Crítica: 6×04 de The Flash mostra primeiro embate contra novo grande vilão

Halloween em The Flash

Nada mais apropriado que o Halloween para aprofundar a história do grande vilão dessa primeira parte da sexta temporada de The Flash. E Bloodwork – ou Hemoglobina em português – é um vilão que se enquadra perfeitamente à temática. Dr. Ramsay Rosso tem provado ser um vilão muito melhor que Cicada foi, uma verdadeira ameaça para os heróis e Central City. Sendhil Ramamurthy esteve bem no papel desde o começo, mas talvez tenha sido nesse episódio, se revelando como uma grande ameaça, que mostrou a verdadeira força de seu talento.

Continua após a publicidade

Bloodwork

Essa primeira parte da temporada tem se movido num ritmo muito interessante. The Flash tem realmente focado nas coisas boas da série, como avançar na história principal semana após semana ao invés de abusar do uso de episódios fillers como antes. Estamos no quarto episódio e muita coisa já aconteceu. Por parte do novo vilão, não só temos acompanhado sua transformação, como já conhecemos mais de seu passado e seu primeiro embate contra Flash. Seus poderes são diferentes e interessantes, e seu lado humano até agora é quem tem falado mais alto pois tem pensado ser um “cara bom” mesmo que suas ações sejam desonráveis. Sua relação com Barry e Caitlin também tem sido um diferencial, e ainda acredito que ele irá controlar as células sanguíneas de Barry para tentar curar seu câncer.

Ramsey é o primeiro grande vilão de The Flash que começa bem e descende a vilania durante o curso de seu arco, ao invés de ser um vilão desde o início. Sua história faz um bom paralelo à luta de Barry com a Crise. Ambos tiveram a expectativa de vida reduzida, embora Barry esteja abraçando seu destino, Ramsey espera reverter sua situação. A descoberta de seu sacrifício leva Barry a querer salvar o maior número de pessoas possíveis, enquanto a incapacidade de Ramsey achar uma cura o leva a desistir do seu objetivo de salvar vidas, pondo a sua a frente da dos outros.

O novo showrunner Eric Wallace parece ter lembrado os roteiristas que Barry deve ser um cara inteligente. Barry Allen enfim tem assumido o papel dentro do time e da série que deveria ter assumido anos atrás. O amadurecimento do personagem ainda se refletiu neste episódio em cenas mais emotivas e sentimentais. Sabemos que ele irá sobreviver a Crise graças a alguma grande reviravolta, mas todo o time teve que lidar com a notícia de sua morte. Cisco foi o mais afetado pela notícia, tanto que ainda desejou encontrar uma forma de salvar seu melhor amigo. E ainda pra completar tivemos a emotiva cena com Joe, a grande figura paterna para Barry.

O novo Wells

O episódio anterior introduziu o novo Wells e deste então ele tem mostrado potencial para fazer este Wells memorável. Ele não é apenas um personagem secundário, mas tem sua própria trama paralela que parece estar diretamente relacionada com o crossover que está por vir. Isto porque ao final do episódio descobrimos que ele tem não só buscado este “Eternium” mas também investigado os passos do Monitor. Foi revelado em notícias que Tom Cavanagh irá interpretar o personagem Pária durante a Crise, então ainda não sabemos se Nash Wells é o cientista disfarçado, ou se veremos mais uma versão do Wells nos futuros episódios. De uma forma ou de outra, Nash Wells parece ter sido uma boa adição a esta sexta temporada.

Enfim, The Flash entrou de vez nesta sexta temporada com uma promessa de melhora e com chances de entrar no ranking como uma das melhores da série. Ainda tem muito chão até que isso se concretize, mas se o ritmo se manter assim Eric Wallace poderá continuar à frente do show além desse sexto ano. “There Will Be Blood” foi intenso, emocionante e cheio de ótimas atuações. As cenas de ação, apesar de poucas, tiveram ótimos visuais. Um bom capítulo para esta temporada que tem se empenhado episódio após episódio.

The Flash 6x04 mostra primeiro embate contra novo grande vilão

Imagem: The CW/Divulgação

CURIOSIDADES:

– Nash Wells cita o crossoverInvasion!” (2016) quando conversam sobre a McCulloch Technologies lidar com tecnologias avançadas.

– Ralph diz que ele não está “procurando alguém para se casar” enquanto tenta encontrar Sue Dearbon. Mas nos quadrinhos Ralph é casado com Sue Dearbon Dibney.

– Referências Nerds:

  1. O título do episódio é uma referência ao filme Sangue Negro (There Will Be Blood, 2007).
  2. O Dr. Rodrigo usa uma frase de Halloween (1978) para Ramsey: “We’re all endured to one good scare”.
  3. Joe menciona ter medo de estarem lidando com uma “meta vampiro”. Uma possível referência ao anti-herói Robert Kirkland Langstrom, o Morcego Humano (Man-Bat no inglês).

cw.com

Nota do Episódio9
Review do quarto episódio da sexta temporada de The Flash, da The CW, intitulado "There Will Be Blood".
9
Tags The Flash
Avatar

Álefe Cintra

Jornalista e apaixonado por séries. Tem a mesma profissão de Clark Kent, usa óculos parecido, mas infelizmente não é super-herói. Grande fã de séries de super-heróis e fantasia. No Mix de Séries escreve as reviews de Arrow e The Flash.

No comments

Add yours