Crítica: Shadowhunters apresenta maturidade no episódio 3×02

Imagem: Freeform/Divulgação

Gente, é palpável o amadurecimento de Shadowhunters. Juro, quem assistia a Clary e o Jace na primeira temporada, nem acredita que ainda são os mesmos atores.

O roteiro acertou em cheio ao desenvolver aos poucos o romance deles.

Continua após a publicidade

No episódio dessa semana, Alec e Magnus se juntaram para tentar diminuir os efeitos que Lilith está causando nos feiticeiros. E que efeito, diga-se de passagem. A mulher não veio para brincar!

Com mais sequestros, a vilã está tentando trazer seu filho à vida novamente. Não consegui entender muito bem o objetivo daquela tábua com o sangue. Então, se vocês sabem, já deixem a explicação aqui nos comentários.

Com o novo alto feiticeiro, Magnus ficou um pouco abalado, mas nada que o Alec de cueca não possa resolver, , gente. O relacionamento dos dois enche meu coração. A forma como eles se tratam, o respeito, o companheirismo e a química que está ali na tela são um colírio para os nossos olhos.

Outro casal que só surpreende é a Maia e o Simon. Não vou mentir, eu não era fã dela, mas não é que ela conseguiu me cativar? Fora que os dois têm uma ligação muito boa, além da leveza do relacionamento. Mas, de verdade, eu estou atenta com aquela marca da testa dele. Vi gente comentando sobre a marca de Caim, mas fiquei tipo “???”. O que nós vimos é que a marca o protege, só não sabemos a finalidade.

E por último, Jace e Clary. Os dois amadureceram muito, principalmente ela. A ideia do encontro foi boa, pena que eles acabaram em um encontro de casais, ? Gente, eu ri horrores quando a tatuagem de borboleta veio à tona. Mas achei legal da parte do Jace se abrir com a Clary. Só faltou mesmo ele contar o que anda acontecendo, mas de resto foi um momento bonito.

E naquela correria de tentar barrar o demônio desconhecido, quase que foi tudo para o ar, mas no fim tudo dá certo. Magnus conseguiu salvar o dia junto com Alec, pena que foi aquele embuste que levou a fama. Mas Lilith não se deixou abalar e já está planejando o próximo passo. Estou ansiosa, não nego.

Nota: Alec fingindo interesse na casa do feiticeiro me representa.

Nota 2: A melhor cena dessa série vai ser esse encontro, difícil superar.

Nota 3: Minha Izzy está fazendo papel de figurante, só pode.

Mas com tudo isso, a temporada nova de Shadowhunters já vêm apresentando muito mais do que muitos episódios anteriores, o que nos deixa feliz. Enquanto isso, já confere aqui a promo do próximo episódio e nos vemos na próxima review, até lá!

Avatar

Gabriela Scampini

Paulista, estudante de Direito e geminiana. Apaixonada por livros e séries, mesmo sem ter tempo pra nenhum dos dois. No Mix, escreve a coluna #MixAudiência, além das reviews de American Crime Story, Black Mirror, Chicago Fire e The 100.

No comments

Add yours