Love, Victor: os spoilers do final! Saiba o que acontece…

Love Victor spoilers

O que acontece no final da série?

Love Victor, do Hulu, é uma série que retrata uma jornada bastante emocional envolvendo seu personagem titular descobrindo sua sexualidade. A série, inclusive, prova estar à altura das expectativas dos fãs do filme Com Amor, Simon.

Continua após as recomendações

A história é ambientada no mesmo mundo que o filme de 2018 se passou, e foi originalmente concebida para ser lançada no Disney +. No entanto, ela acabou mudando para Hulu, graças a alguns de seus temas mais maduros que não se alinham ao público do Disney +.

Assim, a série prova ser uma obra-prima inclusiva, fazendo com que o espectador se sinta otimista a cada episódio. O papel titular é estrelado por Michael Cimino, de “Annabelle Comes Home“. Alguns dos outros membros do elenco incluem Isabella Ferreira, George Sear, Rachel Naomi Hilson e Anthony Turpel.

Continua após a publicidade

Mas como a série acaba? Trouxemos aqui no Mix de Séries detalhes do enredo e o final da primeira temporada (via CinemaHolic). Confira!

O enredo

Love, Victor começa com Victor iniciando seu segundo ano na Creekwood High School depois que sua família se muda para Atlanta. Sua irmã mais nova, Pilar ingressa no primeiro ano da mesma escola. Victor inicialmente pretende ser fiel à sua identidade homossexual. No entanto, ele acaba escondendo-o devido a pressões heteronormativas. Para apoio, ele começa a enviar mensagens de texto para Simon de ‘Love, Simon’, desde que ouviu falar de sua história.

O vizinho desajeitado dos Salazars, Felix, rapidamente se torna amigo de Victor e os dois estão na mesma classe. Victor também faz amizade com a garota mais popular da escola, Mia. Ele acaba namorando Mia para se retratar como uma criança “normal”. No entanto, ele começa a explorar sua sexualidade e tenta ver se ele também é atraído por garotas.

Além disso, Victor desenvolve uma enorme paixão por Benji, um cara confiante e gay na escola. Como ele precisa de US$ 500 para se inscrever no time de basquete da escola, Victor começa a trabalhar no mesmo café que Benji. No entanto, Benji também está em um relacionamento.

Felix tem uma queda pela melhor amiga de Mia, Lake, que é paranoica com sua imagem pública devido a uma mãe perfeccionista. A história de amor deles também progride simultaneamente. Quando Victor percebe que não é atraído por garotas, ele faz uma viagem a Nova York para conhecer Simon. Tendo uma ótima experiência com os amigos de Simon, ele retorna a Atlanta com confiança para sair do armário. Ele se abre para Felix primeiro. No entanto, antes que ele possa contar a Mia, ela (Mia) o vê beijar Benji no encontro de primavera (Benji terminou com o namorado). Victor é incapaz de se explicar para uma Mia compreensivelmente chateada.

No entanto, Victor está determinado a sair do armário para sua família. Em casa, seus pais anunciam que decidiram se separar temporariamente para descobrir se o relacionamento deles pode funcionar. Por isso, Victor momentaneamente decide adiar seu anúncio. Porém, ele acaba mudando de ideia e diz: “Eu sou gay“. E é aí que a primeira temporada termina.

O final explicado

Love, Victor termina no que parece ser um grande gancho. A grande questão que permanece sem resposta no final é: como os pais de Victor reagem ao seu anúncio de ser gay?

Apesar da natureza aberta, o final mostra-se poderoso com uma massagem bastante saudável. Para começar, um dos conselhos que Victor recebe é o fato de não poder controlar como os outros reagem à verdade. No entanto, a verdade ainda deve ser dita. Assim, o fato de a reação dos pais de Victor não ser mostrada significa como isso não importa. A história é sobre Victor se abrir, e não sobre mais ninguém. Não importa o que seus pais (ou qualquer outra pessoa) pensem.

Há duas maneiras pelas quais os pais poderiam ter reagido ao anúncio de Victor. Devido à natureza geralmente agradável da série, é bem provável que os pais tenham reagido positivamente. É verdade que os pais de Victor são retratados como conservadores. No entanto, eles também são mostrados como compreensivos e amorosos.

Por outro lado, Love, Victor também tem sido bastante realista em seu retrato da natureza humana. Portanto, a segunda temporada pode enfatizar que um ou ambos os pais não aceitem completamente a sexualidade de Victor. Os escritores podem usar a premissa para mostrar as maneiras pelas quais famílias conservadoras geralmente acabam rejeitando a sexualidade de uma pessoa, tendendo a assumir, por exemplo, que pode ser uma “fase” ou não compreender completamente que a sexualidade é fluida.

De qualquer maneira, é provável que haja algum conflito. Se os pais de Victor não aceitarem sua sexualidade, ele terá uma batalha mais longa para lutar para ser aceito. Por outro lado, se eles aceitá-lo, sua visão conservadora do mundo não mudaria da noite para o dia. Ainda haveria alguma heteronormatividade remanescente e outros problemas menores em relação à aceitação que Victor teria que enfrentar. Por exemplo, Benji diz a Victor que seu relacionamento com o pai mudou consideravelmente depois que ele saiu do armário. Portanto, Victor pode se sentir um pouco distante de seus pais e ter que resolver esses problemas nas próximas temporadas.

E você, quer uma segunda temporada de Love, Victor? Deixe nos comentários e continue acompanhando as novidades das séries aqui no Mix de Séries.

  • Além disso, siga nossas Redes Sociais (InstagramTwitter, Facebook).
  • Baixe também nosso App Mix de Séries para Android no Google Play (Download aqui) e fique por dentro de todas as matérias do nosso site.
Anderson Narciso

Anderson Narciso

Criador, editor e redator do site Mix de Séries, é apaixonado por séries desde sempre. Fã incondicional de One Tree Hill, ER, Friends, e não perde um episódio da Franquia Chicago.

No comments

Add yours