Crítica: Grey’s Anatomy arrisca ao homenagear antigos personagens no 15×06

Imagem: ABC/Divulgação

Um dia dos mortos diferente em Grey’s Anatomy

Com um episódio bastante emocionante, Grey’s Anatomy aproveita a semana do Hallolween para tratar sobre os mortes de uma maneira mais sútil. A celebração dos dias dos mortos pela paciente da Merdith não só deixou a médica com um pé atrás, como nos emocionou.

Primeiramente, os roteiristas se arriscaram com o tema. Poderia dar errado. Porém, nos últimos minutos do episódio, a série conseguiu acertar em cheio o propósito do episódio, fazendo com que eu desabasse em lágrimas. Foi uma tremenda sacanagem rever aqueles personagens que tanto amamos e que significaram tanto, não só para Meredith Grey, como para nós também.

Nesse sentindo, foi impossível não segurar as lágrimas e xingar os roteiristas de terem matado aqueles personagens tão especiais. Rever George, Lexie, Derek, Mark e até a mamãe Grey foi lindo e uma bela forma de homenagear os dias dos mortos.

Continua após a publicidade

Novo romance à vista?

Não sei se a intenção deste episódio foi dar por encerrado uma jornada marcada por Meredith Grey. A única coisa que eu sei é que nossa protagonista está querendo seguir em frente. Já vimos Mer saindo com algumas pessoas. E, até agora, Meredith Grey ainda não achou alguém próximo ao que Derek Shepard foi para ela. Mesmo sabendo que ninguém substitui o Derek, Mer está a fim de se aventurar romanticamente de novo.

Por isso, estou achando que teremos um triângulo amoroso em breve. Já sabemos que DeLucca beijou Mer no final da temporada passada, e que isso, de um jeito, mexeu com ela. Agora temos a presença de Link e… pelo andar da carruagem, logo logo os dois poderão estar dando uns amassos no elevador. O grande problema é que ainda não senti nenhuma química entre eles. E pode ser que o novo médico veio mais para tapar o buraco e ser o novo namorado de Meredith Grey. Será que teremos Melink ou MeLucca? Façam as suas apostas!

Preocupações

Se a vida de Meredith Grey anda bastante agitada, a de Owen está prestes a complicar. Quando finalmente Teddy decide contar sobre a gravidez, não é que Beth desaparece e isso faz com que a notícia seja novamente adiada. Tenho até pena do Owen quando descobrir que terá um filho da sua melhor amiga. Se bem que do jeito que andam as coisas, é bem capaz dele só saber da existência do filho quando ele estiver adolescente.

Além disso, Bailey descobriu que sua pressão ainda continua alta. Como se não bastasse este sumiço de Beth e a confusão prestes a invadir a vida de Owen. Não sei vocês, mas a cena final da Bailey tentando falar com Ben me deu um arrepio.

Isso porque podemos estar vivenciando mais uma morte e eu não estou pronta para me despedir dela. Eu sei que se tratando de Grey’s Anatomy tudo é possível, mas eu não quero perder mais ninguém! Ainda estou de luto pelo fim de MerDer! #ProntoDesabafei

PS: E finalmente rolou o beijo entre Glasses e Nico. Eu estou no chão com aquele beijo. E que venha mais um casal no seriado!

PS 2: Sacanagem tocar uma versão em espanhol de “Chasing Cars”! Sacanagem!

Avatar

Gabriella Siggia

Quem eu sou? Eu sou uma em um milhão: escritora nas horas vagas, seriadora de coração, cinemática de plantão e amante da literatura. Divertida, alto astral e bastante bem humorada. Só não achei ainda minha outra pessoa. Ah, música faz parte da minha vida.

No comments

Add yours