Crítica: 3×05 de Killing Eve falou sobre família

Critica Killing Eve 3x05

Killing Eve focando na família de Villanelle

Depois de um episódio claro e objetivo, Killing Eve dedicou todo o seu novo episódio para Villanelle e o resultado não foi nada decepcionante.

There’s no place like home

Abrimos o episódio com a continuação de Villanelle chegando na cidade em que sua família mora. Villanelle contempla as fotos de família, sem ela, e fica imaginando como a vida dela poderia ter sido diferente.

Toda a cena é interessante, e conhecendo Villanelle, nós sabemos que ela não está com os sentimentos feridos e, sim, brava como uma criança que não foi convidada para brincar.

A grande família

A primeira aparição da família não deixa dúvidas de que Villanelle está na casa certa. O irmão mais velho, Fedya e sua esposa, formando uma versão Russa de um casal direto de uma sitcom. O gêmeo de Villanelle, Pyort, que compartilha alguns traços de personalidade com Villanelle e uma enorme vontade de agradar, o que causa algumas cenas engraçadas durante o episódio. E o irmão mais novo, Bor’ka, um menino fã do Elton John, junto da mãe e o padrasto formam uma família peculiar.

Continua após a publicidade

Pessoalmente, todos os membros da família me agradaram e o fato de que todos são personagens completamente desenvolvidos e com suas tramas pessoais é um sinal do bom roteiro que Killing Eve sabe entregar.

Também tivemos Villanelle surtando antes de encontrar com a sua mãe, mostrando outro lado da personagem que não vemos muito.

Toda família tem problemas

Considerando o passado de Villanelle com sua família, algumas peças estão faltando. A primeira é o pai que ninguém da família fala sobre e ela não entende o motivo. A curiosidade de Villanelle é válida, por sempre buscar aprovação. É natural que ela queria saber o que aconteceu com a única pessoa que aprovava as ações dela.

A cena em que Fedya revela ser terraplanista e acreditar que o homem não pisou na lua é uma pérola na série, principalmente com a reação de Villanelle.

Festival da colheita

Durante o festival, temos mais exemplos de como a família de Villanelle é estranha e a própria Villanelle mostra seu lado “infantil”, durante o jogo dos copos e no lançamento de discos.

O irmão mais novo também ganhou mais tempo de tela, com sua tentativa de vencer o concurso culinário e assim ter dinheiro o suficiente para ver um show do Elton John, mas ele acaba perdendo e vemos o lado que Villanelle está interessada.

O festival é algo mais leve, porém sabíamos que essa felicidade não iria durar o episódio inteiro.

Amor de mãe?

Depois do festival, a mãe de Villanelle diz que ela precisa ir embora. E as duas começam uma discussão expondo verdades sobre o que uma acha da outra. Villanelle fica decepcionada com o fato da mãe não abraçar seu lado “sombrio” e não assumir que também é uma pessoa ruim como ela. Já a mãe ficou com medo de Villanelle e do que ela pode fazer, pois sabe que sempre teve alguma coisa errada com ela. No fim, Villanelle decide matar toda a família.

A cena é o ponto alto do episódio, Villanelle confrontando os seus sentimentos pela primeira vez e ouvindo de uma pessoa que ela se importa, de certa forma, que têm medo dela. Mas a melhor parte foi Villanelle decidindo matar todo mundo. Ela é uma psicopata, e só matou eles porque sabia que as coisas não iria acontecer da maneira que ela imaginou e isso não seria conveniente.

Porém, ela salva o irmão mais novo por se ver nele, sendo esse provavelmente o único momento em que ela genuinamente se importou com outra pessoa. Além disso, o irmão gêmeo sobreviveu a explosão por dormir no celeiro.

De volta para casa

Durante a última cena, vemos como tudo afetou Villanelle, com ela claramente abalada e a beira de lágrimas. E, além disso, toda essa experiência pode mudar algumas decisões dela no futuro.

Obs.: Villanelle tentando se encaixar durante várias cenas foi algo que me deixou de certa forma triste. Principalmente na cena em que toda a família está dançando.

Vocês acham que toda essa experiência vai mudar Villanelle? Deixem nos comentários. Além disso, acompanhem a TAG de Killing Eve aqui no Mix de Séries para saber de todas as novidades.

Abaixo, o vídeo do promocional do próximo episódio.

Nota do episódio8
Crítica do quinto episódio da terceira temporada de Killing Eve, exibido nos Estados Unidos pela BBC America e intitulado Are You From Pinner?.
8
Avatar

Leonardo Souza

Séries, animes e cartoons.

No comments

Add yours