Crítica: 3ª temporada de A Million Little Things terminou violenta

3x17/18 têm Eddie e Katherine entrando em um acordo, enquanto Rome impede Tyrell de cometer uma loucura.

Crítica A Million Little Things 3x17

Em um episódio duplo, “Justice Parte I e II“, A Million Little Things encerrou sua terceira temporada de uma forma violenta. “Fazer justiça com as próprias mãos”, posso dizer que foi a frase que inspirou o criador da série, DJ Nash, e seus roteiristas para finalizar essa temporada.

Continua após publicidade

Não foi um ano fácil para ninguém, devido à situação que o mundo se encontra, e que refletiu muito na vida de nossos amigos de Boston. E podemos imaginar que vai influenciar, ainda mais, na próxima temporada. Isso porque Gina, Eddie, Katherine, Delilah, Sophie, Darcy e Gary tomaram decisões importantes e que veremos as consequências no quarto ano. 

Continua após a publicidade

Aliás, a rede americana ABC encomendou 20 episódios para a quarta temporada de A Million Little Things. Será a mais longa de todas, já que a primeira teve 19 capítulos, a segunda 18, e essa terceira 18. Vamos então comentar esse episódio duplo?

Continua após publicidade

Tyrell descobriu o motivo que levou sua mãe a ser deportada em A Million Little Things

Imagem: ABC/Divulgação

Gina e Rome merecem uma vitória em A Million Little Things, assim como Tyrell também merece. Primeiro, eles perderam o bebê que iriam adotar, depois o filme de Rome foi cancelado, assim como a decisão de Gina de fechar o restaurante, após ter ficado com uma sequela do incidente que sofreu no protesto. 

Igualmente, sabemos que a mãe de Tyrell foi deportada e, nesse episódio, descobrimos o motivo. Tyrell descobriu que um amigo de sua mãe conseguiu a vaga de supervisor, uma vaga que a mãe de Tyrell tanto queria. Com isso, ele acredita que esse tal amigo foi o responsável pelo que aconteceu com sua mãe. Logo, Tyrell decide tirar isso a limpo, mas Rome vai atrás para impedi-lo de cometer uma loucura.

Continua após publicidade

Tyrell se decepciona 

No entanto, o filho adotivo de Rome e Gina se decepciona ao descobrir que sua mãe foi presa. Na verdade, por ter dirigido em alta velocidade e sem habilitação. Isso porque ela estava tentando chegar a tempo para entregar a documentação de Tyrell, para o curso de verão que ele tanto queria. 

Assim, Rome e Tyrell tem um momento pai e filho e, realmente, torço para que ele seja adotado definitivamente. Ainda mais após o discurso de agradecimento que Tyrell faz para Gina, em sua última noite no restaurante. 

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!

Theo se queima enquanto passa o dia com a mãe 

O divórcio entre Katherine e Eddie ganhou mais drama nesses momentos finais. Theo se queima, enquanto passa o dia com a mãe, e o advogado de Eddie pede para ele usar as fotos ao seu favor na disputa pela custódia de seu filho. 

No entanto, Eddie toma uma decisão madura, propõe Katherine a custódia compartilhada, contanto que ele faça um teste de drogas semanalmente. Caso ele não cumpra, Katherine terá a custódia completa de Theo.

Danny confronta Eddie…

Um pouco antes, Eddie passa o dia com Charlie e Danny e, pela primeira vez, Danny confronta Eddie sobre o caso que ele teve com sua mãe lá na primeira temporada. Novamente, Eddie tem uma atitude madura e tudo fica bem entre ele e Danny – inclusive, ele ensina o filho de Delilah a se barbear pela primeira vez. 

Portanto, não posso afirmar se Eddie continuará tomando outras atitudes maduras, ainda mais após ele ter recebido a ligação de uma mulher confessando que foi a pessoa que o atropelou e o deixou na cadeira de rodas. Será que ele terá uma recaída novamente? Se sim, ele perderá a guarda de Theo? Vamos precisar aguardar a próxima temporada para saber. 

Katherine pede Alan para ajudar Gina a sair do contrato para fechar o restaurante

Tudo indica que a mãe de Theo terá a felicidade que tanto merece na próxima temporada. E espero que seja com Alan, já que existe uma conexão boa entre eles. Inclusive, Katherine pede Alan para ajudar Gina a sair do contrato, assim, ela poderá fechar o restaurante sem perder o dinheiro que foi investido. 

E temos um momento raro na série entre Gina e Katherine. Um momento entre elas como amigas, dizendo o quanto se amam e que elas vão superar esse ano difícil. Na verdade, torço para que esse ano difícil seja superado por todos nós. Igualmente, anseio para ver mais momentos entre Katherine e Gina juntas. 

Delilah volta decidida a mudar 

Imagem: ABC/Divulgação.

Delilah passou a temporada toda na França, e não estava ao lado da filha quando Sophie sofreu o abuso de seu professor de música. Assim como ela não estava presente quando Danny estava sendo pressionado se deveria se assumir gay para seus amigos da escola. 

Delilah voltou nesse último capítulo e volta trazendo lembranças de seu falecido marido Jon. Além disso, ela traz uma notícia que mexe com todos de uma forma negativa: Delilah quer mudar de vez para França e levar Sophie, Danny e Charlie com ela. 

Todos ficam contra essa ideia, mas Delilah revela que na França ela estava feliz, não era julgada por ser a viúva ou a esposa infiel do marido que se suicidou. Ela se sentiu feliz novamente após muitos anos e quer a família ao lado dela. Danny e Sophie dizem que não vão mudar, assim como Gary e Eddie acreditam que é uma decisão muito egoísta da amiga. 

