Empoderada e musical, Netflix apresenta a série nacional Coisa Mais Linda

Imagem: Netflix/Divulgação
Continua após publicidade

Coisa Mais Linda impressiona em sua coletiva

A nova aposta da Netflix, Coisa Mais Linda, ainda não estreou, mas já vem se consolidando como grande aposta do streaming. Em apresentação para a imprensa no dia 13, muito foi prometido. E, se concretizar, o seriado da Netflix será um grande sucesso de crítica e público.

Continua após publicidade

Ambientada no final da década de 50, Coisa Mais Linda terá uma difícil tarefa. A de introduzir um estilo musical pouco ouvido nos dias de hoje: a Bossa Nova. De acordo com a atriz Fernanda Vasconcellos, a bossa nova é um dos personagens do seriado e terá papel de fundamental importância na história das quatro protagonistas femininas.

Mas quem são as protagonistas de Coisa Mais Linda?

O seriado ambientado nos Anos Dourados é protagonizado por Fernanda Vasconcellos, Maria Casadevall, Patty Dejesus e Mel Lisboa. Na história, elas interpretam mulheres fortes e independentes. Lígia (Vasconcellos), Malu (Casadevall), Adélia (Dejesus) e Tereza (Lisboa) são mulheres diferentes que lutam por seus ideias e que tem a música da bossa nova como elo entre elas.

Continua após publicidade
Continua após publicidade

Enquanto Malu é uma mulher de classe alta, Adélia é a típica mulher negra, mãe solteira do subúrbio carioca. E é justamente esse fator de classes distintas que a coletiva de imprensa focou: no papel da mulher na sociedade brasileira. Por mais que é nítido o quanto as mulheres ainda sofrem preconceitos, os anos dourados foram responsáveis por mostrar um amadurecimento da mulher.

“Adélia é uma potência. A fortaleza dela é a forma como ela vira as coisas. Ela é uma fênix.”, declara Dejesus sobre a sua personagem.

Dejesus, também,  afirmou que foi um grande desafio interpretar sua personagem, por ela lembrar muito sua avó, trazendo um carinho especial pela personagem.

Continua após publicidade

Embora a trama se passe em outra década, muitas coisas continuam atuais, como a importância da mulher no Brasil. Para Lisboa, Coisa Mais Linda pode ser um seriado de época, trazendo um distanciamento da atualidade, porém, ao acompanhar a história dessas quatro mulheres, podemos perceber algumas semelhanças com o que acontece com o passado e com a atualidade.

Continua após publicidade

Personagens ligados à música

Além destas belas e guerreiras mulheres, Coisa Mais Linda tem dois fortes personagens masculinos: o Capitão (Ícaro Silva) e Chicão (Leandro Lima). Ambos são músicos, porém, cada um vê a música de uma maneira. Enquanto que Chicão vê através da música os seus verdadeiros sentimentos por Malu, o baterista Capitão desconta na música o seu passado com Adélia.

Continua após publicidade

Agora fica a dúvida, se os Anos Dourados serão os novos anos 80 e 90 da TV brasileira. Para saber esta resposta, basta conferir Coisa Mais Linda na Netflix. A série estreia no dia 22 de março.

Continua após publicidade

Continua após publicidade

Além disso, completo. Todavia, com palavras. Entretanto, em branco.

Quem eu sou? Eu sou uma em um milhão: escritora nas horas vagas, seriadora de coração, cinemática de plantão e amante da literatura. Divertida, alto astral e bastante bem humorada. Só não achei ainda minha outra pessoa. Ah, música faz parte da minha vida.