Crítica: 1×07 de Defending Jacob entrega o assassino, caminhando para o fim

Critica 1x07 Defeding Jacob

O julgamento começa em Defending Jacob, defesa e acusação expõem seus lados opostos, assim como os próprios pais de Jacob 

Em seu penúltimo episódio, “Job”, Defending Jacob encaminha sua história para a grande final. O julgamento traz à tona segredos de Jacob que o colocam ainda mais como o principal suspeito do crime, assim como coloca Andy e Laurie em lados opostos.

Mesmo que ambos amem seu filho incondicionalmente, Laurie acredita que seu filho é culpado, enquanto Andy ainda acredita que Jacob é inocente. E mesmo que todas as evidências apontem para Jacob como o verdadeiro culpado pelo assassinato de Ben, nos momentos finais do episódio, uma reviravolta inesperada acontece, e é revelado quem é o assassino.

Logo, podemos então confirmar que Jacob é inocente? Ou aquela cena final do episódio foi apenas um truque dos roteiristas para as reviravoltas que acontecerão no último episódio? Enquanto ainda não temos o desfecho dessa história, vamos analisar o que aconteceu no penúltimo episódio de Defending Jacob, que foi disponibilizado no último dia 22/05 pela plataforma Apple TV+.

Jacob tem todos os indícios de que é o verdadeiro assassino 

“Apple TV+/Divulgação”

Continua após a publicidade

Desde o primeiro episódio, Jacob tem demonstrado todos os indícios de que ele é realmente culpado. Primeiro, pela faca que “ele achou legal e comprou”. Depois, pelo fato dele ter encontrado o corpo de Ben e, além de não ter procurado por ajuda, ele foi para escola como se nada tivesse acontecido.

O filho de Andy ainda postou uma montagem de uma foto sua segurando um machado, frequentava um site “pornográfico”, onde são exibidos fotos de pessoas, literalmente, cortadas. Além disso, ele ainda postava textos nesse mesmo site, que são conhecidos como “Histórias de Job” (Job são as iniciais do seu nome – Jacob Owens Barber).

Jacob insiste que é inocente

Jacob já foi diagnosticado pela incapacidade de sentir empatia, e isso explica muito a sua frieza com relação ao caso. Igualmente, por tudo que ele e sua família estão passando. O filho de Laurie insiste que é inocente, e que não viu maldade nas postagens feitas. Ainda assim, ao analisar a história desde o começo, e se for confirmado que Jacob é realmente o culpado, isso não seria muito óbvio para o desfecho do caso? Confesso que aguardo uma reviravolta nessa final. Mesmo assim, acredito que algo ruim irá acontecer e que isso afetará toda família. 

Isso porque, precisamos levar em conta que a série é exibida em duas narrativas. Uma, enquanto a história é desenvolvida e a outra com Andy sendo questionado diante de um grande júri no momento atual. Sendo que, no momento atual, vemos um Andy bem abalado. E ele é questionado em alguns momentos sobre a audiência de seu filho. Logo, acredito que esse momento ele responde por algo que deu errado após o julgamento de Jacob.  

Jacob escreveu uma história fictícia ou uma confissão?

Como mencionei anteriormente, durante o julgamento foi revelado que Jacob frequenta a um tipo diferente de pornografia na internet. Andy ficou sabendo disso, porém, não questionou seu filho sobre o fato. Também não informou a Joanne para que ela pudesse preparar uma defesa, e muito menos informou sua esposa Laurie.

Mas, a verdade surgiu graças ao depoimento de um dos únicos amigos de Jacob, Derek Yoo, além dele confirmar que Jacob frequenta esses tipos de site, como também o filho de Laurie escreveu algumas histórias. Com isso, o que deixa todos intrigados, e Jacob ainda mais como culpado, é que três dias após o assassinato de Ben, ele posta uma de suas histórias. Aliás, ela foi lida por Derek durante o julgamento, e pelos detalhes dessa historia, muitos entendem que não se trata de uma ficção, e sim uma forma de confissão de Jacob do que realmente aconteceu.

Isso, sem dúvidas, deixa todos chocados – inclusive os pais de Ben e Laurie.

Andy e Laurie chegam ao limite  

Pelo fato de Andy ter escondido de sua esposa esse detalhe sobre Jacob, que veio a tona durante a audiência, Laurie questiona seu marido o que mais ele esconde dela. Eles discutem e não conseguem chegar a um comum acordo, já que ela esta certa de que seu filho cometeu o crime, enquanto Andy nega e ainda acredita na inocência do seu filho. 

“Apple TV+/Divulgação”

Já venho comentando nas minhas reviews anteriores de que Andy e Laurie estão caminhando para direções opostas. Será se a mãe de Jacob esta realmente certa, e seu filho será condenado? Isso explicaria as cenas do Andy prestando depoimento.

Estaria o filho de Billy sendo julgado por algum crime que ele cometeu? Não podemos esquecer que Andy jogou a faca de Jacob no lixo do seu vizinho, assim que ele ficou ciente da existência desse objeto em sua casa.

