Grey’s Anatomy: Teoria sobre Meredith e o Alzheimer está deixando os fãs arrasados

E se tudo não passasse de imaginação?

Grey’s Anatomy gosta de brincar com o sentimentos do público. Prova disso é que a autora Shonda Rhimes nunca exitou em colocar as coisas mais malucas possíveis na história da série.

Continua após as recomendações

De bombas à acidentes, de atropelamentos à explosões, no hospital de Grey’s Anatomy já aconteceu de tudo. Porém, uma teoria vem ganhando a internet há algum tempo. E ela está partindo de uma publicação da Entretainment Weekly, que passou dar asas à imaginação do público. E, também, a arrasar seus corações.

Como Grey’s Anatomy vai acabar?

Você já pensou se todos os acontecimentos da série – ou pelo menos, a maioria, fosse fruto da imaginação de Meredith Grey (Ellen Pompeo)? Pois é… Essa teoria vem apontando que grande parte dos acontecimentos de Grey’s Anatomy não teriam acontecido. Bem como, tudo seria resultado do Alzheimer que Meredith teria desenvolvido.

Continua após a publicidade

Para quem não se lembra, a mãe dela morreu desta doença e por ela ter uma influência genética, há probabilidades de nossa Grey desenvolvê-la também. Além disso, na temporada 9, foi confirmado que ela tem marcadores genéticos para o Alzheimer.

De acordo com a EW, a teoria parte do principio que, as narrações do episódio vieram de Meredith contando a história de sua vida para seus filhos no futuro. Entretanto, por não saber distinguir a realidade de ficção, devido a doença, ela não saberia de fato o que aconteceu, uma vez que suas memórias estariam perdidas.

Fatos da série poderiam ser desfeitos… 

Desta forma, George não teria morrido atropelado por um ônibus – apenas teria falhado nos seus exames e sumido logo em seguida. Já Izzie, fora despedida após roubar um coração para o paciente Denny. Porém, Meredith se recorda de George como um herói que morreu atropelado por um ônibus, e de Izzie uma mulher que teria sobrevivido ao câncer.

Resultado de imagem para george izzie greys anatomy

Destinos de George e Izzie poderiam ser desfeitos em Grey’s Anatomy. Imagem: Divulgação

Além disso, completo. Todavia, palavras. Entretanto, verdes. Porém, brancas. Além disso, necessárias.

Caso essa teoria fosse verdade, uma pessoa chave na série poderia ainda estar viva: Sim, o Derek poderia não ter morrido, e estaria velho ao lado da mulher cuidando dela.

Outros personagens que morreram como Lexie e Mark também poderiam estar vivos. Todos teriam vivido uma vida feliz, sem nenhum destes eventos no hospital – que no final das contas seria fruto da imaginação de Meredith Grey.

Se isso seria mórbido? Muito! Mas impossível de acontecer? Com certeza não. Grey’s Anatomy já surpreendeu o público de tantas formas que, provavelmente, não seria espantoso ver tudo isso acontecer.

De qualquer forma, qual seria essa razão se Grey’s Anatomy tivesse este final?

Leia mais: Problemas nos bastidores – saiba porque Izzie deixou a série na 6ª temporada