Crítica: 1×04 de Defending Jacob mostrou as consequências das acusações

Critica Defending Jacob 1x04

Em seu quarto episódio, Defending Jacob mostra como Andy e Laurie estão lidando com as consequências das acusações de que seu filho possa ser um assassino, e como isso esta acabando com a família

Andy e Laurie tiveram suas vidas viradas de ponta cabeça em Defending Jacob, quando seu único filho se tornou o principal suspeito do assassinato de Ben. Porém, no episódio “Damage Control” (Controle de Dano), eles estão lidando com as consequências dessas investigações de formas diferentes.

O pai de Jacob acredita que seu filho é inocente. Já sua esposa possui muitas dúvidas. É inegável o desconforto de Laurie desde que veio à tona o histórico de violência na família de Andy – o avô de Jacob é um assassino – e levantou preocupações sobre o “gene de assassino” que pode prejudicar na defesa de Jacob. Com isso, eles possuem opiniões divergentes sobre como o caso vem sendo conduzido.

Andy continua sua investigação em busca de algo que possa ligar Leonard Patz com o crime, enquanto Laurie busca mais informações sobre William Barber, o pai de Andy. Será que essa divergência entre Andy e Laurie se tornará um problema para a defesa de Jacob?

O depoimento de Jacob não é consistente

Logo nos primeiros minutos do episódio de Defending Jacob, a advogada de Jacob faz um intenso interrogatório que deixa, não apenas o próprio Jacob, como também seus pais bem desconfortáveis. O depoimento de Jacob não é consistente, suas respostas deixam muitas brechas para mais perguntas. Com isso, sua advogada decide que colocar o filho de Andy para depor poderá ser um grande risco para defesa.

Continua após a publicidade

Novamente, não posso deixar de destacar a frieza de Jacob com tudo o que esta acontecendo em sua vida e na vida de seus pais. Como um adolescente de 15 anos pode ser tão imaturo e inocente, ao ponto de ver um de seus colegas morto, não pedir ajuda. Além disso, seguir para aula como se nada tivesse acontecido? Jacob também não lembra se reconheceu o corpo de Ben de longe ou se ele precisou se aproximar. Com isso, fica confuso com perguntas mais básicas, de como que ele não pediu ajuda assim que encontrou o corpo de Ben?

Assim, quanto mais perguntas Joanna fazia sobre essas inconsistências, mais deixava o filho de Andy irritado. Portanto, Jacob acaba acusando sua advogada de não confiar nele, no entanto, Joanna responde que o seu trabalho não é de confiar em Jacob, mas sim de inocentá-lo. 

Laurie começa a se afastar de sua família 

Laurie começa a sentir os efeitos que essas acusações estão trazendo para a sua vida. Ela vai até a porta de um evento onde sua presença era confirmada até pouco antes das acusações virem à tona, e fica vendo suas amigas de longe e sofre sozinha. A mãe de Jacob chega relatar esse incômodo para uma mulher que acaba de conhecer em uma lanchonete. É quando fala das dificuldades para lidar com os efeitos colaterais das acusações.

Igualmente, se compara ao marido dizendo que ele não entenderá os seus sentimentos de abandono por parte de seus amigos. Isso porque ele nunca teve um amigo verdadeiro. E esse momento deixa claro como Laurie está começando a se afastar de sua família. Sua necessidade de companhia é clara quando ela acaba confundindo tudo o que está borbulhando dentro de sua cabeça e acaba se abrindo para uma pessoa completamente estranha.

Então, quando ela descobre que essa mulher é uma repórter e que se aproximou de Laurie somente por interesse sobre o caso, a esposa de Andy perde completamente o controle e sai do local ainda mais chateada de que quando entrou. 

Andy continua sua busca por respostas paralelamente às investigações 

Imagem: Apple TV+/Divulgação

No tempo presente, continuamos a acompanhar o depoimento de Andy diante de um grande júri. O pai de Jacob é obrigado a revelar sobre seu pai, que era conhecido como o sangrento Billy Barber, e que foi condenado por estupro e assassinato. O promotor usa como prova o mesmo envelope que Laurie recebeu com as informações sobre o pai do Andy alguns meses antes. E, com isso, a série deixa mais uma pergunta solta no ar: no momento presente, será se Andy e Laurie estão em lados opostos no julgamento de Jacob?

Momentos antes, vemos que Andy continua sua busca, paralelamente às investigações, e vai até a casa de Matt que foi vítima de Leonardo Patz. Em seu depoimento, Matt diz ter sido assediado por Leonard na biblioteca. Porém, ele se recusa a falar com Andy sobre o caso e muito menos sobre o agressor. Ainda assim, fica bem evidente o desconforto do garoto ao ser questionado por Andy. Isso, certamente, deixou solto no ar se o abuso sexual realmente aconteceu, ou se pode ter sido uma armação. Com isso, Leonard pode realmente ser um inocente.

Eles precisam fazer o que for possível para defender o Jacob 

Mesmo contra a sua vontade, Andy terá que encontrar com seu pai na prisão. Laurie é informada de como as evidências genéticas podem reduzir a sentença de Jacob, caso ele venha ser considerado culpado. E que, além disso, precisa de uma amostra do pai de Andy. A médica revela que foi buscar uma amostra, no entanto, o avô de Jacob se recusou e disse que só irá colaborar se Andy fosse pedir pessoalmente. Ele nega logo de início, mas Laurie insiste para ele ir e diz que eles precisam fazer o que for possível para defender o Jacob. 

Enfim, o próximo episódio de ‘Defending Jacob’ será lançado na próxima sexta-feira pelo serviço de streaming Apple TV +, enquanto isso ficamos na ansiedade por respostas das perguntas deixadas em aberto. E vocês, o que acharam do episódio? Alguém arrisca alguma teoria ou possui algum palpite sobre o desenrolar desse caso?

Deixem nos comentários e vamos trocar uma ideia. Além disso, continuem acompanhando todas as novidades do mundo das séries aqui no Mix de Séries.

Nota do episódio8.5
"Crítica do "quarto" episódio da "primeira temporada" de "Defending Jacob, da "Apple TV+", intitulado "Damage Control".
8.5

No comments

Add yours