Crítica: Suits encerra sua jornada de forma emocionante

Crítica: Suits encerra sua jornada de forma emocionante

Series finale de Suits é emocionante

Suits acabou! Depois de nove temporadas, o drama jurídico da USA Network chegou ao fim. Durante nove anos, pudemos acompanhar a jornada de Harvey e Mike e acabamos nos apaixonado pelos personagens do seriado. Foi uma longa jornada que se encerrou. Numa temporada bastante fraca, Suits teve a sua redenção nos dois últimos episódios.

É impossível não ter vidrado e se emocionado com a união da família Suits para derrotar Faye. Aliás, eu tenho que tirar o chapéu para Gretchen que se mostrou não só leal à firma, como fez mágica ao trocar os papéis sem que ninguém percebesse. Gretchen, eu simplesmente te venero!

Eu sabia que, se Harvey contasse para Mike, os dois iriam armar um plano infalível e deixariam Faye cair do cavalo. Bastava Harvey ter me escutado e teríamos poupado tanta lavação de roupa suja. Ok, Suits merecia um episódio digno que resgatasse sua essência.

O final feliz

Depois de derrotarem Faye, a turma precisava seguir em frente e ganhar o tão merecido ‘happy ending’. Não foi nenhuma surpresa de se ver Louis finalmente realizando o que mais desejou durante sua jornada na série.

Continua após a publicidade

O casamento dele com Sheila foi perfeito para o personagem. Repleto de clichês, Louis não só se casou com sua alma gêmea, como ganhou uma princesinha chamada Lucy. Foi emocionante ver o personagem ganhando o que tanto desejou e, de quebra, perceber que Harvey é seu melhor amigo.

Aliás, foi perfeito ele ter chamado seu terapeuta para realizar seu casamento. O terapeuta fez parte de Suits e foi gratificante de se assistir o quanto ele fez para que Louis amadurecesse. A única coisa triste é que não veremos mais as terapias malucas de Louis Litt, ainda mais agora como pai de uma garota.

Darvey para sempre

O episódio final foi repleto de surpresas, mas nada que supere o casamento às pressas de Harvey e Donna. Meu Deus! Eu chorei do começo ao fim, quando Harvey propôs para se casarem lá mesmo. Foi lindo, emocionante e único. Darvey merecia um final desses!

A canção “Perfect“, de Ed Sheeran, se encaixou perfeitamente com o casamento surpresa. Afinal, se existe alguma música que se encaixe para Darvey, é essa. Suits conseguiu nos surpreender e os roteiristas mandaram super bem ao dar esse final para o casal mais amado do seriado.

Mas se vocês pensavam que as surpresas acabariam por aí, se enganaram totalmente. Além de se casarem, os dois anunciaram sua retirada da firma, pois iriam se juntar a Mike e Rachel em Seattle. #Aplausos

LITT WHEELER WILLIAMS BENNETT

Agora que Mike, Harvey e Donna partirão para Seattle, a firma merecia a inclusão de uma nova sócia. Ninguém mais merecia o nome na parede do que Katrina. É claro que Louis ficou órfão de amigo, mas ganhou uma Samantha e isso não poderia ser melhor. Até a Duquesa de Sussex apareceu, claro que em cenas de flashbacks, mas mesmo assim, apareceu.

LITT WHEELER WILLIAMS BENNETT terão uma longa jornada pela frente. Jornada esta que não poderemos acompanhar… De qualquer maneira, Suits fez um belíssimo final, deixando alguns temas em aberto e mostrando que seguir em frente nunca é uma tarefa fácil.

Os últimos minutos do episódio foram emocionantes e não havia forma melhor de se encerrar o seriado sem Mike entrevistando Harvey. Remetendo ao episódio piloto e mostrando os melhores momentos da série. Esses minutos finais demostraram o que é Suits. Uma série que fala de união, confiança e família. Família esta não de sangue, mas de coração.

Nota do Episódio10
Review do décimo episódio da nona temporada de Suits, da USA Network, intitulado de "One Last Con".
10
Tags Suits
Avatar

Gabriella Siggia

Quem eu sou? Eu sou uma em um milhão: escritora nas horas vagas, seriadora de coração, cinemática de plantão e amante da literatura. Divertida, alto astral e bastante bem humorada. Só não achei ainda minha outra pessoa. Ah, música faz parte da minha vida.

No comments

Add yours