Crítica: 4×03 de The Good Doctor imaginou futuras realidades

Crítica The Good Doctor 4x03

Com termos técnicos, o episódio de The Good Doctor desenvolveu novos personagens

O terceiro episódio da quarta temporada de The Good Doctor já começa com uma explicação. A série fez seu especial sobre o Coronavírus e está encerrado. De agora em diante, teremos o mundo pós-pandêmico que tanto sonhamos. Ainda que de forma extremamente técnica, o episódio trouxe excelentes discussões. Acredito que foi o episódio onde mais se imergiu dentro do âmbito da saúde durante seus diálogos. Ainda assim, ele traz um novo desafio e milhares de questionamentos sobre como a série vai se desenvolver daqui para frente.

Continua após as recomendações

Primeiro, vamos falar um pouco sobre a introdução de novos residentes para a série. Já era de se esperar que esse momento chegaria. O que não sabíamos era como The Good Doctor iria abordar essa situação. Em diversas séries, podemos observar a constante mudança no elenco devido ao período fixo de um programa de residência médica. Mesmo que de forma sutil, temos um projeto de introdução a longo prazo. Como se a série ganhasse um reboot e estivéssemos no piloto, buscando se identificar com cada nova personalidade inserida.

Navegando entre possíveis sucessos e indiferenças…

Os novos personagens trazem peculiaridades interessantes. Conseguiram trazer a tela seis personalidades completamente distintas e que se identificam com os telespectadores. Como o jogo de “quem serão os escolhidos” foi mudando durante o episódio, eu particularmente não sabia o que iria acontecer. Parte de mim passou os minutos finais odiando essa incerteza e com receio de ter me identificado com personagens que não fariam tanta diferença assim. No fim, eu achei a escolha extremamente plausível e com possibilidades de crescimento.

Continua após a publicidade

Imagem: ABC/Divulgação

Todos potenciais vão aperfeiçoando com o tempo!

Asher, Olivia, Enrique e Jordan trouxeram importantes discussões e desconstruções sociais durante o episódio. Com Asher, provavelmente veremos a ambição tomar conta da tela, como ele bem já mostrou neste episódio. Talvez um novo discípulo para Reznick no futuro, caso ela volte para a cirurgia.

Com Olivia, veremos crescimento, o mundo das inseguranças de um recém-formado que tem o potencial necessário para um brilhante futuro. Ainda poderemos ver a pressão social por ter pais tão ligados a área cirúrgica e igualmente influentes.

Com Enrique, veremos uma descaracterização do médico engravatado que muito se discute por aí. Sua filosofia da prática como forma de conhecimento vem sendo cada vez mais difundida, aceita e debatida. Tende a ser um personagem muito importante para o futuro da série.

Jordan é um ensinamento em diversas formas. Primeiro, por sua opinião forte e direta, sem se amedrontar ou preocupar com as consequências. Segundo, por uma possível desconstrução que veremos de seus princípios enraizados e imutáveis. Ela trouxe um excelente discurso relacionado a avaliação de estética realizada pela equipe médica masculina. Ao mesmo tempo, foi muito bem criticada por sua hipocrisia de não se apegar em aparências e ir extremamente bem vestida no seu primeiro dia. Acho que é uma ponta que ainda veremos muito por aqui como forma de crítica e aprendizado.

Frustração

Que Reznick não está aceitando facilmente sua mudança, todos podemos perceber. Mesmo que a série coloque a personagem definitivamente na clínica médica, a cirurgia sempre será sua eterna paixão. Isso pode ser extremamente positivo para a personagem.

Por sua característica de determinação e coragem, sabemos que ela pode muito bem utilizar todo o potencial a seu favor. Espero ver cada vez mais dela em cena, pois tem sido um desenvolvimento de personagem muito interessante. Por outro lado, a tentativa de colocar Claire como boss bitch não tem funcionado tanto.

Ressaltando a Dra. Lim

Por fim, vamos enaltecer um pouco da genialidade por traz de Audrey Lim. A médica tem se tornado cada ano que passa mais essencial para esta série. Começou devagar nas primeiras temporadas e ganhou tanta representação dentro do programa… Sua forma de testar os residentes foi muito bem calculada e demonstrou extremo domínio dentro do processo de lecionar, que não é tão simples assim na prática médica para quem conhece.

Inclusive este domínio será de extrema importância na próxima semana quando a presença dos novos residentes trará certas lembranças de como é errar logo no começo. Segue a promo para vocês entenderem melhor o que estou falando…

E você, o que achou do episódio? Deixe nos comentários e, igualmente, continue acompanhando as novidades aqui no Mix de Séries.

  • Além disso, siga nossas Redes Sociais (InstagramTwitter, Facebook).
  • Baixe também nosso App Mix de Séries para Android no Google Play (Download aqui) e fique por dentro de todas as matérias do nosso site.
Nota do Episódio8.5
Review do terceiro episódio da quarta temporada de The Good Doctor, da ABC, intitulado "Newbies" e que apresenta novos residentes.
8.5

Nenhum comentário

Adicione o seu