Lucifer, final da 5ª temporada parte 2: spoilers e quem morre

Lúcifer

Depois de quase um ano de espera, Lucifer está de volta com a segunda parte da 5ª temporada. Com a estreia na Netflix, os fãs da amada série descobriram exatamente como o conflito de Lucifer Morningstar (Tom Ellis) com seu irmão, Michael (também Tom Ellis), foi resolvido.

Continua após publicidade

Além disso, vemos como seu pai, Deus ( Dennis Haysbert), jogou com tudo. Depois de algumas reviravoltas, o final da temporada acabou sendo um dos episódios que mais mudaram o jogo da história de Lucifer até agora. Logo, a sexta e última temporada estará de cabeça para baixo, trazendo uma grande mudança para a série…

Continua após a publicidade

 

Continua após publicidade

Aviso! SPOILERS da segunda metade da quinta temporada além deste ponto. Não leia mais se você realmente não quiser saber.

 

No centro da quinta temporada está o drama familiar. Estabelecido na primeira parte da quinta temporada, Lucifer e seu irmão Michael não estão exatamente nos melhores termos. Isso faz com que Deus (Dennis Haysbert) apareça na Terra.

Continua após publicidade

Durante o tempo de Deus na Terra, parece que o Todo-Poderoso está perdendo seus poderes, tornando-o um pouco instável e imprevisível. Ele até se torna humano em um ponto, e então não consegue se lembrar onde colocou seus poderes. No final das contas, os poderes de Deus estão bem, mas Michael o está enganando. O Criador, enfim, decide que ele está pronto para retornar e entregar as rédeas do próprio Universo para um de seus filhos. Deus não escolhe esse sucessor, no entanto.

Ele parte para o universo de sua esposa, deixando para seus filhos decidirem. Lucifer e Miguel rapidamente se estabeleceram como candidatos.

Mas acontece que tudo isso fazia parte do longo jogo de Michael. Sabendo que Lucifer é muito impopular com seus irmãos, ele está convencido de que será escolhido como Deus. Determinado a parar Michael depois que suas maquinações incluíam assassinar Dan, Lucifer e seus aliados fazem uma jogada final no momento da eleição, começando uma guerra celestial total.

Lucifer, auxiliado por Chloe (Lauren German), consegue obter a vantagem e tirar a Espada Flamejante de Michael, mas este, então, mata Chloe. Ela acaba indo para o Céu, onde Lucifer não pode seguir, porque ele foi banido do Paraíso. Assim, ele nunca mais a verá.

Imagem: Divulgação

Fim da linha para Lucifer?

Não se preocupando mais consigo mesmo, Lucifer vai para o Céu de qualquer maneira e consegue sobreviver – graças ao anel de Lilith – tempo suficiente para encontrar Chloe e dizer a ela que não é sua hora e ela tem que voltar para a Terra. Ele dá a ela o anel para salvá-la, mas não há poder suficiente para salvar os dois. Ele morre na frente dela depois de dizer que a ama.

Na Terra, uma Chloe ressuscitada ataca Michael e está preparada para matá-lo, quando Lucifer aparece de repente, vivo e bem. A sobrevivência dele é considerada impossível, e todos, incluindo os outros anjos, estão maravilhados. Todos se curvam a ele – incluindo Miguel, mesmo depois que Lucifer corta suas asas. 

Lucifer se tornou Deus.

Então, como exatamente Lucifer se tornou Deus? O final da temporada não explica exatamente a mecânica das coisas, mas parece bastante seguro supor que o ato altruísta de salvar Chloe está por trás disso.

Ao longo de toda a série, Lucifer foi crescendo, mudando, amadurecendo, lentamente se tornando um ser com mais profundidade emocional e maturidade. Ao se sacrificar sem hesitação por Chloe, ele mostrou que finalmente foi além de seus caminhos egoístas. Isso pode ser o que permitiu que ele se tornasse Deus em vez de Michael, que tinha a maioria dos “votos”, mas não estava imbuído dos poderes do Todo-Poderoso.

Michael ainda tinha objetivos egoístas. Lucifer escolheu colocar os outros acima de si mesmo.

Enfim, a série Lucifer está na Netflix e retornará para uma sexta última temporada.

E então, o que você achou de Lucifer? Deixe nos comentários e, igualmente, continue acompanhando as novidades do Mix de Séries.

Gaúcho, estudante de jornalismo e viciado em séries. Tem séries pra assistir de mais e tempo de menos. Séries favoritas? Six Feet Under e Breaking Bad.