Crítica: Chicago Med retorna com respostas no episódio 4×01

Imagem: NBC/Divulgação

Continua após as recomendações

O episódio 4×01 de Chicago Med, Be My Better Half, trouxe mudanças e respostas que há muito esperávamos.

Com um primeiro episódio até melhor e mais dinâmico, podemos ver a chegada dos novos internos e, para dizer a verdade,  já tomei ranço da loirinha novata, srt.ª Curry. A primeira fala dela já me irritou, e na hora do atendimento com a irmã do Choi? O que foi aquilo, gente? Eu cheguei a gritar para mim mesma: “o que essa menina tá fazendo aí?“. Tomara que ela aprenda a humildade necessária para o trabalho, não é mesmo?

Mas vamos ao que interessa, Naty, finalmente, descobrindo que o mundo não gira em torno dela (aleluia!). Quando eu vi o tanto que ela estava desfazendo do Will e da questão do casamento,  logo pensei, “Eita, ai vai ter“. Mas vimos que a personagem está crescendo e amadurecendo. Fiquei muito satisfeita com o final da conversa dele e as decisões tomadas. Acredito que esse romance agora engata de vez.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

April, como sempre, mostrando que gosta de ser do contra. Quando o Choi queria que ela ajudasse a cunhada, ela resistia, mas quando ele se vira contra a irmã, ela logo entra em cena. Decida-se, amiga. Espero que, assim como a Naty, a personagem também amadureça e reveja alguns de seus julgamentos e pré-conceitos. Os caras são médicos e enfermeiros, pelo amor de Deus, essas historinhas de briga colegial já deu.

Despedida marcou o episódio… 

A saída da Reese me deixou chateada, mas não me surpreendeu. A personagem já estava muito desgastada. Aquela historinha do pai dela ser um serial killer foi bem forçada. E pior, pegar o Charles, um médico com toda a ética possível e imaginável, e colocar numa situação de quase deixar o cara morrer?

Não engoli essa ainda, mas aquele encontro no final do episódio entre o Charles e o dito cujo naquela cama de hospital da penitenciária deixou algo no ar. Eu fiquei com a impressão que vão tentar pintar o Charles como um “psicopata funcional”, não sei, pode ser que seja viagem minha. Mas que seria ainda mais forçado, ah seria, não acham? Claro que estou só especulando.

Afinal, o que aconteceu com Ava?

Imagem: NBC/Divulgação

Ava conseguiu os fundos para o novo projeto do Connor e evitou que ele fosse para Mayo, mas a custo de quê? Ficou meio implícito que ela estava dando em cima do pai dele pela grana, um ato meio desesperado, em minha humilde opinião, o que mostrou que ela é capaz de mais coisa do que imaginamos.

Será que ela realmente foi tão longe para mantê-lo por perto? E o que podemos esperar disso quando o Connor descobrir? Até hoje não entendi muito bem a relação do Connor com o pai, mas acredito que a bagagem que os separa não é coisa boa.

Já a Godwin parece ter arrumado uma inimiga a sua altura. Quando a nova administradora foi introduzida no 3×20 eu já percebi que ela estava ali para dificultar as coisas. Mas, pelas reações deste episódio, acredito que não é só isso. Ela deixou claro que não gosta de ser contrariada, e o pobre Troll vai pagar o preço, pelo jeito.

Ah, meus caros amigos, só descobriremos nos próximos capítulos dessa “novela”. E já estamos ansiosos por eles, não é mesmo?

Continua após a publicidade

Chicago Med retornou com um episódio até melhor do que muitos da temporada anterior. Esperamos que isso se mantenha e que aqueles episódios sem noção e fracos sejam coisa do passado. E vocês? O que acharam? Deixem sua opinião e fiquem com a promo do Crossover que vem por aí.

Até semana que vem, povo!

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=dxY_AWPHAK0[/youtube]

2 comentários

Adicione o seu
  1. Avatar
    Dheo 1 outubro, 2018 at 10:20 Responder

    Adoro a série e gostei do episódio inicial da temporada atual, porém a April é um personagem volúvel demais. Como vc falou se o Choi fala A ela diz B, aí ele diz B ela fala A. Affff personagem chata e dona da vdd demais. Podem descarta-la.

  2. Eduardo Nogueira
    Eduardo Nogueira 30 setembro, 2018 at 20:23 Responder

    Eu realmente gostei muito dessa premiere, foi muito além do que esperava. Fiquei chateado com a saída da Reese, mas já estavam deixando-a meio chatinha na reta final da temporada passada.

Post a new comment