Crítica: Episódio 13×11 de Supernatural prova que vida de Hunter não é fácil

Imagem: IMDb/Divulgação

Continua após as recomendações

Tenho que admitir que Supernatural me surpreendeu essa semana! Breakdown surgiu como uma mistura do saudoso Dexter com Law and Order e conseguiu me prender do começo ao fim. Logo de início, pensei que se trataria de uma estória atípica, sem monstros e entidades paranormais (tal como já aconteceu em alguns poucos episódios do passado). Mas, a revelação de um mercado online de alimentos para um público, no mínimo peculiar, foi bastante interessante. O mais bizarro é que o negócio era gerenciado por humanos (sério!) e um deles era membro do FBI! É, não se pode mais confiar em ninguém.

Continua após a publicidade

A presença da policial Donna Hanscum em dois episódios seguidos é, realmente, muito bem vinda. Ela tem um carisma especial e era a única das Wayward Sisters que não havia sofrido grandes perdas através de sua jornada pelas aventuras sobrenaturais. O provável divórcio de seu marido Doug confirma, mais uma vez, que nesta vida de hunter é muito difícil manter até os laços familiares, quanto mais os românticos. Quase impossível!

Imagem: IMDb/Divulgação

Dean e Sam eliminam delivery de carne humana para monstros moderninhos

Através de uma narrativa bastante dinâmica, suprimindo detalhes desnecessários (como o momento que encontraram a peça ensanguentada no carro do pastor; ou explicações extensas sobre o rastreio do cativeiro da sobrinha de Donna), Breakdown se mostrou mais emocionante do que a trama da semana passada. Além disso, conseguiu condensar muito bem o sofrimento de Donna, juntamente com o drama do paradeiro desconhecido de Mary, Jack e Cass. Isso tudo envolvido pelo enredo dos vampiros e do comércio ilegal de membros humanos.

E por falar em Castiel, aparentemente, teremos que esperar mais um pouco para seu retorno à série, que está programado para o 13º episódio. Nele, os irmãos e nosso anjo favorito ainda estão na caça de Lúcifer, enquanto fogem das garras de Asmodeus. Estou ansiosa para que Supernatural volte a se alinhar com a trama principal, pois, às vezes, sinto que ela divaga demais. Entretanto, creio que isso faz parte das séries com muitos episódios. No mais, classifico Breakdown como um bom episódio, nem complexo demais nem simples demais. Porém, teve seu level de emoção garantida.

Para não perder a oportunidade, preciso citar a constante depressão que envolve os irmãos Winchester. Meu Deus, não passa uma temporada em que possamos nos ver livres dos momentos bad vibe desses caras. Ao que parece, Sam é o escolhido da vez, e seremos contemplados com muitas discussões de relacionamento dentro do Impala. Espero que a qualidade da trama supere as briguinhas desses dois! Oremos.

2 comentários

Adicione o seu

Post a new comment