Crítica: Chicago Med 3×10 finalmente acha a emoção perdida.

Imagem: NBC/Divulgação
Imagem: NBC/Divulgação

Apareceu a Margarida!

Finalmente! Essa foi a minha sensação ao assistir episódio 3×10 de Chicago Med. Os produtores conseguiram acertar com um episódio cheio de emoção e reviravoltas, com quatro histórias de enredo. Med mostrou que, muitas vezes, o passado acaba nos pegando e nos dando uma rasteira.

Continua após publicidade

Fiquei com peninha da Maggie e do Barry, parecia que ele gosta mesmo dela, mas como mentira tem perna curta, uma boa ação custou o relacionamento deles. Não achei errado a questão dele mudar de nome, mas devia ter contado para a esposa, né? Pô, Barry. Você foi o herói do episodio, mas que mancada feia. Espero que as acusações não dêem em nada, mas reconquistar a Maggie não será fácil.

Continua após a publicidade

Dr. Rodo, digo, Rhodes, o mais novo garanhão da madrugada, está brincando com fogo. Tudo bem que a rapidinha dele salvou a vida da moça, mas aquele abraço do marido dela foi, no mínimo, bem embaraçoso, não? Não que a dr.ª do sotaque não tenha se divertido. Se ela adora uma fofoca, imagina nós? Pega mais que ta pouco, Connor!

Continua após publicidade

Natty finalmente arrumou briga por uma coisa que valeu a pena. Como assim uma menininha de 14 anos casada com um homem daquele? E que se diz Reverendo? Só pode estar de brincadeira comigo. No final achei que a garota fez a escolha certa. A única maneira de se livrar daquele encosto era fazendo a histerectomia mesmo. Pelo menos câncer de colo de útero ela não vai ter mais, nem aquele marido nojento!

Continua após publicidade

Reese brincando de revoltada!

Dr. Charles acabou criando um monstro. Reese pirou na batatinha e resolveu enfiar a faca na mão do paciente. Onde que eu faria aquilo, gente? Nunca, né. Doidassa. Pensa só se aquele cara enfia a faca no pescoço dela? Eu fiquei o tempo todo pensando: “mata, mata.” (tô rindo, mas sei que é errado). Mas já estava na hora de dar uma sacudida nessa série.

Bem, pelo menos Chicago Med voltou com um episódio bom. Espero em Deus que continue assim, já deu aquela chatice de sempre. A One Chicago merece mais, e nós também!

E vocês? O que acharam do episódio? Deixem seus comentários e até semana que vem, povo!