Crítica: 3×18 de The Resident assustou com chocante final

Critica The Resident 3x18

The Resident deu destaque para personagem, mas acabou surpreendendo no final

The Resident gosta de ousar. Se tem uma série médica que não tem medo de inovar em suas tramas, certamente é esta.

O décimo oitavo episódio da terceira temporada, “So Long, Dawn Long”, começou como qualquer outro e em sua maior parte foi também como qualquer outro. No entanto, seu final foi impactante e surpreendente.

O pior de tudo: é que casa com o momento aterrorizante que estamos vivendo aqui no mundo real.

Continua após a publicidade

Destaque para a Dra. Voss

Esse episódio passou quase que toda a trama dando destaque para a Dra. Voss. Mas ela surgiu não como médica principal do caso, mas sim a partir de sua ligação com um paciente. Acontece que sua filha e o marido chegam ao hospital para que o rapaz fosse examinado. Enquanto Conrad notou que o caso poderia ser grave, Kit exerceu o papel de mãe para acalmá-los.

A filha dela, Molly, tem problemas de ansiedade e a situação poderia se agravar ainda mais – principalmente porque o casal parecia ter tido problemas anteriormente. Enquanto Molly mostrava-se agitada, por ser estudante de medicina e entender algumas coisas, Voss tentou ao máximo protegê-los. Só que essa proteção excessiva não foi bem aceita pela filha. A questão também atingiu ao posicionamento de Conrad que por hora se sentiu incomodado com as atitudes de Kit, embora compreendesse sua preocupação.

Logo depois, o diagnóstico do rapaz veio e o pior se concretizou: ele estava com câncer no pulmão. A notícia caiu como uma bomba e certamente vai impactar a dinâmica do casal – que, creio eu, continuará nos próximos episódios. Gosto da ideia porque eu realmente acho a Dra. Voss uma ótima personagem, mas infelizmente mal utilizada na série. No começo da temporada achei que ela fosse parar a Red Rock, mas essa trama dela ir atrás da empresa foi esquecida e deixada de lado. Uma pena.

Ótima dinâmica

Adoro a ligação que o Dr. Bell e o Raptor tem em The Resident. Os dois são excelentes médicos, e Randolph evoluiu muito desde a primeira temporada (talvez eu falei isso em toda resenha. Mas é a verdade). O caso do jogador de futebol, operado por AJ e, posteriormente, assistido por Bell, foi ótimo. Serviu para explorar ainda a incrível dinâmica dos personagens, e gostaria muito que eles tivessem mais momentos assim. Acho que a trama da série só teria a ganhar.

Por falar em Bell, ele está envolvido com o lance de ser “médico da TV”. É uma veia legal de se explorar, mas acredito que poderiam ter usado outro personagem para isso. É que está ficando um pouco cansativo utilizarem Bell para essas narrativas paralelas, como foi o caso do produto para emagrecer.

Um vírus letal chega ao hospital

Mas um dos momentos mais incríveis do episódio se deu no final. O que foi aquilo, minha gente? Pura tensão! Tudo por conta de um vírus que chegou ao hospital – mais propriamente uma bactéria, que se desenvolveu pelo tempo que a paciente Dawn ficou internada no hospital, desnecessariamente, em coma.

A paciente, na verdade, foi torturada por Caim. E tudo isso para que ela gerasse mais lucro para eles através de seguros e planos.

A mulher morreu e, quando ele achou que o único problema teria sido ela morrer antes do prazo para ele receber o dinheiro, ele percebeu que o quarto poderia estar todo infectado com o vírus. Só que ele chegou lá tarde demais: o quarto já havia sido limpo, e as pessoas estavam retirando aparelhos de lá, assim como utensílios.

Gente do céu, que nervoso. Pior de tudo foi ver como um vírus poderia ser transmitido de forma invisível, se assemelhando e muito com toda a situação que estamos vivendo na vida real agora com o Covid-19.

Eu estou bem ansioso – e preocupado – sobre o que poderá acontecer no hospital. Só sei que coisa boa não deve ser.

E você, o que achou do episódio? Deixe nos comentários. Além disso, siga a TAG de The Resident aqui no Mix de Séries e saiba todas as novidades da série.

Abaixo, o vídeo promocional do próximo episódio.

 

Nota do episódio10
Crítica do décimo oitavo episódio da terceira temporada de The Resident, intitulado "So Long, Dawn Long", exibido nos EUA pelo canal FOX.
10
Anderson Narciso

Anderson Narciso

Mestre em História, criador de conteúdo, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias e resenha séries semanalmente.

1 comment

Add yours
  1. Avatar
    maria 28 março, 2020 at 20:17 Responder

    a dupla tem que continuar conrad tem que casar com nick ser felizes terem filhos vai ficar com mais sabor depois o pai de conrad colocar ele e os outros residentes no outro hospital a trama sera mais ainda maravilhosa

Post a new comment