Sophie vai até a polícia denunciar Peter

Imagem: ABC/Divulgação

O maior desfecho que todos estávamos esperando nessa temporada era que Sophie recebesse a justiça que ela merece, depois que sofreu o abuso de seu professor de música. A irmã de Danny decide então ir até a polícia fazer a denúncia. Porém, ela não recebe da justiça o que foi buscar e, infelizmente, sem uma prova concreta, a polícia não pode abrir um caso contra Peter.

Maggie, praticamente, foi a psicóloga/amiga que deu todo suporte que Sophie precisou nesses últimos meses. E ela acompanhou a filha de Delilah desde o dia que ela revelou que foi abusada, até o dia que a irmã de Danny decide ir até a polícia. Além de fazer Sophie entender que ela não tem culpa nenhuma no abuso que sofreu, Maggie ajuda a filha de Delilah a enfrentar esse trauma e a continuar batalhando pelo seu sonho. 

Sophie tem uma conversa com Gina, que também foi abusada por um tio na infância, mas que não teve a coragem de denunciar seu agressor. E a esposa de Rome agradece pela coragem da filha de Jon. Após descobrir que a polícia não pode ajudá-la, Sophie vai até Maggie e diz que quer contar a história de seu abuso no podcast da psicóloga. Assim, ela descreve como aconteceu, revela o nome de Peter e diz que ele não vai tirar seu sonho de entrar na faculdade de música. 

Gary se culpa pelo que aconteceu com Sophie… 

Darcy confirma que irá se mudar para Lenox, uma cidade há duas horas de Boston. Gary, em primeiro momento, diz que eles vão conseguir manter o relacionamento à distância. Logo depois, ele tem uma conversa com Maggie, que foi a personagem que mais evoluiu nessa temporada e se mostrou a mulher profissional e madura que ela é.

Com isso, Gary então decide se mudar com Darcy, comprar uma casa juntos na nova cidade, planejar o futuro deles e, claro, Gary revela que quer construir uma família ao lado de Darcy e ter um filho. No entanto, a amiga de Katherine revela que não quer ter outro filho, o que deixa Gary muito decepcionado. 

Gary foi muito pressionado nesses últimos dias, ele se culpa pelo que aconteceu com Sophie. Também, ao tentar ajudar Eddie e Katherine, ele prejudica seu relacionamento com Darcy. Portanto, após Sophie não receber a justiça que ela merecia, ele toma uma decisão que mudará, por completo, o Gary que conhecemos nessas três temporadas da série. 

E ele diz que Delilah não merece ser feliz 

Após descobrir que Delilah quer mudar para França com os filhos, Gary tem uma discussão com sua amiga. Ela revela que Jon era seu mundo e ele a deixou sozinha. Pelo fato de Delilah ter traído Jon com Eddie, ela não pôde sentir o luto por ter ficado viúva, e Delilah revela que na França ela é feliz. Porém, Gary diz que Delilah talvez não mereça ser feliz. 

Então, Gary planeja um álibi perfeito para sua noite. Primeiro, ele vai visitar seu pai e pede desculpas por ter mudado seu nome de Javier Junior para Gary Mendez. Seu pai, com toda sensatez, diz que nos Estados Unidos a vida é mais fácil como Gary e que seu filho não precisa se desculpar por nada. 

Logo, Gary pede para que seu pai seja seu álibi e que confirme que seu filho passou a noite com ele, já que Gary tem algo importante para resolver naquela mesma noite. Assim, nos minutos finais dessa temporada, Gary decide buscar justiça pela filha de seu falecido amigo, Jon, com as próprias mãos. Ele vai até a casa do professor de Sophie e, sem Peter perceber, coloca um saco na cabeça dele, o joga para dentro de casa e fecha a porta. 

O que esperar da quarta temporada de A Million Little Things 

Se Gary não matar Peter, pela reação do namorado de Darcy nos momentos finais, o professor de Sophie deverá ficar com alguma sequela e, provavelmente, deverá ir atrás de seu agressor. Gary tem seu álibi, porém Sophie revelou o nome de Peter no podcast de Maggie, logo, ele deverá culpar Sophie por sua agressão.

Se Delilah não mudar com seus filhos para França, será que veremos acontecer algo entre ela e Eddie, novamente, já que agora ambos estão solteiros?

Cabe ainda acrescentar que Danny revelou para sua mãe que está apaixonado por Milo, seu amigo da escola. Se ele continuar em Boston, provavelmente, veremos o irmão de Sophie em sua primeira relação séria. 

Além disso, será que Katherine e Alan vão se tornar um casal? E como será o recomeço para Gina? Agora que ela fechou seu restaurante.

E será que ela e Rome vão adotar Tyrell em definitivo? E o que acontecerá com Gary? Um pouco antes dele atacar Peter, Darcy deixou um recado dizendo que pensou na conversa que eles tiveram sobre ter filhos. Logo, isso quer dizer que Gary irá se mudar com Darcy? Ou sera tarde demais?

E o que será que os roteiristas estão planejando para Maggie? A psicóloga foi a que mais evoluiu de todos os personagens.

Enfim, vamos precisar aguardar os novos episódios da quarta temporada para saber essas respostas.

E o que você achou desses últimos episódios de A Million Little Things? Deixe nos comentários e, igualmente, continue acompanhando as novidades do Mix de Séries.

REVER GERAL
Nota do episodio