Jon Bernthal, o Justiceiro, sobre fãs nazistas usando o símbolo do personagem: ‘F****-se eles!’

Imagem: Netflix/Associated Press
Imagem: Netflix/Divulgação/Associated Press

[spacer height=”20px”]

Continua após publicidade

O Justiceiro vem se tornando um personagem cada vez mais popular, principalmente depois de sua aparição nas séries da Marvel/Netflix, mas essa fama pode, às vezes, ser um pouco desconfortável, quando algumas pessoas tornam-se fãs do anti-herói pelos motivos errados.

Continua após a publicidade

É o que vem acontecendo com um grupo de supremacistas brancos americanos e de neo-nazistas, que adotaram o símbolo de Frank Castle, a caveira branca, como símbolo do movimento ultraconservador (contra negros, imigrantes, gays e judeus), vistos, inclusive, no confronto que aconteceu na cidade de Charlottesville, no Estado americano de Virgínia, no ano passado, que causou uma morte e deixou várias pessoas feridas.

Continua após publicidade
Imagem: Reprodução/The Washington Post

[spacer height=”20px”]

Perguntado sobre o que achava do fato do grupo supremacista ter adotado a logo do  personagem, Jon Bernthal, que interpreta o Frank Castle/Justiceiro na série da Marvel/Netflix, resumiu seu sentimento em duas palavras: “Fodam-se eles!

Continua após publicidade

Quem também é extremamente contra o uso do símbolo pelo movimento preconceituoso é o criador original do Justiceiro, Gerry Conway, que deteste nazistas e neonazistas de todas os tipos.

Eles são seres humanos desprezíveis e Frank Castle teria todos eles em sua mira. O fato de que nacionalistas brancos e nazistas abraçaram a logo é um terrível mal entendido. É uma apropriação indevida do personagem e um total desrespeito da realidade. Eles literalmente não sabem porra nenhuma do que estão falando”, disse o escritor durante uma entrevista em 2017.

A série O Justiceiro foi renovada para sua segunda temporada, mas ainda não há data de estreia definida.