Crítica: Retornos e perdas marcam o episódio 6×21 de Chicago Fire

Imagem: NBC/Divulgação
Imagem: NBC/Divulgação

Reviravoltas: a marca registrada de Chicago Fire.

Se tem uma coisa na qual Chicago Fire é boa, é em apresentar reviravoltas. “The Unrivaled Standard” apresentou aquela série que a gente ama e trouxe a tona personagens que estavam esquecidos nessa temporada.

Continua após publicidade

Renee retornou, depois de anos, pra mexer com Kelly. Agora que a Stella já tava tranquila, vem essa. Gostava da personagem na época, mas depois de tanto tempo? Não sei se é uma decisão muito bem pensada. Afinal, ela está trabalhando para o CBM, mas foi parar na frente de Severide pedindo ajuda. Quais são suas motivações? Ninguém sabe. Mas que a Stella já ficou atenta com essa história, isso ela ficou.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Continua após publicidade

Brett e Cruz seguem sendo o casal mais odiado dessa série. Meu deus, querem juntar os dois a qualquer custo. Esse clima esquisito não faz sentido nenhum, ela bancou mais a namorada do que a própria Kidd. Cruz, que também está fazendo hora extra na série, passou vergonha e apanhou do marido da “amiga”. Será que ninguém percebe que ele não tem mais o que fazer ali?

Por outro lado, Boden descobriu que aspira muito mais coisas do que imaginava. O cargo de comissário do CBM é mais uma oportunidade para ele mostrar seu potencial, além do batalhão. O auxílio do Matt e do Kelly foi bonito de ver, o comandante sempre ajudou os dois, nada mais justo do que retribuir agora. Mas parece que ele vai ter uma concorrência desleal, afinal, Grissom vai entrar na corrida.

Continua após publicidade

Mas a emoção ficou a cargo do Herrmann…

Pra variar, o bombeiro que estava esquecido no churrasco nessa temporada, teve seu momento. O bombeiro que faleceu, a relação com o filho, tudo contribuiu para todos nós ficarmos com lágrimas nos olhos. As cenas do Mouch com ele também foram emocionantes, a amizade dos dois sempre foi um ponto forte da série, pena que sempre é deixada de lado.

O episódio foi bom, mas a essência de Chicago Fire ainda não foi restaurada. Com o fim da temporada, nos resta saber qual vai ser o formato que vão seguir no próximo ano, porque convenhamos, aguentar essa mesma enrolação e falta de animação está difícil.

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!

[spacer height=”10px”]

Nota: Aquele babaca da ambulância privada, nem sei pra que existe ainda.

Continua após a publicidade

[spacer height=”20px”]

E vocês, o que acharam do episódio? Me contem nos comentários e já assistam a promo da finale, que promete fortes emoções. Até a próxima review!