Leonard Patz confessa o crime ou estava sendo ameaçado?

Nos minutos finais, a advogada de defesa informa que foi emitido uma intimação para que Leonard Patz compareça para prestar depoimento sobre o caso. Logo, vemos a única cena em que o suspeito aparece durante o episódio. Sem nenhum diálogo, assistimos Leonard Patz, – que demonstra estar em uma situação bem desconfortável, completamente nervoso e molhado de suor. Ainda assim, ele começa a escrever, na própria intimação recebida, um pedido de desculpas para os pais da vítima e, com isso, Leonard Patz confessa que assassinou Ben.

Não acredito que os roteiristas de Defending Jacob entregariam o verdadeiro culpado assim de uma maneira simples. Fiquei me questionando se ele estaria realmente confessando o crime, ou se Leonard Patz poderia estar sendo coagido a confessar um crime que ele não cometeu?

O avô de Jacob diz que prisão não é local para seu neto

Pode não haver nenhuma ligação, mas ainda assim, precisamos prestar atenção no momento em que o avô de Jacob liga para Andy e pergunta se ele acredita no envolvimento de Leonard Patz no crime, e ele diz que eles precisam buscar mais a fundo sobre esse suspeito, já que prisão não é lugar para seu neto.

Igualmente, descobrimos também quem é o suspeito que vinha seguindo Andy e Laurie nos últimos dias. Ele é um antigo membro de uma gangue e que chegou a ser preso, no entanto, hoje em dia ele é contratado apenas para fazer pequenos serviços, o que deixa Andy e Laurie bem preocupados. Afinal, por que um ex-membro de uma gangue estaria seguindo sua família, ainda mais com tudo o que esta acontecendo com eles nesse momento?

“Apple TV+/Divulgação”

Seria ele um informante contratado de Billy Barber? Vou inclusive arriscar um palpite, e dizer que Leonardo Patz não estaria sozinho nos segundos finais do episódio. Isso explicaria a expressão de desespero do suspeito na cena final. Lembrando que não li o livro, e que é apenas uma teoria da minha imaginação. 

Enfim, na minha opinião esse foi um excelente episódio, tenso do inicio ao fim, e estou muito ansioso para a conclusão dessa história. E vocês, por favor, comentem aqui embaixo quais são as suas teorias para o último capítulo e o desfecho dessa historia de Defending Jacob. E continuem acompanhando aqui no Mix de Séries todas as novidades dos seus seriados favoritos.

  • Além disso, siga nossas Redes Sociais (Instagram, Twitter, Facebook).
  • Baixe também nosso App Mix de Séries para Android no Google Play (Download aqui) e fique por dentro de todas as matérias do nosso site.
Nota do episódio9
"Crítica do “sétimo” episódio da "primeira temporada" de "Defending Jacob, da "Apple TV+", intitulado “Job”.
9

1 comment

Add yours
  1. Avatar
    Júlia 30 Maio, 2020 at 02:28 Responder

    Alerta de spoiler 1×8. Parabéns pela matéria bem escrita. Eu gostei do final, achei que os roteiristas foram felizes ao arriscarem um desfecho aberto à interpretações, o que já diferencia essa série de várias outras do mesmo estilo. Me lembrou Dom Casmurro onde não temos a elucidação do fato que é suposto na trama. O nome da série ”Em defesa de Jacob” faz jus ao que é apresentado, a defesa do garoto, agora se ele é inocente ou não, ai já é outra história. De um lado temos provas diretas da culpa de Jacob, do outro sua palavra alegando inocência e de sua família que o defende. Creio que o mais importante nesse caso não é saber quem é o autor do crime, mas sim acompanhar as consequências sofridas pelos implicados (culpados ou não). Então temos a dor dos pais que tiveram o filho assassinado (que cena forte a da mãe espremendo os cacos de vidro nas mãos), dos pais do acusado, que são excluídos do convívio social, julgados e extremamente abalados psicologicamente (especialmente Laurie). Realmente, o único que parece não sofrer muito as consequencias de tudo isso até o desfecho da série é Jacob, que relativamente vive normalmente após o pagamento da fiança; continua tendo aulas escolares, recebe visitas da amiga, joga video game e acessa as redes sociais. A cena em que Andy conversa com o pai na prisão neste último episódio onde escuta a frase ”Você quer ser um bom homem ou quer ser um bom pai ? Eu não fui nenhum dos dois” foi o ponto alto do episódio para mim, o diálogo icônico já valeu a série inteira. Achei interessante a escolha da paleta de cores durante a viagem ao México, estava esperando como de praxe tons quentes mas fui surpreendida pelo gélido cinza, o que já dava um prelúdio do drama que viria a seguir, com a suspeita do assassinato de Hope (que afinal, não ocorreu, ufa). A série cumpriu o que se propôs e trouxe momentos de drama e tensão genuínos. Saiu do conforto e se arriscou num final ambíguo, mas muito perspicaz. A atuação desse elenco de peso não deixou a desejar. Uma das melhores séries do ano pra mim !

Post a new comment