Crítica: Episódio 14×12 de Supernatural causou arrepios no espectador

Episódio de Supernatural foi marcante

Esse foi o capítulo mais emocionante da temporada de Supernatural – até o momento! Ele já começou de uma maneira que é desesperadora para qualquer pessoa que sofre com claustrofobia. Tínhamos Dean preso, e vivo, dentro daquela espécie de caixa que a Billy o orientou a construir. O detalhe é que o Whinchester estava apavorado e chamava por seu irmão – e quem não teria medo em uma situação dessas? O pior é saber que não havia maneira de escapar daquele lugar!

Pesadelo

Descobrimos, então, que tudo não passou de um pesadelo. Porém, um pesadelo que expressava o medo real do hunter. Vimos, ainda, que um novo profeta estava assassinando pessoas. Sam e Dean resolvem investigar o caso e, com a ajuda de Cas, chegam à conclusão de que o mensageiro estava tendo essas atitudes, porque ele se encontrava ligado à Donatelo, que estava lutando para encontrar o caminho de volta a vida. Os caçadores vão para o hospital e vêem que os atos cometidos pelo novo profeta eram, exatamente, as palavras que Donatelo balbuciava mesmo em coma.

Cas decide, então, usar seu poder para tentar trazer o o mensageiro de volta. Além disso, ele reconhecia que o mesmo estava naquela situação por sua causa. Após algum tempo, eis que Donatelo consegue acordar. Sem alma, mas Cas afirmou que era ele e não uma versão maligna.

E eis que partimos para o momento mais importante do episódio

Após ter dado sua palavra de que ia apoiar o irmão na sua empreitada, Sam tenta, mais uma vez, convencer Dean de que sua ideia de se sacrificar era totalmente absurda. Eu, inocente que sou, pensei que o Whinchester mais velho estaria morto ao ser colocado na tal caixa. Também não cogitei a possibilidade de Miguel manter seu receptáculo vivo para sempre dentro da cripta. Se antes desse episódio essa ideia toda do sacrifício do Dean não fazia sentido para mim, agora que não faz mesmo!

E o Sam bate no Dean, o abraça, chora e fala que acredita neles. Acredita na família deles. E diante de seu irmão e de Cas, Dean resolve voltar para casa e tentar encontrar outra saída para solucionar o problema. No entanto, ele pede que Sam e o anjo o deixem fazer o que for necessário, caso não haja outro caminho. Me partiu o coração essa parte! É bom saber que, por hora, o Dean desistiu de seu plano. Resta saber qual será a solução para essa confusão.

Nick procura por Lúcifer

No episódio anterior, o receptáculo do anjo foi ferido por Donna. Neste vimos que ele foi levado para um hospital, no qual recebeu tratamento. No entanto, como já era esperado, ele fugiu do estabelecimento e voltou para a casa onde morou com sua família. Lá, ele se encontrou com o espírito de sua esposa. E ela disse que estava presa no local, pois Nick havia dito sim para Lúcifer.

A mulher pediu que seu marido lhe dissesse que não aceitaria o anjo mais, a fim de que ela pudesse encontrar paz. Isso não aconteceu e Nick foi embora da casa, afirmando que encontraria um lugar mais escuro onde Lúcifer pudesse estar.

Conclui-se, então, que Nick só deixará Lúcifer de lado quando morrer e que ele não estava buscando vingança por sua família. O que ele queria era uma justificativa para matar.

No comments

Add yours