ele não merecia isso! Agora o que eu amei foi ver minha diva enfrentado o conselho e mostrando que é tudo menos extraordinária.

Semana que vem é o último episódio do ano e minha diva vai voltar a trabalhar no Grey Sloan Memorial Hospital!

 

Nota do Episódio10
10
Avatar

Gabriella Siggia

Quem eu sou? Eu sou uma em um milhão: escritora nas horas vagas, seriadora de coração, cinemática de plantão e amante da literatura. Divertida, alto astral e bastante bem humorada. Só não achei ainda minha outra pessoa. Ah, música faz parte da minha vida.

1 comment

Add yours

Post a new comment